dcsimg

Descubra onde fazer cursos técnicos em São Luís

Veja instituições que oferecem cursos técnicos em São Luís e saiba como crescer na carreira e conseguir um bom salário.

Cursos técnicos são formações de nível médio que combinam conhecimentos teóricos e práticos, geralmente voltados ao exercício de uma profissão específica. Para fazer um curso técnico, é preciso estar cursando ou já ter concluído o ensino médio. 

No Brasil, existem 185 cursos desse tipo, detalhados no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos, elaborado pelo MEC (Ministério da Educação). 

É importante não confundir o profissional de nível técnico com o tecnólogo. Ambos têm formação voltada às demandas do mercado de trabalho, mas apenas o tecnólogo tem diploma de ensino superior (graduação). Falaremos com detalhes sobre essa diferença mais abaixo.

Existem muitas escolas técnicas – públicas e privadas – no país, principalmente nas capitais. Se você mora em São Luís e está pesquisando onde fazer um curso técnico na capital maranhense, podemos te ajudar. Veja nosso levantamento:

Onde fazer cursos técnicos em São Luís?

Listamos, abaixo, algumas das principais escolas públicas e privadas que oferecem cursos técnicos na cidade de São Luís. Para saber mais sobre opções de cursos, processos seletivos e matrículas, acesse os sites oficiais das instituições. Confira:

  • Instituto Federal do Maranhão (IFMA) – público
  • Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) – pública
  • SENAI/MA – privado, mas com oferta de vagas gratuitas
  • Centro de Ensino Médio e Profissionalizante do Maranhão (CEMP-MA) – privado
  • Instituto Florence de Ensino Técnico – privado
  • Centro Técnico de Capacitação (CETEC) – privado
  • Instituto 11Elo/INSTEP Escola Técnica – privado
  • Escola Técnica do SUS – pública

Lista de cursos técnicos em São Luís

Veja, a seguir, os principais cursos disponíveis nas escolas técnicas de São Luís:

  • Administração
  • Agrimensura
  • Agropecuária
  • Análises Clínicas
  • Automação Industrial
  • Comunicação Visual
  • Contabilidade
  • Cozinha
  • Desenvolvimento de Sistemas
  • Edificações
  • Eletromecânica
  • Eletrônica
  • Eletrotécnica
  • Enfermagem
  • Estética
  • Informática
  • Logística
  • Mecânica
  • Meio Ambiente
  • Metalurgia
  • Mineração
  • Nutrição
  • Portos
  • Química
  • Radiologia
  • Recursos Humanos
  • Redes de Computadores
  • Saúde Bucal
  • Segurança do Trabalho
  • Vigilância em Saúde

Qual a diferença entre técnico e tecnólogo?

Enquanto o profissional técnico tem uma formação de nível médio, o profissional conhecido como tecnólogo tem formação de nível superior (diploma universitário)

Os cursos superiores que formam tecnólogos são chamados de graduações tecnológicas. Elas têm foco nas demandas do mercado de trabalho e duram entre 2 e 3 anos – menos do que as graduações tradicionais (bacharelados), cuja duração varia de 3 a 6 anos.

Para fazer uma graduação tecnológica, é preciso já ter concluído o ensino médio. As principais formas de ingresso são as mesmas dos outros cursos universitários: vestibular tradicional ou usando a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Como o diploma de tecnólogo é de nível superior, esse profissional está habilitado a entrar em cursos de pós-graduação e a prestar concursos públicos que pedem diploma universitário (sem detalhar área ou grau de formação).

E mais uma vantagem de fazer uma graduação: no Brasil, profissionais com nível superior ganham, em média, mais do que o dobro do que aqueles que têm apenas o ensino médio. Portanto, cursar uma faculdade e investir na própria qualificação é a maneira mais segura de avançar na carreira e obter um salário melhor.

Quais cursos tecnológicos existem?

Há mais de 120 cursos superiores de grau tecnológico disponíveis no Brasil, distribuídos em 13 grandes áreas de conhecimento:

  • Ambiente e Saúde – exemplos: Estética e Cosmética, Gestão Ambiental, Gestão Hospitalar e Radiologia.
  • Controle e Processos Industriais – exemplos: Automação Industrial, Eletrônica Industrial, Gestão da Produção Industrial, Manutenção Industrial, Mecatrônica Industrial e Processos Metalúrgicos.
  • Desenvolvimento Educacional e Social – Processos Escolares.
  • Gestão e Negócios – exemplos: Comércio Exterior, Empreendedorismo, Gestão Comercial, Gestão de Recursos Humanos, Marketing, Processos Gerenciais, Secretariado e Logística.
  • Informação e Comunicação – exemplos: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Jogos Digitais, Redes de Computadores, Segurança da Informação, Sistemas para Internet, Banco de Dados e Gestão da Tecnologia da Informação.
  • Infraestrutura – exemplos: Construção de Edifícios, Controle de Obras e Transporte.
  • Militar – exemplos: Ciências Militares e Gerenciamento de Tráfego Aéreo.
  • Produção Alimentícia – exemplos: Agroindústria e Alimentos.
  • Produção Cultural e Design – exemplos: Design Gráfico, Design de Interiores, Design de Moda, Fotografia, Produção Cultural e Produção Audiovisual.
  • Produção Industrial – exemplos: Produção Gráfica, Produção Têxtil e Fabricação Mecânica.
  • Recursos Naturais – exemplos: Agroecologia, Gestão do Agronegócio e Mineração.
  • Segurança – exemplos: Gestão da Segurança Privada, Segurança Pública e Segurança no Trabalho.
  • Turismo, Hospitalidade e Lazer – exemplos: Eventos, Gastronomia, Hotelaria e Gestão de Turismo.

Onde fazer cursos de tecnólogo em São Luís?

Um cuidado fundamental ao decidir onde estudar: lembre-se de que apenas faculdades reconhecidas e bem-avaliadas pelo MEC emitem diplomas válidos e aceitos em todo o território nacional.

Aqui estão algumas grandes universidades particulares que atendem a todos os requisitos do MEC, oferecem cursos de grau tecnológico em São Luís, trabalham com diferentes formatos de ensino e têm sistemas de bolsas de estudos:

Clique nos links acima e navegue pelos sites das instituições para saber mais sobre cursos, processos seletivos e programas de descontos!

Leia também:

Qual a diferença entre bacharelado, licenciatura e tecnólogo?

Confira quais são os cursos tecnólogos disponíveis em EAD

Queremos te ouvir! Você pretende fazer um curso técnico ou tecnólogo? Em qual área? Conte para a gente nos comentários.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin