dcsimg

Conheça a profissão Sistemas de Telecomunicações

Quer trabalhar na área de telecomunicações? Conheça a profissão Sistemas de Telecomunicações e as opções de atuação.

Essa profissão pode ser exercida por quem tenha formação em cursos de três níveis diferentes: técnico, tecnológico ou bacharelado. Veja o que cada profissional faz, mercado de trabalho, cursos etc.

O técnico em Sistemas de Telecomunicações 

Se você pensa em ser um, precisará ter concluído o curso técnico em Telecomunicações, de nível médio. Você atuará planejando, implantando, operando e gerenciando projetos de sistemas de telecomunicações.

Fará serviços de TV a cabo, telefonia, comunicação e transmissão de dados, realizados por meio de sinais em cabos metálicos, fibras ópticas, micro-ondas e satélites. Poderá fazer projetos de telecomunicações e dar suporte técnico.  

Mercado de trabalho

A economia vem se aquecendo, e a área de telecomunicações vai na frente aumentando postos de trabalho. O salário médio para técnico recém-formado é de R$ 1.000 a R$ 2.500. 

Poderá trabalhar em:

  • Agências reguladoras
  • Empresas de prestação de serviços
  • Empresas de radiodifusão
  • Empresas de telefonia fixa e móvel
  • Indústrias de telecomunicação
  • Provedores de acesso a redes

Curso técnico

Dura de 3 a 4 semestres, e você poderá entrar logo no mercado de trabalho.

Entre outras disciplinas, terá aulas de:

  • Álgebra
  • Cálculo
  • Comunicação de Dados
  • Eletricidade
  • Estatística
  • Física
  • Lógica de Programação
  • Materiais Elétricos
  • Óptica
  • Processamento Digital de Sinais
  • Propagação e Antenas
  • Telefonia
  • TV e Ondas

O tecnólogo

Para ser tecnólogo, você terá de fazer o curso tecnológico de Sistemas de Telecomunicação, de nível superior, que dá formação concentrada em atividades práticas. Aparece com outros nomes:

  • Gestão de Telecom
  • Redes de Telecom
  • Telemática

Você trabalhará na mesma área do Engenheiro de Telecomunicações. Planejará, implantará e gerenciará projetos de sistemas de telecomunicações, como telefonia, serviços celulares, TV a cabo e digital, comunicação de dados. Ainda, planejará o uso de redes LAN e WAN; dará suporte técnico a sistemas de telecomunicação.  

Controlará os equipamentos de difusão de TVs por assinatura, emissoras AM e FM e serviços de comunicação via rádio, aprimorando a qualidade dos seus sinais. Avaliará a viabilidade de sistemas; gerenciará cabeamento e conexão de telefones, teleprocessamento e transmissão de dados. 

Mercado de trabalho

Há o fato de que no país já existe grande demanda por Tecnólogos em Telecomunicações. O salário está entre R$ 1.460 e R$ 3.680. Existe trabalho principalmente em:

  • Empresas que prestam serviço de TV por assinatura, internet, telefonia
  • Setor público: várias empresas, como a Anatel (reguladora da atividade), mas, nestes casos, fazendo concurso

Curso tecnológico

 Duração de 3 anos. Você estudará, entre outras matérias:

  • Eletricidade
  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Física Aplicada
  • Probabilidade
  • Telefonia Digital
  • Redes de Alta Velocidade
  • Comunicação Óptica
  • Comunicação de Dados

O Engenheiro de Telecomunicações

Você estará preparado para desempenhar funções estratégicas: desenvolverá sistemas, instalações e aparelhagem de telecomunicação e fará sua manutenção. 

Projetará e operará redes de comunicação com e sem fio, além de cabeamentos subterrâneos e aéreos. Garantirá o bom funcionamento das comunicações por televisão e rádio, transmissão de dados em redes de computadores e sistemas de telefonia.

Mercado de trabalho

O campo para você, como Engenheiro de Telecomunicações, está com boa empregabilidade, como para outros tipos de Engenharia. A procura acontece em todo o país e, principalmente, na indústria de telecomunicação da região Norte, bem como na zona metropolitana de São Paulo. 

O salário está de R$ 3.670 para trainee em empresa pequena até R$ 15.150 para master, empresa grande. As mais procuradas funções do Engenheiro de Telecomunicações são:

  • Gestor de serviços na área de telecomunicações
  • Planejador de infraestrutura de sistemas de telecomunicações
  • Projetista de sistemas de transmissão de dados
  • Suporte em tecnologias de mobilidade
  • Vendas de equipamentos.

Curso de bacharelado

Nos 2 anos iniciais, você verá matérias de Ciências Exatas que estão nas grades dos outros tipos de engenharia: Matemática, Química, Física, Cálculos, entre outras. Depois, vão ficando mais específicas: 

  • Comunicação Móvel
  • Eletromagnetismo
  • Linhas de Transmissão
  • Radiofrequência
  • Redes de Computadores
  • Sinais Analógicos
  • Sinais Digitais
  • Sinais Ópticos
  • Telecomunicações

Alternativas aos cursos de Sistemas de Telecomunicações

Se não encontrar opções perto da sua casa, você pode escolher graduações semelhantes a Telecomunicações.

Gestão de Tecnologia da Informação, como curso tecnológico, superior. Dura 2 anos, você logo poderá estar trabalhando. Terá formação tecnológica, mas também estará apto a ocupar cargos estratégicos em empresas. Fará análise de níveis de serviço, tomará decisões sobre tecnologia. 

Você fará gestão do patrimônio tecnológico e de recursos humanos. Estará numa carreira com oportunidades em qualquer área da economia. E que está contratando! Salário de R$ 3.340 para trainee em pequena empresa, até R$ 21.465, master em grande empresa. 

Engenharia da Computação, outro superior. Você projetará e construirá computadores, teclados, mouses, monitores. Criará programas de computadores e aplicativos. Atuará em robótica, automação industrial; também na administração de redes de computadores de grandes empresas. 

E poderá dar aulas para cursos técnicos e profissionalizantes. Se você for analista de sistemas, o salário será de R$ 4.200 a R$ 8.000. Mas há pesquisas mostrando que o salário do Engenheiro de Computação, em cargos de gestão, pode partir de R$ 7.200 a R$ 9.200, chegando a R$ 16.000.

Onde estudar 

Veja algumas faculdades e universidades reconhecidas e avaliadas pelo MEC que têm cursos de Telecomunicações, Gestão de Tecnologia da Informação e de Engenharia da Computação. 

Muitas delas oferecem bolsas que podem chegar a 100%, descontos e financiamentos próprios. Você poderá tentar o ProUni ou o FIES, o que facilitará seu curso superior.

Veja também:

Não consigo pagar a faculdade. O que fazer?

Veja o cronograma do ProUni 2020 e não perca nenhuma data

Escolha o curso tecnológico ou o bacharelado. Depois, conte para nós, nos comentários, qual você escolheu.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin