dcsimg

O que faz um enfermeiro?

Saiba em detalhes o que faz um enfermeiro, como é seu dia-a-dia de trabalho e onde estudar para se destacar nesta carreira!

enfermagem

Que o enfermeiro é aquele profissional que auxilia os médicos e cuida dos pacientes não é segredo para ninguém. Mas como será o dia-a-dia deste profissional? Quais as áreas em que ele pode atuar?

Para conhecer um pouco mais sobre a rotina de um enfermeiro, vamos falar sobre os diferentes profissionais da Enfermagem e as áreas em que eles podem atuar.

 

Diferenças entre os profissionais de Enfermagem

Em clínicas, hospitais e outras instituições de saúde, o trabalho de Enfermagem é realizado por Enfermeiros, Técnicos e Auxiliares. Estes três profissionais possuem responsabilidades e formações distintas. Vamos entender as diferenças entre eles:

O Auxiliar de Enfermagem precisa fazer um curso de curta duração (de um ano, em média), no qual aprende sobre os cuidados básicos de higiene, alimentação e conforto ao paciente.Elepode executar alguns procedimentos básicos, de baixo grau de complexidade e em pacientes sem gravidade, como: dar vacinas, aplicar injeções na veia e no músculo, administrar remédios e fazer curativos simples. Suas atividades devem sempre ser supervisionadas por técnicos ou enfermeiros.

O Técnico em Enfermagem tem uma formação de nível médio e estuda por cerca de dois anos para obter o diploma.Este profissional presta assistência a pacientes de média e alta complexidade, deve seguir as orientações dos enfermeiros e pode realizar atividades como: preparar a medicação e calcular a dosagem, esterilizar utensílios para cirurgias, coletar material para exames e preparar o paciente para exames ou cirurgias.

O Enfermeiro é o profissional que coordena e supervisiona as atividades dos técnicos e auxiliares. Ele está apto a atender pacientes em estado grave ou com alto grau de complexidade. O enfermeiro precisa ter o diploma de um curso de graduação em Enfermagem com duração mínima de 4 anos e pode trabalhar tanto com assistência a pacientes quanto assumir cargos administrativos.

Vamos conhecer com mais detalhes como é o dia-a-dia de um enfermeiro.

O que faz um enfermeiro?

O trabalho de um enfermeiro se baseia em cuidar das pessoas. Ele presta assistência ao paciente (aplicando injeções, fazendo curativos, etc.) garantindo seu conforto e bem-estar durante o tratamento de doenças e internação hospitalar.

O enfermeiro realiza desde os procedimentos mais simples, como medir a temperatura de um paciente, até os mais complexos como auxiliar médicos durante uma cirurgia. Boa parte destes profissionais atua em instituições de saúde: hospitais, clínicas e postos de saúde. No entanto, sua atuação não está restrita a estes lugares. Podemos encontrar enfermeiros trabalhando em empresas de diversos setores ou mesmo prestando atendimento em domicílio.

Confira as principais áreas de atuação de um enfermeiro:

Enfermeiro de Hospital

Em hospitais e outras instituições de saúde, o enfermeiro trabalha no que podemos chamar de “linha de frente”. Ele presta os primeiros atendimentos, realiza exames preliminares, preenche fichas médicas, cuida da higiene e conservação do local, administra os medicamentos prescritos e monitora o quadro geral de saúde dos pacientes internados.

O enfermeiro deve seguir as orientações médicas e agir conforme o que está prescrito para cada paciente. Dentre suas principais atividades podemos citar:

  • Supervisionar equipes de técnicos e auxiliares de enfermagem.
  • Manter os prontuários médicos atualizados.
  • Atuar no controle e prevenção de infecções hospitalares.
  • Preparar os pacientes para a realização de exames.
  • Preparar instrumentos e auxiliar a equipe técnica em procedimentos como intubação, desfibrilação, aspiração e monitoramento cardíaco.

Enfermeiro de Emergência

Em unidades de emergência e prontos-socorros, o enfermeiro atende pacientes que necessitam de cuidados urgentes. Em geral são pessoas que estão machucadas, foram vítimas de algum acidente ou estão no meio de uma crise de dor.

Esse profissional precisa tomar decisões rápidas e ser bastante ágil nos procedimentos. Seu trabalho inicia antes mesmo de o paciente chegar, garantindo que o local esteja organizado, os equipamentos testados e os materiais em fácil acesso.

Ele identifica a situação de cada paciente e determina quem será atendido primeiro. Para isso, realiza uma pré-consulta, verifica os sinais vitais e anota as queixas dos pacientes. Quando necessário, administra medicamentos.

Enfermeiro de Centro Cirúrgico

A realização de uma cirurgia exige o trabalho de vários profissionais, além da preparação prévia do paciente e do local onde será realizada.

O enfermeiro auxilia o médico e cuida do paciente antes, durante e depois da cirurgia.

Ele é responsável por preparar o paciente e explicar os procedimentos que serão realizados. Também coleta materiais para exame, controla a alimentação, faz a higiene do paciente, aplica medicação, observa os sinais e sintomas e registra tudo no prontuário médico.

Na sala de cirurgia, o enfermeiro testa os equipamentos, esteriliza, organiza os materiais para que fiquem em local de fácil acesso e verifica as condições de limpeza da sala. Durante o procedimento, ele auxilia o médico controlando os sinais vitais do paciente, mantendo os curativos limpos e secos e administrando medicamentos.

Os cuidados no pós-operatório incluem controlar periodicamente os sinais vitais do paciente e o funcionamento de soro e sondas, manter o curativo do local operado sempre seco e limpo, medicar o paciente contra a dor e cuidar para que ele esteja bem acomodado.

Enfermeiro de Obstetrícia

O enfermeiro obstetra presta assistência a mulheres grávidas ou no período de amamentação. Ele auxilia o médico acompanhando o pré-natal, o período pós-parto e até realiza partos de baixo risco.

Enfermeiro de Resgate

Os enfermeiros de resgate trabalham fora do ambiente hospitalar e integram equipes de salvamento para atender vítimas de acidentes ou calamidades públicas. Estas equipes vão até o local onde está o paciente e prestam os primeiros atendimentos.

O papel do enfermeiro de resgate é analisar as condições do paciente, conferir os sinais vitais e avaliar as condições de risco ou lesões sofridas. Ainda no local, pode fazer alguns procedimentos como curativos, imobilização ou até reanimação da vítima, além de definir a melhor maneira de transportá-la até um hospital.

 

Enfermeiro de Atendimento Domiciliar

Uma das modalidades de enfermagem que vem crescendo bastante é o home care, ou assistência domiciliar, que consiste na prestação de serviços de saúde na casa do paciente. Este tipo de atendimento visa diminuir o tempo de internação e os riscos de infecção hospitalar.

O enfermeiro que presta atendimento domiciliar cuida do paciente da mesma forma como se ele estivesse em um hospital, mas sem todos os equipamentos ou rotinas administrativas destes locais.

Uma de suas tarefas é explicar aos familiares como cuidar daquele paciente, como ajudar no banho, qual a melhor posição dos travesseiros ou quais alimentos ele terá mais facilidade para ingerir.

Como se tornar um enfermeiro

No Brasil, a profissão de enfermeiro é regulamentada por lei. Para seguir esta carreira, é preciso fazer um curso de graduação em Enfermagem em uma instituição de ensino superior credenciada pelo MEC.

Com o diploma de bacharel em Enfermagem nas mãos, o enfermeiro deve ainda realizar um cadastro no Conselho Regional de Enfermagem (Coren) para obter um registro profissional. Só após a obtenção deste registro é que ele poderá começar a exercer a profissão.

Onde estudar Enfermagem

Se você ficou interessado em seguir esta carreira, veja algumas das principais instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Enfermagem:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Qual o salário de enfermagem?

Gostou de saber um pouco mais sobre o trabalho do enfermeiro? Vai fazer faculdade de Enfermagem? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin