dcsimg

Veja como saber o resultado da lista de espera do ProUni

O modelo de checagem da lista de espera do ProUni é diferente das chamadas regulares. Saiba aqui como fazer!

Só quem já participou de qualquer processo seletivo sabe o quanto a divulgação dos resultados é o momento mais esperado.

Não é diferente com o ProUni, o programa que distribui milhares de bolsas de estudos pelo Brasil afora.

Todos os anos, milhões de pessoas tentam a sorte na esperança de estudar com tudo pago em faculdades privadas de qualidade.

Uma vantagem do ProUni é que os resultados não se esgotam na primeira chamada: há outras chances de entrar!

A seguir, veja como saber o resultado da lista de espera do ProUni e como participar!

Como participar do ProUni

O ProUni é um programa de acesso ao ensino superior voltado a estudantes que concluíram o ensino médio em escolas da rede pública e têm renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Para participar é preciso ter feito qualquer a edição mais recente do Enem e obtido pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação. Não pode ter diploma de nível superior.

O processo seletivo reúne interessados de todo Brasil e o modelo de escolha é baseado na nota obtida no Enem. Quanto mais alta, melhor.

A seleção ocorre sempre no início dos semestres letivos e dura apenas alguns dias. Os resultados saem logo depois, no site oficial do ProUni.

Esse é o momento mais esperado por quem participou da seleção: saber se ganhou ou não a bolsa!

A primeira chamada, com o nome dos principais aprovados, sai dois dias depois após o encerramento do processo seletivo.

Quem ganhar a bolsa terá alguns dias para providenciar a documentação exigida pela faculdade e efetuar a matrícula.

Só que, por motivos diversos, muitas bolsas não são ocupadas na primeira chamada. Por isso, o ProUni faz uma segunda chamada, convocando as pessoas que não conseguiram a bolsa na primeira.

Aqui a história se repete e várias bolsas voltam a ficar disponíveis. Em vez de o ProUni fazer uma terceira chamada, o programa opta por lançar uma lista de espera.

Veja a seguir como participar e como saber o resultado.

Como participar e como saber o resultado da lista de espera do ProUni

Para participar da lista de espera do ProUni, candidato precisa ter participado do processo seletivo regular.

Ele terá de fazer uma inscrição rápida, que exige apenas entrar no site oficial do ProUni e manifestar interesse em entrar na lista.

Isso só pode ser feito quando as inscrições para esta etapa estiverem abertas, o que acontece cerca de 15 dias após a divulgação dos resultados oficiais do ProUni.

Conforme novas vagas vão surgindo, os candidatos vão sendo convocados.

Aqui há uma diferença importante: a chamada não é feita pelo site do ProUni, mas pelas próprias faculdades.

Elas normalmente divulgam a lista de aprovados em seu site ou em locais onde circula muita gente, como os corredores da faculdade. O candidato também pode ligar na secretaria do curso e perguntar.

É de responsabilidade do inscrito ir atrás da informação.

Caso ganhe a bolsa, o aprovado terá um prazo para apresentar a documentação exigida. Para não perder as datas é bom ficar em contato constante com a faculdade.

Quem não conseguir bolsa pela lista de espera ainda terá pela frente uma outra chance de conseguir o benefício.

A seleção de vagas remanescentes acontece algumas semanas após a divulgação do resultado do ProUni e tem um mecanismo bastante diferente da seleção regular (veja detalhes no link ao final desse texto).

Outras formas de entrar na faculdade com a nota do Enem

Se não rolar bolsa no ProUni, ainda haverá outras chances de usar a nota no Enem para entrar na faculdade, privada ou pública.

Assim que saem os resultados das bolsas de estudos, o governo abre inscrições para o FIES, o programa que concede crédito estudantil a juros baixos para quem quer estudar em faculdade privada de qualidade.

Podem participar da seleção pessoas com renda familiar mensal bruta de até cinco salários mínimos por pessoa e que tenham feito qualquer edição do Enem a partir de 2010 – desde que o desempenho seja de pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação. O critério de seleção é bastante similar ao do ProUni.

Tem também o ingresso direto, que permite entrar em faculdades particulares apresentando a nota do Enem. A grande vantagem é não precisar fazer qualquer tipo de vestibular para conseguir a vaga. O sistema está disponível no número gigantesco de instituições pelo país. É a forma mais prática e rápida de entrar no ensino superior que conhecemos.

No segundo semestre, tudo começa novamente.

Teremos, por exemplo, a segunda edição do Sisu, o programa do governo federal que distribui vagas em universidades públicas. Na sequência, um novo ProUni e um novo FIES abrem inscrições.

Durante todo esse tempo, o ingresso direto estará sempre aberto.

Abaixo, conheça algumas faculdades onde você pode estudar por meio do ProUni, FIES ou ingresso direto. Elas também oferecem bolsas e parcelamento da mensalidade sem burocracia:

Veja também:

Entenda como funcionam as bolsas remanescentes do ProUni

Tudo certo quanto ao funcionamento da lista de espera do ProUni? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin