Descubra quanto ganha o profissional de Sistemas para Internet

A área de Sistemas para Internet é bem atrativa financeiramente, sabia? Para conhecer mais sobre essa área, qual é sua remuneração média e como ingressar nela, confira este artigo!

O que faz o profissional de Sistemas para Internet?

Os chamados Sistemas para Internet são todos aqueles sistemas desenvolvidos dentro da internet, como plataformas, sites e aplicativos. Os especialistas em Sistemas para Internet são os profissionais que planejam, desenvolvem, implementam e gerenciais os sistemas na web.

Na prática, são eles que criam, configuram e instalam redes de internet para empresas (intranet), servidores, sites de comércio eletrônico (lojas virtuais), bancos de dados e aplicativos para smartphone. Eles também dominam a programação em HTML 5 e posicionamento de hiperlinks.

Quanto ganha o profissional de Sistemas para Internet?

Sistemas para internet é uma área em expansão e bastante atraente financeiramente. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), coletados pelo portal Salario.com.br, a média salarial de um tecnólogo em Sistemas para Internet no Brasil é de R$ 5.623,98, para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. 

A faixa salarial desses profissionais fica entre R$ 4.969,00 e R$ 13.707,36, o teto salarial da profissão. De acordo com os dados, um profissional recém-formado na área ganha em média R$ 3.892,59 por mês. No setor público, onde as remunerações costumam ser maiores, um tecnólogo em Sistemas para Internet recebe em média R$ 6.773,39 mensais.

Confira as médias salariais de cada nível de experiência na área de Sistemas para Internet:

  • Júnior: R$ 5.455,09.
  • Pleno: R$ 6.465,83.
  • Sênior: R$ 8.160,69.

Quais as áreas de atuação de Sistemas para Internet?

A principal área de atuação do especialista de Sistemas para Internet é no desenvolvimento e manutenção de sites, o chamado desenvolvedor web. Ele programa sites, portais, aplicativos, lojas virtuais, entre outros. Outra área de atuação é na administração de sites, na qual o profissional é denominado webmaster.

Com foco na criação de interfaces gráficas em web sites, existe a área do Web Design. Esses profissionais são importantes para garantir que os usuários do site tenham uma boa experiência de navegação.

Os tecnólogos em Sistemas para Internet também podem atuar na área de Segurança da Informação na Web, protegendo os sistemas e as informações de ataques de hackers e vírus, e no Planejamento de Recursos Empresariais, conhecido pelo nome Sistemas ERP (do inglês Enterprise Resource Planning).

Como se tornar um profissional de Sistemas para Internet?

Para se especializar na área de Sistemas para Internet, é preciso concluir algum curso na área de Tecnologia da Informação (TI), de preferência o tecnólogo em Sistemas para Internet.

O cargo de especialista em Sistemas para Internet exige um profissional com raciocínio lógico, capacidade analítica e de resolução de problemas, organização e responsabilidade, além de dominar programação, banco de dados e inglês. 

Como é o curso de Sistemas para Internet?

A graduação em Sistemas para Internet é um curso tecnólogo, ou seja, com disciplinas mais práticas, voltado para o mercado de trabalho e mais curtos que uma graduação tradicional. O tecnólogo em Sistemas para Internet têm duração média de 3 anos.

O curso aborda não só conhecimentos de tecnologia e programação, mas também de criação, marketing, comunicação e gerenciamento. Conforme o Catálogo Nacional de Cursos Superiores definido pelo Ministério da Educação (MEC), durante a graduação, os estudantes aprendem a desenvolver programas, interfaces, aplicativos, páginas e portais para internet e intranet; gerenciar projetos de sistema; cuidar da implantação, atualização, manutenção e segurança dos sistemas para internet.

Confira algumas das disciplinas do curso de Sistemas para Internet:

  • Análise de Sistemas Web;
  • Computação Gráfica;
  • Economia e Mercado;
  • Estatística;
  • Fundamento de Banco de Dados;
  • Fundamentos de Redes Dados e Comunicação;
  • Fundamentos de Sistemas Operacionais;
  • Gerenciamento de Projetos Web;
  • Lógica;
  • Matemática para Computação;
  • Programação em Banco de Dados;
  • Segurança para Internet;
  • Serviços Web;
  • Ética e Legislação Profissional.

O curso de Sistemas para Internet não é o mais cursado pelos profissionais dessa área. Segundo o dados do CAGED, as formações superiores mais comuns desses profissionais são Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciências da Computação e Sistemas de Informação. Veja outras opções de graduações na área de tecnologia:

Onde estudar Sistemas para Internet?

Se interessou por algum dos cursos citados acima? Antes de escolher uma graduação e a faculdade em que pretende estudar, pesquise sobre o curso e veja as avaliações da instituição de ensino superior no MEC.

Existem faculdades privadas oferecem ótimos descontos e ingresso sem burocracia, com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou vestibular próprio. Dê uma olhada em algumas instituições bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, no ensino presencial e a distância:

Leia também: Descubra quanto ganha um profissional de TI

E você, já escolheu qual dessas graduações quer ingressar? Compartilha com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin