Descubra o que faz um psicanalista

Neste artigo, você conhece mais sobre a psicanálise, a profissão do psicanalista e como se tornar um. Confira!

O que é a psicanálise?

A psicanálise é um método terapêutico desenvolvido pelo médico austríaco Sigmund Freud, no final do século XIX. Sua teoria psicanalítica sistematizou os conhecimentos sobre a psique humana. Ela é uma das abordagens da psicoterapia.

O objeto de estudo da psicanálise é o inconsciente. Freud acreditava que ao tomar consciência dos pensamentos subconscientes, o paciente podia liberar traumas, emoções e experiências reprimidas e, por meio do autoconhecimento, aprender a lidar melhor com si e com os outros e se curar de transtornos mentais, neuroses e psicoses.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Com suas investigações sobre a psique humana, Freud entendeu que os processos mentais inconscientes eram a fonte para os distúrbios psíquicos. Ele desenvolveu teorias sobre o inconsciente, os estágios psicossexuais, o simbolismo dos sonhos, entre outras.

A psicanálise busca interpretar o significado inconsciente de sonhos, pensamentos, palavras e ações. Para isso, um dos métodos dessa terapia é a livre associação, no qual o paciente fala o que lhe vem à mente com a menor racionalização possível, trazendo os pensamentos e memórias inconscientes à tona.

Ter o inconsciente como um objeto de estudo quebrava a tradição da psicologia como uma ciência que utiliza o método científico moderno. Por isso, a psicanálise não é considerada uma ciência.

A psicanálise se tornou uma das teorias mais importantes do século XX. Ela também foi muito contestada e, até hoje, é vista com desconfiança por muitas pessoas. Suas críticas levaram à criação de novas correntes da psicanálise, como as fundadas por Jacques Lacan e Carl Jung.

O que faz um psicanalista?

O psicanalista é o profissional que faz a terapia com a abordagem psicanalítica. Por meio da análise das palavras, ações, pensamentos e sonhos dos pacientes, o psicanalista pode encontrar a origem dos problemas psicológicos e ajudar a amenizar os sofrimentos psíquicos.

Descubra o valor da faculdade de PsicologiaA terapia utilizando a psicanálise pode ser utilizada para resolver traumas da infância, depressão, transtornos de ansiedade, problemas sexuais, entre outros. Além de aumentar o autoconhecimento e melhorar o controle emocional.

Os atendimentos acontecem em um ambiente reservado para que o paciente se sinta seguro em compartilhar seus sentimentos e pensamentos de forma aberta e clara com o psicanalista. 

As sessões costumam durar de 50 minutos a uma hora e, em geral, o tratamento requer vários encontros semanais para um processo de evolução longo e ainda mais impactante.

Qual é a função de um psicanalista?

O papel do psicanalista, basicamente, é auxiliar o paciente a encontrar a origem dos distúrbios psíquicos e o ensinar a lidar com esses problemas, a fim de diminuir seu sofrimento.

De acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações, entre as funções do psicanalista, estão:

  • Estudar, pesquisar e avaliar o desenvolvimento emocional e os processos mentais e sociais de indivíduos, grupos e instituições, com a finalidade de análise, tratamento, orientação e educação;
  • Diagnosticar e avaliar distúrbios emocionais e mentais e de adaptação social, elucidando conflitos e questões e acompanhando os pacientes durante o processo de tratamento ou cura;
  • Investigar os fatores inconscientes do comportamento individual e grupal, tornando-os conscientes;
  • Desenvolvem pesquisas experimentais, teóricas e clínicas e coordenam equipes e atividades de área e afins.

Outras atividades dessa profissão podem ser ministrar aulas, realizar pesquisas, coordenar equipes de estudo, realizar palestras e eventos, oferecer consultoria para empresas e fazer coaching individual ou em grupos.

Qual a diferença entre o psicólogo, o psicanalista e o psiquiatra?

O psicólogo é o profissional formado em Psicologia e que está apto a atuar de forma clínica, social, profissional ou escolar. No atendimento clínico, ou seja, nas sessões de terapia, o psicólogo pode utilizar diversas abordagens da Psicologia, incluindo a psicanálise. O psicanalista é o profissional que pode ser formado em outras áreas do ensino superior, além da Psicologia, e que se especializa em psicanálise, aplicando ela em todas as situações em que irá atuar.

Já o psiquiatra é um profissional que realizou faculdade de medicina e fez a sua especialização ou residência em Psiquiatria, a área que é capaz de diagnosticar e tratar doenças mentais. O psiquiatra, diferente do psicólogo e do psicanalista, pode receitar remédios.

Entretanto, essas três profissões não são excludentes e podem trabalhar de forma conjunta no acompanhamento de um paciente. O psiquiatra pode recomendar um tratamento que inclua sessões de terapia e, se entender que faz sentido para a realidade em questão, direcionado para a psicanálise.

Onde um psicanalista pode trabalhar?

No meio clínico, os psicanalistas fazem atendimentos individuais, em grupo ou em instituições. Os atendimentos podem ocorrer em clínicas, consultórios, hospitais, postos de saúde, organizações não-governamentais (ONGs), escolas, creches, indústrias, sistema penitenciário, varas judiciais, empresas privadas e órgãos públicos de atendimento social.

Os psicanalistas também podem ministrar aulas e cursos em institutos e universidades, realizar pesquisas, dar palestras, consultorias e ser coaches.

Qual é o salário de um psicanalista?

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), levantados pelo site Salario.com.br, a média salarial de um psicanalista no Brasil é de R$ 2.964,40, para uma carga horária de aproximadamente 36 horas semanais.

Também de acordo com o site Salario.com.br, existem profissionais com salários de até R$ 4600,00, a depender do tempo de experiência e do local de atuação.

O profissional pode trabalhar de forma autônoma como terapeuta ou consultor ou até mesmo em registro CLT se contratado por alguma empresa ou instituição.

O que é preciso para ser um psicanalista?

Por não ser uma profissão regulamentada, não é obrigatório que se tenha uma formação específica para ser psicanalista. Aos que desejam obter conhecimento para colocar em prática essa profissão, existem diversos cursos de especialização em Psicanálise disponíveis no país.

Um dos pré-requisitos para realizar o curso é graduação em Psicologia ou Medicina. Algumas instituições também aceitam outras formações, como Sociologia e Antropologia.

Entre as características que compõem o perfil do psicanalista, estão: escuta atenta, boa observação, empatia, capacidade de reflexão e delicadeza.

Em quanto tempo é possível ser um psicanalista?

Como esta é uma área de especialização, a Classificação Brasileira de Ocupações recomenda a atuação como psicanalista com de quatro a cinco anos de experiência profissional após a realização de alguma graduação.

Os cursos de psicanálise oferecidos costumam ter a duração entre 200 a 300 horas, variando de acordo com a segmentação escolhida.

Dessa forma, o profissional que decidir seguir esta área pode levar, em média, 10 anos para trabalhar como psicanalista, a depender do tempo de estudo e da função que irá exercer.

Para quem é indicada a área de psicanálise?

Essa profissão é muito comumente procurada por aquelas pessoas que gostam das áreas humanas e biológicas, já que envolve muito conhecimento do corpo e de análises filosóficas e subjetivas do funcionamento da mente humana.

Quem gosta de ouvir e ajudar as pessoas na resolução de seus conflitos e na busca pelo autoconhecimento, também podem se identificar com o trabalho, encontrando na psicanálise uma forma de enxergar soluções e de encontrar respostas que podem transformar a vida dos pacientes de diversas formas.

Onde estudar para ser psicanalista?

A principal formação dos psicanalistas é o curso de Psicologia e Medicina. Mas, outras graduações na área de Ciências Humanas também são úteis, como Filosofia, Sociologia, Direito, Antropologia, Letras e História, lembrando que é preciso ter um tempo de estudos obrigatórios para poder realizar os cursos de psicanálise.

Entretanto, os profissionais costumam já ter familiaridade com estes cursos e eles podem ajudar a desenvolver e apurar ainda mais as teorias e conceitos que envolvem o método terapêutico desenvolvido por Sigmund Freud.

Se interessou por alguma dessas graduações ou já sabe o que fazer e só precisa de um esforcinho para começar? Antes de escolher uma universidade para ingressar, é necessário ver as avaliações da instituição no Ministério da Educação (MEC), conhecer sua estrutura e comparar suas mensalidades.

Existem faculdades privadas que oferecem ótimos descontos e ingresso sem burocracia, utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou com vestibular digital. 

Algumas instituições parceiras do Guia da Carreira que são bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, seja no ensino presencial ou a distância. Você pode até conseguir bolsas e descontos exclusivos, então, confira:

Veja também: Psicologia: saiba tudo sobre a profissão e veja onde estudar

E você, já decidiu qual curso quer fazer? Conta para a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin