dcsimg

Descubra agora mesmo se o FIES vale para EAD

Será que o Fies pode ser usado em cursos EAD? Vamos descobrir!

O curso superior EAD cresce demais a cada ano, pois, além da comodidade que ele oferece, o baixo custo que a modalidade pode ter é considerado pelos estudantes, pois na maioria das vezes conseguem ser até 50% mais barato que as faculdades presenciais.

Porém, com o número crescente do desemprego, muitos estudantes não conseguem pagar a sua faculdade mesmo com o valor mais baixo e isso faz com que ele procure outras formas de continuar ou iniciar os seus estudos.

Umas dessas formas é o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES), que financia todo o curso para o aluno e ele só começa a pagar após a formatura. Para participar do FIES, é necessário que o estudante já esteja matriculado em uma faculdade e atenda aos critérios do Ministério da Educação (MEC).

Infelizmente, apesar do crescimento das faculdades a distância e o grande número de cursos oferecidos por elas, o FIES só financia cursos presenciais, mas temos outras opções para você.

O ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) é um programa do Ministério da Educação que oferece bolsas de 50% e 100% para alunos que estiverem dentro dos requisitos exigidos.

O que é preciso para participar?

  • ter feito o ENEM, obtido nota acima de 450 pontos na média do exame e não ter zerado a redação. O candidato também não pode possuir diploma de ensino superior.
  • para bolsas parciais (50%), é preciso que a renda bruta familiar seja até três salários mínimos por pessoa e, para bolsas integrais (100%), a renda familiar deve ser de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Além disso é preciso atender um desses critérios abaixo:

  • ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública
  • ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola
  • ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola privada
  • ser pessoa com deficiência
  • ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e ter integrado o quadro de pessoal permanente da instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos não há requisitos de renda

ProUni: bolsas remanescentes

As vagas que não foram preenchidas por não ter nenhum estudante que se candidatou ou por não ter aprovação vão para o processo chamado de bolsas remanescentes. Essas vagas ficam disponíveis durante um período e o estudante que se encaixar nos requisitos abaixo pode se candidatar.

Requisitos para as bolsas remanescentes:

  • ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e ter integrado o quadro de pessoal permanente da instituição pública, para os cursos com grau de licenciatura destinados à formação do magistério da educação básica

ou

  • ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) a partir da edição de 2010, e obtido, em uma mesma edição do referido exame, média das notas nas provas igual ou superior a 450 pontos e nota superior a zero na redação
  • não ter sido aprovado no processo seletivo regular do ProUni (anterior)
  • não ter sido aprovado no processo de bolsa remanescente do ProUni (anterior)

O candidato também precisa satisfazer a uma dessas exigências:

  • ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede particular na condição de bolsista integral da própria escola
  • ser pessoa com deficiência

ou

  • ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e ter integrado o quadro de pessoal permanente da instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesse caso, não é necessário comprovar renda

Os alunos que já estão matriculados em alguma instituição podem se candidatar a essas bolsas. Se caso a sua instituição não esteja oferecendo bolsa para o seu curso, você pode se inscrever em um curso de área afim e posteriormente solicitar a transferência de curso, aumentando assim as suas chances de concluir o ensino superior com uma bolsa de estudos.

Quais faculdades aceitam o ProUni para cursos EAD

Só participa do ProUni as faculdades que são reconhecidas pelo MEC. O bom que, na hora de se candidatar, você pode ficar tranquilo e escolher uma das faculdades que estará no site, pois elas já passaram por todos os critérios de competência e compromisso com os seus alunos.

Essas são as principais faculdades EAD que participam do ProUni:

Caso você não possa participar do ProUni, saiba que essas faculdades também oferecem bolsas de estudo e financiamentos próprios, diretamente com a instituição.

Veja também:

Os cursos a distância mais baratos 

Vai tentar uma bolsa no ProUni? Conte nos comentários qual curso você escolheu!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin