Entenda como ter um ótimo plano de estudos para o Enem

Você não sabe por onde começar seus estudos para o Enem? Neste artigo, você descobre como ter um plano de estudos perfeito para o Enem. Confira!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a porta de entrada para centenas de instituições de ensino públicas e privadas no Brasil inteiro. Com uma boa nota no exame, o estudante pode ingressar seu curso dos sonhos sem pagar nada ou pagando menos, com bolsas de estudo.

O exame é composto por quatro provas objetivas de Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, com 45 questões cada, e uma redação. As provas são aplicadas em dois domingos seguidos.

O que estudar para Enem?

Antes de pensar em montar qualquer cronograma de estudos para o Enem, é necessário entender como funciona a prova e quais são os conteúdos cobrados nela. Dê uma olhada nas disciplinas abordadas em cada uma das provas:

  • Linguagens, códigos e suas tecnologias e redação: Língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação;
  • Ciências humanas e suas tecnologias: História, geografia, filosofia e sociologia;
  • Ciências da natureza e suas tecnologias: Química, física e biologia;
  • Matemática e suas tecnologias: Matemática.

Todo conteúdo cobrado no exame pode ser conferido na Matriz de Referência Enem, disponível no site do Ministério da Educação (MEC). Para facilitar os estudos, uma dica é montar o plano de estudos com foco nas matérias que mais caem na prova.

Como montar um plano de estudos para o Enem?

Sabendo quais os temas mais importantes para estudar para o Enem, o próximo passo é entender quanto tempo disponível há na sua rotina para estudá-los. Seu plano de estudos deve ser coerente com o seu dia a dia e possível de ser realizado. Não adianta se programar para estudar 5 horas diariamente se você só tem 2 horas disponíveis no dia.

Ao definir o melhor horário de estudo, não se pode esquecer de programar algumas pausas para descansar, ir ao banheiro e se alimentar. As pausas são importantes para que se estude mais disposto e concentrado.

Na hora de definir quais disciplinas serão estudadas durante a semana, é recomendado que se intercale os conteúdos de Exatas e Humanas. Outra dica é deixar os conteúdos que exigem mais concentração para o começo da semana e conteúdos mais fáceis para o final, quando já se está com a mente mais cansada.

A redação do Enem equivale a 20% da nota final e merece uma atenção especial no seu plano. Os professores aconselham a produção de uma redação por semana dos mais variados temas, para melhorar a escrita e aumentar o repertório.

O Enem cobra a produção de uma redação do estilo dissertativo-argumentativo, ou seja, um texto no qual o candidato deve defender sua opinião acerca do tema proposto com argumentos sólidos. Ao final, o candidato ainda deve elaborar uma proposta de intervenção que solucione o problema apresentado ao longo da redação.

Seu plano de estudos também não pode deixar de contemplar exercícios das matérias estudadas no dia e simulados completos, ao menos, uma vez por mês. Só assim o estudante saberá como aplicar na prática todos os conhecimentos aprendidos.

Plano de estudos Enem De Boa

Para facilitar a vida dos estudantes, o Quero Bolsa montou um plano de estudos gratuito com tudo o que você precisa estudar até o Enem. São cronogramas de estudos mensais com os principais temas da plataforma de estudos Manual do Enem, selecionados pelos professores do cursinho Reforço Apoio Escolar.

No plano, você estuda uma matéria por dia, de segunda a sexta-feira, e, aos finais de semana, confere conteúdos de atualidades, redação, língua estrangeira (inglês e espanhol) e dicas de estudos.

Para baixar o plano gratuitamente, é só acessar o site do Plano de Estudo Enem de Boa e inserir seu nome e seu e-mail.

Onde estudar com a nota no Enem

Com a nota do Enem, é possível ingressar em universidades públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e particulares, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) ou Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Também é possível usar a nota do Enem para substituir o vestibular em diversas universidades privadas.

Mesmo que você não consiga uma boa nota no Enem, ainda sim é possível entrar na faculdade com bolsa e descontos, sabia? Muitas universidades particulares oferecem bolsa de estudos e descontos na mensalidade com ou sem a nota do Enem. Confira abaixo algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem boas condições aos ingressantes:

Leia também: Descubra quais conteúdos estudar pro ENEM

E você? Já sabe qual curso vai fazer com sua nota do Enem? Compartilha com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin