Entenda o que faz um supervisor e como se tornar um

supervisora orientando equipePara qualquer tipo de planejamento estratégico, seja qual for a natureza do seu processo, você precisa de alguém para supervisionar. Alguém para ter o olhar crítico e analítico dos gargalos e acertos, e além, alguém que saiba como conduzir os recursos humanos pelos melindres de cada operação. Ficou curioso? Entenda o que faz um supervisor e como se tornar um!

> Encontre bolsas de estudo de até 80% para sua carreira.

Supervisionar hoje é ter uma visão 360º de seus processos, em um mercado de trabalho que se transforma em uma velocidade sem precedentes. É preciso, primeiro, estar atento. Depois, nunca deixar de aprender, seja com um curso de qualificação profissional, um tecnólogo, uma graduação ou uma especialização. 

Isso porque esse contexto de mercado constantemente exigirá um supervisor polivalente. Que entenda sua área analiticamente e que cuide da equipe. Que faça a engrenagem funcionar. 

Vamos entender melhor essa história. 

O que é um supervisor?

Um supervisor é aquele encarregado por direcionar, por orientar, guiar um processo. Para qualquer coisa que exija certa necessidade de padronização, é necessário alguém para supervisionar. Para garantir que tudo ocorra como o esperado.

Dessa maneira, temos um amplo mercado de trabalho para esse profissional, que do mesmo jeito que oportuniza, também cobra responsabilidades. Com boa remuneração, um supervisor é a pessoa que mais precisa se atentar aos detalhes.

O que faz um supervisor?

Supervisionar é o constante acompanhamento e controle sobre qualquer processo para verificar se os objetivos da organização que representa estão alinhados com a meta. A supervisão visa garantir que os colaboradores trabalhem de forma eficaz, para cumprir de forma satisfatória as tarefas que lhes são atribuídas, sempre de forma analítica.

Entre suas atribuições:

  • Propor, implementar e acompanhar o desempenho do planejamento estratégico;
  • Garantir requisitos de qualidade, segurança, custos e prazos;
  • Acompanhamento de métricas, indicando melhorias ou correções, caso estas sejam necessárias;
  • Providenciar e acompanhar o treinamento e capacitações;
  • Analisar, desenvolver e recomendar técnicas e equipamentos que visem melhorar o desempenho da sua área;
  • Realizar relatórios operacionais e analíticos.

Para isso, é necessário:

  • Ser uma figura de liderança;
  • Ser um ótimo comunicador;
  • Ser proativo e determinado;
  • Saber se adaptar diante de quaisquer circunstâncias.

Veja: supervisionar é quase que uma característica. Não uma profissão que somente abrange as hard skills, aquelas que aprendemos na didática. Você precisa ter o conjunto de soft skills para poder se adaptar. Dessa maneira, pense em uma área para supervisionar, que você pode ser o encarregado por ela. 

Você pode ser um supervisor administrativo

Sim, você pode ser um supervisor administrativo. Supervisor da área de administração de um negócio. O responsável por controlar e supervisionar a execução de atividades operacionais e estratégicas administrativas definidas pela empresa. 

Entre suas responsabilidades:

  • Elaboração de relatórios gerenciais;
  • Realização de reuniões;
  • Monitoramento de metas de equipe;
  • Monitoramento do cumprimento de prazos;
  • Análise de indicadores;
  • Elaboração de planilhas de controle.

Você pode ser um supervisor financeiro

O supervisor financeiro é quem assegura que as obrigações fiscais de um negócio estejam em dia. Mais: está sob as responsabilidades desse profissional acompanhar e analisar o comportamento do mercado, para embasar a tomada de decisão e garantir a saúde financeira de quem representa. 

Entre suas tarefas:

  • Cuidar do fluxo de caixa diário e semanal; 
  • Captar recursos financeiros para escalar o negócio;
  • Cuidar da burocracia fiscal;
  • Gerar relatórios e estar atento aos indicadores de desempenho;
  • Atuar dentro do planejamento estratégico da empresa;
  • Orientar sobre a distribuição de recursos.

Você pode ser um supervisor comercial

Um supervisor comercial é o responsável pela rotina da área, por criar seu planejamento de vendas, avaliar os profissionais que possuem nas mãos os produtos e serviços e apresentar resultados comerciais da organização que representa. Mais: analisa estratégias de vendas, acompanha concorrência, identifica e aponta tendências mercadológicas, estuda projeções e quadros comparativos e elabora relatórios gerenciais, tudo para subsidiar a tomada de decisões.

Entre suas atribuições:

  • Ter todos os dados e números sobre vendas e performance de vendedores sempre atualizados;
  • Apresentar relatórios aos gerentes de vendas com suas análises, conclusões e sugestões;
  • Tenha uma boa capacidade interpessoal;
  • Utilize de tecnologia de gestão;
  • Tenha uma visão 360º para oferta e demanda.

Você pode ser um supervisor de produção

Esse é o supervisor responsável pelas atividades de produção da fábrica. É quem controla o volume a ser produzido, custos e qualidade e acompanha a eficiência da mão de obra, para elaborar relatórios sobre o desempenho de produção.

  • Coordenar a equipe de produção e o processo de fabricação e de manutenção;
  • Supervisionar o cumprimento do plano de produção;
  • Planejar e controlar os indicadores da área;
  • Garantir o cumprimento das metas de segurança e qualidade;
  • Realizar análise de desempenho dos equipamentos via sistema;
  • Acompanhar o consumo de insumos e realizar relatórios de qualidade do produto e do processo.

Independente da área, um supervisor precisa estar atento a indicadores de desempenho

Supervisionar é avaliar, é destrinchar os pormenores dos processos e gerar inteligência. Esse profissional precisa estar atento aos indicadores de desempenho, independente de sua área de atuação. São eles que irão balizar seu trabalho. São o termômetro.

Para o supervisor administrativo, um indicador de desempenho é se toda a papelada jurídica do negócio está em dia, catalogada e acessível. Para o supervisor financeiro, um indicador de desempenho é se o fluxo de caixa está fechando no positivo no fim do dia. 

Para o supervisor comercial, um indicador de desempenho é o índice de satisfação dos seus clientes. Para o supervisor de produção, um indicador de desempenho é a qualidade e o padrão de seus processos.

Tudo precisa ser medido e as metas precisam ser claras. Não só para quem está no comando, mas para toda a equipe. Com todo mundo alinhado e engajado, um processo bem definido e mensurável, as chances de errar são reduzidas. Se errar, existe ainda a possibilidade de entrar com ações preventivas. Não deixar virar uma bola de neve. É cobrir todas as arestas para que o processo flua, para que sua área entregue o esperado pela organização que representa.

Quanto ganha um supervisor?

Um Supervisor de Área começa ganhando R$ 2.000 de salário e pode vir a ganhar até R$ 6.000. A média salarial para Supervisor de Área no Brasil é de R$ 4.000. Os salários foram calculados com base nos valores informados pelos candidatos do VAGAS.com.

A formação mais comum é de Graduação em Administração de Empresas.

Como se tornar um supervisor?

É possível cursar a Graduação em Administração de Empresas nas modalidades de ensino presencial ou a distância hoje no Brasil. Ao fazer sua escolha, a primeira informação que deve verificar é se a faculdade tem a autorização do Ministério da Educação (MEC) para oferecer o curso. 

Essa é a garantia de que você vai obter um diploma de nível superior válido em todo o país, que poderá ser usado para encontrar um emprego na área, participar de concursos públicos que exijam esse grau de escolaridade ou mesmo continuar os estudos em uma pós-graduação.

Fizemos uma seleção com faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem a Graduação em Administração de Empresas. Além de terem o selo de qualidade do órgão educacional mais importante do Brasil, todas elas contam com programas de descontos, bolsas e financiamentos facilitados. Confira:

> Não perca a oportunidade de encontrar bolsas de estudo de até 80% para turbinar sua carreira!

Caso queira saber mais sobre o curso de Administração de Empresas, leia mais.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin