Descubra quanto ganha um técnico em Contabilidade

Veja quanto ganha um técnico em Contabilidade e saiba mais sobre a profissão, o mercado de trabalho e onde estudar para atuar na área!

O técnico em Contabilidade é o profissional que atua na rotina fiscal e contábil de organizações e instituições públicas e privadas. 

Entre suas responsabilidades estão o controle financeiro de contratos e projetos, a preparação de guias para recolhimento de tributos, a apuração de impostos, o fechamento de balanços, a elaboração de declarações de imposto de renda etc.

Descubra quanto ganha um técnico em Contabilidade e veja como está o mercado de trabalho para essa carreira!

Salário mínimo do técnico em Contabilidade

Não há um piso salarial único para o cargo de contabilista no Brasil. O salário vai variar de acordo com o estado, dependendo de acordos firmados entre sindicatos, Estado e órgãos empregadores.

Veja alguns exemplos de salário do técnico em Contabilidade:

  • São Paulo: R$ 3.464
  • Amazonas: R$ 3.301
  • Natal: R$ 1.819

Salário médio de um técnico em Contabilidade

A média salarial de um técnico em Contabilidade no Brasil é de R$ 3.189,38 para uma jornada de 43 horas semanais segundo dados recentes divulgados pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). 

O levantamento também mostra as médias salariais nacionais mais altas e mais baixas encontradas nas cidades brasileiras. Confira:

  • Máximo: R$ 7.958
  • Mínimo: R$ 1.703

Ainda segundo o CAGED, a faixa salarial média do técnico em Contabilidade no Brasil fica entre R$ 2.910,91 (média do piso) e R$ 4.819,88 (teto salarial), dependendo do porte da empresa contratante e da experiência do profissional.

Os melhores salários para o técnico em Contabilidade

Os melhores salários para técnicos em Contabilidade são oferecidos por bancos com carteira comercial. Empresas de gás e petróleo e organizações sindicais também estão entre as melhores empregadoras para esse profissional.

Em algumas cidades, os salários são consideravelmente maiores, chegando a ultrapassar a média nacional: é o caso de Goiânia, cujo piso salarial para o contabilista está em R$ 7.263, com teto que pode alcançar R$ 12.027.

O mercado para o técnico em Contabilidade

Para exercer a profissão, é necessário ter ensino médio completo e formação técnica na área. Além disso, é obrigatório obter o registro profissional no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) do estado onde atua.

O mercado é amplo: é possível atuar em escritórios de contabilidade, instituições de ensino, bancos, hospitais, prestadoras de serviços contábeis e também de forma autônoma. No entanto, a formação técnica possui limitações, não habilitando o profissional a exercer funções como auditor, revisor de balanços e perito judicial.

Como se tornar um técnico em Contabilidade

O curso técnico em Contabilidade dura cerca de 18 meses, uma média de 800 horas. Durante o curso, o aluno estudará disciplinas relacionadas à Matemática, Finanças, Economia, Gestão, Ciências Humanas, Ética e Responsabilidade Social.

Por meio do Pronatec, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, é possível estudar gratuitamente em instituições públicas do chamado Sistema S (SENAI, SENAC, SENAR e SENAT) e em instituições privadas de ensino superior e de educação profissionalizante.

Curso técnico ou curso superior em Contabilidade: qual o melhor?

O curso técnico e o curso superior de Contabilidade têm algumas diferenças importantes.

O curso técnico tem duração menor. O aluno se forma em cerca de um ano e meio e tem uma formação mais restrita, não podendo exercer atividades como perícias judiciais e extrajudiciais, revisão de balanços e auditorias. Nesse caso, o técnico contábil irá atuar como auxiliar do contador.

Já o curso superior tem três anos de duração e oferece uma formação mais ampla, com maiores possibilidades de atuação, melhores oportunidades de salário e mais chances de ascensão na carreira.

Como sabemos, o mercado de trabalho cada dia mais busca por profissionais altamente qualificados, prontos para assumir novos desafios. Assim, a demanda para pessoas com formação superior em Contabilidade é maior.

Além disso, a graduação também pode ser realizada na modalidade a distância em algumas faculdades, que permite com que o aluno concilie seus estudos a outras atividades e ainda conta com mensalidades mais baixas.

O bacharel em Contabilidade pode ainda optar por seguir carreira acadêmica, ingressando em cursos de pós-graduação, além de ter a oportunidade de disputar melhores cargos em concursos públicos.

Onde estudar Contabilidade

Se você busca atuar na carreira de Contabilidade com uma qualificação de ponta e com a chance de conquistar salários mais altos, é altamente recomendável optar pelo curso superior em Contabilidade, também conhecido como Ciências Contábeis.

Selecionamos algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem o curso de Contabilidade:

Todas as faculdades listadas acima oferecem vantagens financeiras e benefícios que cabem no seu bolso, como financiamentos sem burocracia, convênios, descontos e bolsas de estudo.

Veja também:

Contabilidade: saiba tudo sobre o curso e veja onde estudar

Descubra o preço de uma faculdade de Contabilidade

Pretende seguir carreira na Contabilidade? Conte para a gente nos comentários o que achou da média salarial!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin