Psicologia: saiba tudo sobre a profissão e veja onde estudar

O objetivo do psicólogo é compreender e analisar os indivíduos a fim de solucionar problemas relacionados ao comportamento. Saiba mais sobre a carreira na área de Psicologia, como está o mercado de trabalho para este profissional e onde estudar esta graduação!

A Psicologia é uma ciência que estuda o comportamento e os processos mentais humanos. Através de análises complexas e criteriosas das emoções dos indivíduos, um profissional de Psicologia atua para promover, proteger e reabilitar a saúde mental, visando bem-estar e qualidade de vida individual e coletiva. Além disso, propõe diagnósticos, tratamentos e auxilia na prevenção de doenças mentais.

Essa profissão tão nobre e importante exige muito estudo e dedicação dos profissionais da área, portanto se você está na fase de decidir o que estudar e quer entender se Psicologia é o curso para você, considere a profissão como um todo: conheça mais sobre as áreas de atuação, como funciona o curso e veja onde estudar. Vamos lá?

O que faz um psicólogo?

O psicólogo estuda os fenômenos psíquicos e o comportamento dos indivíduos, atuando diretamente para realizar diagnósticos, prevenção e tratamento de doenças mentais, de personalidade ou distúrbios emocionais. No geral, o psicólogo é o profissional responsável por auxiliar no bem-estar individual e realizar a manutenção da saúde mental das pessoas.

Através de estudos sobre o comportamento humano e por meio de análises de suas ideias, valores e emoções, o psicólogo procura identificar padrões de comportamento e interagir com os seus pacientes visando oferecer orientação adequada.

Psicólogos trabalham não só com fenômenos conscientes, mas também com o subconsciente e com o inconsciente. Existem diversas abordagens possíveis a seguir na Psicologia, que exploram de diferentes formas conceitos como emoção, cognição, atenção, inteligência emocional, motivação, personalidade, comportamento, relacionamento, percepção, resiliência, entre outros.

Além disso, o psicólogo avalia o desenvolvimento emocional e também os processos mentais e sociais de pessoas, grupos e instituições. Existem diversas áreas de atuação para um Psicólogo além do atendimento clínico, e para ajudar a entender melhor essa profissão, separamos um vídeo explicativo:

Vale destacar que o psicólogo não receita medicamentos a seus pacientes, mas sim realiza tratamentos por meio de terapias, com o objetivo de amenizar ou resolver conflitos mentais de cada indivíduo. Por isso mesmo, a atuação de um psicólogo exige a interação com o paciente, a fim de solucionar o problema caso a caso, uma vez que cada pessoa é única e reage de forma diferente para cada situação. O trabalho do psicólogo é justamente analisar e propor o melhor tratamento para cada indivíduo.

Quais são as áreas de atuação da Psicologia?

Ao pensar na atuação de um profissional em Psicologia, é comum associá-la rapidamente à imagem de um psicólogo realizando atendimentos em consultórios. No entanto, existem diversas áreas de atuação possíveis no universo da Psicologia.

De fato, psicólogos podem realizar psicoterapia para tratar distúrbios emocionais e de personalidade, e para isso são necessárias as consultas presenciais ou à distância (telepsicologia) com cada paciente. Mas essa é apenas uma das funções que um psicólogo pode exercer.

A Psicologia é uma área bastante ampla que abrange relações humanas, qualidade de vida, orientação profissional, satisfação pessoal e aconselhamento familiar, entre outros. Sendo assim, o profissional formado em Psicologia pode atuar em diversas áreas. Confira algumas delas:

  • Psicologia Clínica – Atende pacientes individualmente ou em grupo, analisa e trata problemas emocionais.
  • Psicologia Esportiva – Acompanha atletas, preparando-os psicologicamente para competições.
  • Psicologia Hospitalar – Atende pacientes que estão internados em hospitais.
  • Psicologia Educacional – Auxilia alunos, pais e professores quanto a problemas de aprendizagem.
  • Psicomotricidade – Auxilia pacientes na recuperação psicomotora.
  • Psicologia Jurídica – Aplica conhecimentos da psicologia em assuntos relacionados ao Direito.
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho – Participa de processos de seleção de funcionários. Orienta sobre carreiras e promove relações saudáveis no ambiente de trabalho.
  • Psicologia da Saúde – Busca a melhoria da saúde física e mental dos pacientes.
  • Orientação Profissional – Auxilia estudantes e profissionais a identificarem seu perfil e tomarem decisões de carreira.

Leia também: Conheça quais são as áreas de atuação da Psicologia

Como é o mercado de trabalho de Psicologia?

O mercado de trabalho para profissionais de Psicologia é variado e existem muitas opções possíveis, como mencionamos acima. É possível atuar em consultórios, hospitais, clínicas ou até mesmo escolas e organizações públicas e privadas.

As possibilidades de trabalho para os psicólogos têm crescido bastante nos últimos anos, principalmente devido à conscientização sobre a importância da saúde mental e bem-estar. Com o aumento das exigências e da urgência na resolução de tarefas, doenças mentais como depressão e ansiedade têm se tornado cada vez mais comuns na população brasileira. De acordo com a OMS, Organização Mundial de Saúde, o Brasil encontra-se em quinto lugar no ranking dos países mais depressivos do mundo, e é o campeão quando o tema é ansiedade. Esses dados tão alarmantes reforçam a importância do trabalho do profissional de Psicologia.

Atualmente, há um movimento visando conscientização, entendimento e combate a doenças e transtornos mentais relacionados à rotina das pessoas, como a Síndrome de Burnout. Transtornos como o da ansiedade generalizada (TAG) têm sido mais debatidos e levados mais a sério em meios sociais e em ambientes de trabalho, impulsionando assim ainda mais a atuação do profissional de Psicologia.

Vale destacar também que a pandemia do coronavírus, através do isolamento social e métodos necessários para conter a doença, geraram medo, ansiedade e frustração no meio social de forma coletiva, e a necessidade da atuação dos psicólogos foi amplamente defendida por órgãos de saúde em todo o mundo. Além disso, no contexto pandêmico, um novo conceito de atendimento clínico na Psicologia foi popularizado: o teleatendimento, ou seja, as consultas psicológicas realizadas através de chamadas de vídeo. Este tipo de atendimento garantiu aos profissionais da Psicologia ainda mais possibilidades de exercer sua função.

Sobre a atuação do psicólogo em diferentes áreas, destacamos um episódio do podcast Rádio Psi, vinculado ao Conselho Federal de Psicologia, que fala sobre a atuação do psicólogo no mundo corporativo:

Espaço Formação · Armando Neto: O mundo corporativo

Veja também:+ Descubra quanto ganha um psicólogo

+ A carreira em Psicologia

Qual é o perfil do profissional do psicólogo?

Se você está pensando em cursar Psicologia, já deve ter se questionado se essa carreira é para você. Afinal, existem diversos atributos que podem ser relacionados à profissionais na área da Psicologia. 

Apreço pelas relações humanas, por exemplo, é um ótimo atributo para quem pensa em ser psicólogo. Assim como gostar de se comunicar, ter uma boa capacidade de interpretação e análise de textos, gostar de interagir com pessoas e de ouvir o que elas têm a dizer. Afinal, querer ajudar as pessoas é outra característica importante deste profissional.

O que é preciso para ser um bom psicólogo?

Profissionais de psicologia precisam ser pessoas sensíveis, com afinidades em comunicação e interações interpessoais. Por isso, listamos alguns dos atributos relacionados à profissão que são pré-requisitos para quem deseja ser um psicólogo:

  • Ter boa comunicação
  • Ter iniciativa e empatia
  • Saber lidar com pessoas
  • Ter capacidade crítica e reflexiva
  • Ter resiliência
  • Ser curioso
  • Ter paciência
  • Gostar de ler
  • Ter boa interpretação e análise de texto

Além de ter o perfil ideal para cursar e atuar como psicólogo, vale ressaltar que para exercer a profissão nesta área também é necessário possuir um diploma de curso superior reconhecido pelo MEC, assim como o registro do profissional no Conselho Regional de Psicologia (CRP).

Como é o curso de Psicologia?

O curso de Psicologia integra a Área de Ciências Humanas, e possui as habilitações em licenciatura e bacharelado. A graduação tem duração média de 5 anos e é oferecida somente na modalidade presencial. 

Durante a faculdade, o aluno aprende sobre as diferentes teorias psicológicas e diversas maneiras de interpretar e analisar a mente humana. Confira abaixo algumas das matérias lecionadas na graduação de Psicologia.

Veja mais: Saiba como é a faculdade de Psicologia

O que se estuda em uma faculdade de Psicologia?

  • Abordagem Sistêmica das Organizações
  • Avaliação Psicológica
  • Ética
  • História das Ideias Psicológicas
  • Metodologia de Pesquisa
  • Neuropsicologia
  • Pessoas com Deficiência
  • Psicanálise
  • Psicologia Behaviorista
  • Psicologia e Educação
  • Psicologia e Práticas Institucionais
  • Psicologia e Saúde
  • Psicologia e Trabalho
  • Psicologia Fenomenológico-Existencial
  • Psicologia Sócio-Histórica
  • Psicopatologia

Leia também: Confira quais são as matérias de Psicologia!

Ao final da graduação, o estudante deve realizar um estágio supervisionado na área ou elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).  Algumas instituições exigem o cumprimento dessas duas atividades.

Onde estudar Psicologia?

Se você já decidiu que vai cursar Psicologia, confira algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem esse curso:

As instituições acima participam do ProUni e do FIES, além de trabalharem com outros programas de financiamento estudantil, bolsas de estudos e descontos personalizados para novos estudantes.

As informações sobre este curso, que estão presentes no Guia da Carreira, foram baseadas na página de Psicologia da Quero Bolsa. No site da Quero Bolsa, você encontra mais detalhes sobre o curso, a carreira profissional, como o candidato poderá ingressar e as notas de corte para as instituições de ensino superior. Para saber mais sobre Psicologia, não deixe de conferir a página da Quero Bolsa.

Você gostaria de seguir carreira na área de Psicologia? Responda abaixo nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin