Conheça todos os assuntos que podem cair no Enem 2020

Saiba quais foram os temas que mais caíram nas últimas edições do Enem e descubra no que você deve focar os seus estudos! 

Estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não é tarefa fácil. Trata-se de uma prova diferente, longe do estilo “decoreba” que por muito tempo predominou entre os vestibulares.

O Enem é uma prova que busca avaliar não só o conteúdo estudado durante o Ensino Médio, mas também a capacidade que o candidato tem de pensar este conteúdo de forma crítica e contextualizada.

Até aí tudo bem, não é mesmo? O problema é que o conteúdo do Ensino Médio é gigantesco, e isso acaba fazendo com que muitos estudantes se sintam perdidos na hora de pensar em um plano de estudos para o Enem.

Pensando nisso, utilizamos como referência um mapeamento desenvolvido pelo Poliedro, um dos cursinhos pré-vestibulares mais conceituados do país, para selecionar os assuntos que mais foram cobrados no Enem entre 2015 e 2019. Continue a leitura para saber quais conteúdos priorizar nos seus estudos!

O que mais cai em Ciências Humanas e suas Tecnologias?

Esta área de conhecimento engloba as disciplinas de História, Geografia, Filosofia e Sociologia. Muitas vezes, as questões são interdisciplinares, misturando esses componentes curriculares. Por isso, além de conferir quais são os conteúdos mais recorrentes por disciplina, é importante se atentar, também, aos possíveis temas interdisciplinares.

Veja os temas interdisciplinares que costumam ser cobrados:

  • Formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do Estado (50,7%)
  • Diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade (22,7%)
  • Os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente (16,9%)

Por disciplina, os conteúdos que mais costumam cair são:

História:

  • 2ª Guerra Mundial e suas consequências (16,9%)
  • 2º Reinado (10,4%)
  • Baixa Idade Média (10,4%)
  • República Velha (9,1%)
  • Era Vargas (9,1%)
  • Governos pós-regime militar (9,1%)

Geografia:

  • Questões ambientais (13,9%)
  • Globalização (10,1%)
  • Climatologia (8,9%)
  • Cartografia (7,6%)
  • Urbanização (7,6%)
  • Indústria (7,6%)
  • Geografia agrária (7,6%)

Filosofia:

  • Racionalismo moderno (24,3%)
  • Filosofia contemporânea (24,3%)
  • Escola sofistica, Sócrates e Platão (8,1%)
  • Aristóteles e escola helenística (8,1%)
  • Filosofia medieval (8,1%)

Sociologia:

  • Sociologia contemporânea (34,4%)
  • Cidadania (15,6%)
  • O mundo globalizado (9,4%)
  • Economia e sociedade (9,4%)
  • Política, poder e Estado (9,4%)
  • Cultura e educação (9,4%)

O que mais cai em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias? 

Esta área de conhecimento abrange as disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (inglês ou espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação.

Os temas mais explorados nas últimas provas foram:

  • Estudo do texto literário e suas relações com a sociedade (17,8%)
  • Estudo dos recursos expressivos da língua e da construção discursiva em diferentes textos (16,4%)
  • Estudo do texto, em termos de sequências discursivas e de gêneros textuais (15,6%)
  • Produção e recepção de textos artísticos (15,1%)
  • Estudo de gêneros digitais e a função social das novas tecnologias (12,8%)

Por matéria, os assuntos recorrentes são:

Português:

  • Tendências contemporâneas (25%)
  • Estrutura e formação das palavras (21,4%)
  • Preceitos básicos dos estudos literários (17,9%)
  • Pontuação (10,7%)
  • Verbos (7,1%)
  • Modernismo no Brasil: 1ª geração (7,1%)

Interpretação de texto:

  • Aspectos do texto (32,4%)
  • Tipos de texto (16,6%)
  • Funções de linguagem (11,7%)
  • Categorias de mundo (11%)
  • Intertextualidade (7,6%)

Língua estrangeira (inglês ou espanhol):

  • Interpretação de texto (100%)

Educação Física:

  • Influência da mídia no corpo (33,3%)
  • Esportes adaptados (22,3%)

Artes:

  • Arte contemporânea (61%)
  • Elementos básicos das Artes Plásticas (11,1%)
  • Vanguardas europeias (11,1%)

O que mais cai em Ciências da Natureza e suas Tecnologias?

Esta área tem como componentes curriculares Biologia, Física e Química. As três disciplinas tendem a ter peso praticamente igual. Entre 2015 e 2019, do total de questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, 35% foram sobre química, 33% sobre biologia e 32% sobre física.

Em cada disciplina, os conteúdos mas cobrados foram:

Química:

  • Ligações químicas, polaridade e forças (13,8%)
  • Reações orgânicas (11,3%)
  • Eletroquímica (10%)

Biologia:

  • Fundamentos da Ecologia (9,5%)
  • Ecossistema (9,5%)
  • Sistema imunitário (9,4%)

Física:

  • Energia, trabalho e potência (9,7%)
  • Acústica (9,6%)
  • Resistores (8,3%)

O que mais cai em Matemática e suas Tecnologias?

Esta área é composta, exclusivamente, por questões de Matemática. Nos últimos anos, os assuntos gerais que mais caíram nesta área de conhecimento foram os conhecimentos algébricos (29,9%), os conhecimentos numéricos (27,7%) e os conhecimentos geométricos (22,3%).

Os conhecimentos de estatística e probabilidade foram um pouco menos cobrados, mas, ainda assim, apresentaram porcentagem significativa: 15,6%. Portanto, nada de deixar este tema de lado!

Os cinco assuntos mais cobrados na área de matemática foram:

  • Grandezas proporcionais e Médias algébricas (17,3%)
  • Problemas de 1º e 2º graus (15,1%)
  • Porcentagem e Matemática Financeira (8%)
  • Funções (6,7%)
  • Noções básicas de Estatística (6,2%)

Como é a Redação do Enem?

Em geral, o tema da redação do Enem relaciona-se a questões de atualidades. Por isso, além de praticar a escrita, outra forma de estudar para a redação é manter-se informado sobre o que está acontecendo no nosso país, e também no mundo.

A grande crise de saúde que estamos vivendo, com a pandemia da Covid-19, é um tema que tem grande potencial de cair. Ainda que não seja explorado diretamente, algumas de suas consequências podem ser cobradas.

Veja algumas possíveis abordagens da questão da pandemia na redação do Enem:

  • Os impactos da pandemia da Covid-19 na economia brasileira;
  • O movimento antivacina e suas consequências;
  • O aumento da violência contra as mulheres durante o isolamento social.

Como este foi um ano no qual tanto as escolas, quanto as faculdades, tiveram que se adaptar de uma vez por todas à educação a distância, e também grande parte dos trabalhadores no mundo inteiro tiveram que trabalhar em home office, assuntos relacionados à internet também são prováveis. 

Confira alguns dos possíveis temas relacionados à internet:

  • Os desafios enfrentados pelas famílias no uso da tecnologia para a implementação da educação domiciliar;
  • Combate às fake news e aos discursos de ódio na Internet;
  • Educação a distância e home office no Brasil.

Onde estudar com a nota do Enem

Ao construir um plano de estudos estratégico, focado naquilo que tem sido mais cobrado nos últimos anos, você muito provavelmente terá grandes chances de conseguir uma boa pontuação no Enem! Depois disso, você precisará saber o que fazer com a sua nota.

O Enem abre muitas portas aos seus candidatos, pois cada vez mais instituições de ensino superior aceitam a nota deste exame como forma de ingresso.

Além disso, para o ingresso em faculdades privadas, há também a possibilidade de conseguir financiamentos, como os do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), ou bolsas de estudo de até 100%, como as do Programa Universidade Para Todos (Prouni).

O importante é verificar qual é a carreira e a modalidade de ensino que mais combinam com você, e pesquisar uma faculdade bem avaliada pelo Ministério da Educação (MEC) que ofereça o curso ideal!

Para adiantar a sua pesquisa, selecionamos algumas boas opções de faculdades reconhecidas e avaliadas positivamente pelo MEC. Confira:

Veja também: Conheça as faculdades que aceitam a nota do Enem 2020

E você, está preparado para encarar o Enem 2020? Compartilha com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!