Currículo Lattes: veja o que é e como fazer um

Você já ouviu falar no currículo Lattes? Se você está interessado em aprimorar seus estudos, conhecer a trajetória de grandes pesquisadores e até contatá-los, entender a plataforma Lattes é um dos primeiros requisitos para ser reconhecido na área científica.

Encontre bolsas de estudo para graduação e pós de até 80%

A plataforma Lattes é 100% brasileira e abriga centenas de milhares de currículos de estudantes de ensino médio, graduação, mestrado e doutorado que estão na ativa nas últimas décadas. Além disso, também organiza os grupos de pesquisa em um único sistema com acesso digital.

Quem está em busca de uma bolsa de pesquisa na faculdade ou pretende fazer uma pós-graduação precisa estar com o Lattes em dia. É praticamente uma etapa obrigatória, inclusive nos processos seletivos.

Confira nos tópicos a seguir tudo o que você precisa saber sobre o currículo Lattes e como criar o seu!

Leia também: Veja como fazer um Curriculum Vitae

O que é o currículo Lattes?

O currículo Lattes é formado pela reunião de dados acadêmicos e profissionais de uma pessoa em uma única página pessoal dentro da Plataforma Lattes, gerida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), uma instituição gerida pelo Governo Federal.

O que tem em um currículo Lattes?

No currículo Lattes, é possível inserir:

  • a formação acadêmica (ensino médio e superior, cursos livres, especializações, pós-graduações em geral);
  • foto que identifique o pesquisador;
  • dados de contato;
  • breve apresentação;
  • experiência profissional;
  • participações em eventos como organização;
  • participações em eventos como ouvinte;
  • participações em eventos com apresentação de trabalho;
  • contribuições em geral para desenvolvimento, popularização e difusão da ciência e tecnologia;
  • autoria e coautoria em artigos;
  • livros e capítulos produzidos;
  • edição e organização de livros e coletâneas;
  • participações em bancas de avaliação de TCC, mestrado e doutorado;
  • produções científicas em geral;
  • patentes registradas;
  • orientações acadêmicas;
  • projetos de pesquisa;
  • projetos de extensão;
  • grupos de pesquisa;
  • produções artísticas e culturais;
  • idiomas e competências de fala;
  • citações feita por outros pesquisadores;
  • prêmios e títulos;
  • revisões científicas.

Leia também: Qual a diferença entre Faculdade e Universidade?  

Algumas definições são bem amplas, portanto o pesquisador consegue adicionar outros dados que estejam ligados com a sua carreira científica que não foram citados nesta lista.

É importante lembrar que todos os dados inseridos no Lattes precisam ser acompanhados de uma comprovação mínima, sob pena de responsabilização pelos dados prestados.

Por que o currículo Lattes tem esse nome?

O nome da Plataforma Lattes foi criado em homenagem a um dos maiores cientistas brasileiros, o físico Césare Mansueto Giulio Lattes, mais conhecido como César Lattes.

Confira agora: Descubra o que faz um cientista

César Lattes nasceu em Curitiba (PR) em 11 de julho de 1924 e faleceu aos 80 anos, no dia 8 de março de 2005. Ele foi um dos responsáveis pela criação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

No período próximo à Segunda Guerra Mundial, Lattes realizou importantes pesquisas para a descoberta da partícula “méson pi”, questão essencial para desenvolvimento das pesquisas atômicas e processos nucleares. Um dos integrantes do seu grupo de pesquisa foi agraciado com o Prêmio Nobel.

A contribuição de Cesar Lattes para o desenvolvimento da pesquisa no Brasil é imensa. E é por isso que ele recebeu essa gigante homenagem de seus pares.

O vídeo abaixo conta com mais aprofundamento sobre a vida e contribuição científica deste grande pesquisador brasileiro.

Fazer um currículo Lattes é de graça?

A inserção e manutenção de um currículo na Plataforma Lattes são totalmente gratuitas. O banco de dados da Plataforma Lattes é uma ferramenta pública de alto valor para pesquisadores brasileiros e estrangeiros e faz parte das políticas de incentivo governamentais ao desenvolvimento da ciência e tecnologia no país.

Currículo Lattes: veja o que é e como fazer um - Guia da Carreira

Quem precisa fazer um currículo Lattes?

A criação de um currículo na Plataforma Lattes é indicada a todo estudante e pesquisador que deseja registrar suas produções e organizá-las em um local reconhecido e de fácil acesso para a comunidade científica.

Conheça os melhores cursos para quem gosta de pesquisar

Além disso, os editais para concessão de bolsas de estudo por pesquisas e também o ingresso em mestrados e doutorados costumam exigir a apresentação do currículo Lattes nas etapas de avaliação, para que as trajetórias sejam comparadas e os pontos sejam atribuídos.

Como criar um currículo Lattes em 13 passos

Criar um currículo Lattes é relativamente fácil. O primeiro passo é acessar o site oficial da plataforma (https://lattes.cnpq.br/). Recomendamos fazer isso em um computador, pois será mais fácil de preencher os dados necessários. Confira os passos seguintes:

  1. No menu do lado direito, clique em “Cadastrar Novo Currículo”.
  2. Uma nova aba será aberta automaticamente. Caso não aconteça, verifique se não há bloqueios no seu navegador.
  3. Leia os termos de adesão da plataforma e compromisso em fornecer informações verdadeiras.
  4. No campo “País de Nacionalidade”, indique o país onde você nasceu.
  5. Preencha um e-mail válido e crie uma senha. 
  6. Para avançar de página, clique no botão “Próxima”.
  7. Preencha suas informações pessoais. Os dados devem coincidir com a base da Receita Federal.
  8. Preencha dados para contato.
  9. Informe sua formação acadêmica (se estiver em andamento também pode preencher).
  10. Caso tenha, informe sua atividade profissional.
  11. Selecione a sua área de atuação/interesse.
  12. Em “Habilidades Linguísticas”, caso tenha, informe seu nível de conhecimento em línguas estrangeiras.
  13. Submeta seu currículo para aprovação da plataforma.

Em média, o processo para publicação do currículo Lattes demora pelo menos 24 horas. Após a aprovação, você deve acessar a plataforma com o login e senha criados na primeira etapa para adicionar os dados restantes. Para isso, na página inicial, clique no botão “Atualizar currículo” e você será redirecionado para a página de login.

Por que é importante manter o currículo Lattes atualizado?

Se tem uma coisa que deixa qualquer pesquisador de cabelo em pé é esquecer por muito tempo de atualizar sua plataforma Lattes. A vida acadêmica de um professor ou aluno é muito movimentada. Em um curto período de tempo, são várias as participações em eventos, a redação de artigos, entre outras coisas daquela lista de inserções que o currículo permite.

Deixar tudo isso acumular ao longo de meses (ou até anos!) pode fazer com que alguma oportunidade fique para trás. Outro problema é que alguns dados são mais “chatos” de serem preenchidos, o que demanda um certo tempo e paciência dos pesquisadores.

É por isso que a recomendação de todo pesquisador experiente e organizado é realizar com certa recorrência de tempo a atualização do seu currículo Lattes. Desta forma, seus dados estarão sempre em dia e emitem mais confiabilidade.

Onde estudar para desenvolver o currículo Lattes

O primeiro passo para quem deseja ter um currículo Lattes de qualidade, bem como fazer mestrado e doutorado é ingressar em um curso de ensino superior. Na faculdade, você terá oportunidade de conhecer vários pesquisadores e se aprofundar nos assuntos que mais gosta!

A seguir, selecionamos algumas faculdades devidamente reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) para você conhecer:

Leia também: Como procurar emprego de forma mais eficiente

E, aí? Animado para intensificar os seus estudos e deixar seu currículo Lattes cheio de pesquisas e trabalhos?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin