dcsimg

O que é Odontologia, afinal? Descubra tudo sobre esse curso

Confira o que é preciso fazer para se tornar dentista, uma das profissões mais valorizadas da área da Saúde!

O curso de Odontologia é o segundo mais procurado da área da Saúde, perdendo apenas para Medicina. A profissão de dentista é uma das mais bem pagas do País e o campo de trabalho é vasto em todas as regiões.

A graduação em Odontologia é um bacharelado presencial com duração de cinco anos. O curso é oferecido em universidades públicas e privadas e a disputa por uma vaga costuma ser sempre muito acirrada. É preciso se preparar muito bem para conseguir entrar.

Se você sonha em se tornar dentista, saiba como funciona o curso, o que vai precisar estudar e onde encontrar esta graduação com reconhecimento do MEC!

O curso de Odontologia

É necessário estudar muito para se tornar dentista. O profissional da Odontologia se dedica ao cuidado e ao tratamento dos dentes, da boca e dos ossos da face. Para exercer esta função é necessário fazer uma imersão completa em disciplinas da área de Ciências Biológicas e da Saúde e passar por muitas atividades práticas.

O curso de Odontologia funciona em período integral. São cinco anos de foco e dedicação total à construção da carreira. Nos primeiros semestres os alunos estudam muitas matérias teóricas. No segundo ano, fazem seus primeiros procedimentos em aulas práticas, utilizando manequins odontológicos. A partir do terceiro, começam a atender pacientes nas clínicas da faculdade.

O estágio supervisionado é obrigatório e ocupa 20% da carga horária total da formação. É preciso apresentar Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no último semestre.

Por ser uma graduação com muitas aulas práticas, é oferecida apenas na modalidade de ensino presencial. Não há cursos de Odontologia a distância reconhecidos pelo MEC no Brasil.

O que se estuda em Odontologia

O currículo do curso de Odontologia mostra o quanto é preciso aprender para exercer a função de dentista com a responsabilidade que a profissão exige. Veja as principais disciplinas de cada semestre, num currículo padrão, e acompanhe a evolução do conhecimento dos alunos:

Primeiro semestre

  • Anatomia Humana
  • Biologia Celular
  • Bioquímica
  • Genética
  • Informática
  • Metodologia Científica
  • Sociologia e Antropologia

Segundo semestre

  • Anatomia Humana da Cabeça e Pescoço
  • Fisiologia Humana
  • Histologia e Embriologia
  • Materiais Dentários
  • Microbiologia e Imunologia
  • Patologia Geral
  • Propedêutica Clínica I

Terceiro semestre

  • Bioestatística
  • Bioética e Deontologia
  • Escultura Dental
  • Farmacologia em Odontologia
  • Odontologia Legal
  • Propedêutica Clínica II
  • Saúde Coletiva I

Quarto semestre

  • Cirurgia Buco-Maxilo-Facial Pré-Clínica
  • Dentística Pré-Clínica
  • Oclusão Pré-Clínica
  • Periodontia Pré-Clínica
  • Propedêutica Clínica III
  • Saúde Coletiva II

Quinto semestre

  • Endodontia I
  • Estágio Supervisionado I – Clínica Integrada
  • Prótese Fixa I
  • Prótese Removível

Sexto semestre

  • Clínica Integrada Odontopediátrica I
  • Endodontia II
  • Estágio Supervisionado II – Clinica Integrada
  • Prótese Fixa II

Sétimo semestre

  • Clínica Integrada Odontopediátrica II
  • Estágio Supervisionado III – Clinica Integrada
  • Implantodontia

Oitavo semestre

  • Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial
  • Estágio Supervisionado IV – Clínica Integrada
  • Odontologia Materno Infantil
  • Pacientes com Necessidades Especiais

Nono semestre

  • Clínica Odontopediátrica Ortodôntica Preventiva I
  • Estágio Supervisionado V – Clínica Integrada
  • Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso
  • Psicologia Aplicada à Saúde

Décimo semestre

  • Clínica Odontopediátrica Ortodôntica Preventiva II
  • Estágio Supervisionado VI – Clínica Integrada
  • Trabalho de Conclusão de Curso

Quanto custa estudar Odontologia

A oferta de cursos de Odontologia no Brasil é maior nas universidades privadas do que nas públicas. Se você pretende disputar vaga em faculdade particular, prepare o orçamento. A graduação está entre as mais caras do País. A necessidade de uma estrutura complexa, com laboratórios, instrumentos e equipamentos específicos, explica o alto custo da formação.

A maioria das instituições da rede privada cobra entre R$ 1,5 a R$ 2 mil pela mensalidade de Odontologia. Você pode encontrar faculdades mais baratas, na faixa de R$ 1 mil, e até mais caras, que cobram R$ 3,4 mil mensais pelo curso.

Tem Odontologia no ProUni?

Sim, existem bolsas de estudos do Programa Universidade para Todos (ProUni) para cursar Odontologia em faculdade privada. A cada nova edição do ProUni, que acontece no primeiro e no segundo semestre, é possível consultar as vagas disponíveis nas universidades participantes.

Nos últimos anos as notas mínimas para conseguir bolsa de estudo parcial ou integral em Odontologia têm variado de 500 a 700 pontos no Enem. Dá para acompanhar de perto o movimento das notas de corte para concorrer a determinada vaga no site do Programa durante o período de seleção. Você pode mudar de opção quantas vezes quiser até a data de fechamento das inscrições. Lembre-se de que há requisitos para participar do Programa. Confira atentamente no site do ProUni. http://prouniportal.mec.gov.br/

O que faz um dentista

O campo de trabalho é grande em todos os cantos do País para quem se forma em Odontologia. Esses profissionais encontram boas oportunidades no serviço público, podem atuar em clínicas especializadas, hospitais, empresas privadas e também abrir consultório próprio. Há 19 especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO). Veja quais são e qual função o dentista desempenha em cada uma delas:

  • Saúde Coletiva: atua em planos de saúde, em cooperativas e na elaboração de programas de assistência social.
  • Odontopediatria: trata problemas bucais e dentes de crianças.
  • Odontologia do Trabalho: atende pacientes cuja atividade profissional pode trazer risco à saúde bucal.
  • Odontologia Legal: faz exame e perícia judicial e elabora atestados e laudos técnicos.
  • Prótese Dentária: cuida da reposição de tecidos bucais e dentes perdidos.
  • Dentística: restabelece a forma e a função dos dentes.
  • Endodontia: trata alterações na polpa e na raiz dos dentes.
  • Disfunção: trata anormalidades nos músculos da mastigação.
  • Implantodontia: implanta próteses dentárias e pinos para restaurar espaços ausentes de dentes.
  • Cirurgia e Traumatologia: identifica traumatismos, lesões e anomalias na boca, na face e nos órgãos que envolvem o sistema de mastigação. Faz cirurgias, implantes, transplantes e enxertos.
  • Radiologia: diagnostica problemas na boca, na face e nos maxilares por meio de imagens de raios X.
  • Patologia Bucal: faz exames laboratoriais para identificar doenças.
  • Periodontia: cuida das gengivas e dos ossos que dão sustentação aos dentes.
  • Estomatologia: diagnostica e trata doenças da boca.
  • Ortodontia: altera a mordedura e a posição dos dentes com aparelhos.
  • Ortopedia Funcional: soluciona desequilíbrios ósseos, musculares e de funcionamento dos maxilares.
  • Odontogeriatria: cuida da saúde bucal do idoso.
  • Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais: atende pacientes com necessidades especiais em situação de risco ou que apresentam psicopatologias ou patologias físicas.
  • Prótese Buco-Maxilo-Facial: projeta e confecciona próteses de dentes danificados ou substitui os destruídos.

Onde estudar Odontologia

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Odontologia:

Veja também:

Quanto ganha um dentista?

Pretende cursar Odontologia? Como tem se preparado para encarar o processo seletivo? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin