dcsimg

O que faz um analista de sistemas?

Descubra em quais áreas um analista de sistemas pode atuar e como é o trabalho deste profissional na prática!

computer_home

O analista de sistemas é um profissional da área de tecnologia da informação (TI) especializado em desenvolver sistemas informatizados capazes de atender às necessidades e objetivos da organização que o contrata.

O mercado de trabalho para este profissional é bastante amplo, pois empresas de qualquer tipo ou tamanho necessitam de programas para controlar suas atividades, despesas e vendas, entre outros.

Conheça um pouco mais sobre como é o trabalho de um analista de sistemas e descubra em quais áreas este profissional pode atuar!

O que faz um analista de sistemas?

O analista de sistemas é o profissional que oferece a solução para um problema através do uso de sistemas de informação. Para isso, precisa entender as necessidades do cliente (conhecer bem seu tipo de negócio) e planejar, desenvolver ou até mesmo customizar sistemas computacionais capazes de executar as tarefas adequadamente.

Para compreendermos melhor como é o trabalho de um analista de sistemas, vamos dividi-lo em quatro grandes áreas:

1. Desenvolvimento de Software

O software é um programa computacional. Entre os mais conhecidos, podemos citar editores de texto, programas de envio de mensagens, aplicativos de celulares e planilhas eletrônicas.

Um software possui uma sequência lógica de instruções que executam tarefas específicas a partir de informações que inserimos nele. O papel do analista de sistemas é criar, planejar e desenvolver programas personalizados para cumprir os objetivos da empresa.

O primeiro passo é fazer o levantamento dos requisitos. O analista trabalha em conjunto com o cliente para identificar quais serão as necessidades dos futuros usuários do sistema. O levantamento de requisitos é de grande importância para orientar o projeto como um todo. Saber exatamente onde se quer chegar torna o trabalho mais eficiente.

Após o levantamento, é preciso fazer a análise dos requisitos. O analista faz um estudo detalhado dos dados levantados anteriormente para criar uma estratégia de solução para o problema e definir quais as atividades o programa vai desempenhar.

A partir daí começa a etapa do projeto. O analista descreve como será a arquitetura do software, a interface para o usuário, a linguagem de programação utilizada, o sistema gerenciador do banco de dados, entre outros.

Com base no projeto elaborado, inicia-se a etapa de implementação, quando finalmente o sistema é codificado conforme as descrições. Após a codificação, o analista realiza testes para avaliar o funcionamento de cada módulo do sistema.

Após os testes, o software está pronto para ser implantado na rede de computadores do cliente. O processo de implantação compreende a instalação do sistema, migração de dados (no caso da existência de um software anterior) e treinamento para os usuários.

Administração de Banco de Dados

O analista de sistemas precisa conhecer o tipo de dados com os quais está lidando e também o objetivo que a empresa quer atingir. Com os parâmetros definidos, desenvolve o banco de dados propriamente dito.

Após o desenvolvimento, o analista precisará instalar e configurar o banco de dados para funcionar junto do software da empresa.

O trabalho do analista de sistemas não se encerra após a instalação do banco de dados. Enquanto o software vai sendo utilizado é preciso fazer um gerenciamento das informações, monitorar seu uso e atualizar o banco de dados fazendo alterações sempre que necessário.

Uma preocupação do analista de sistemas no que diz respeito à administração de banco de dados é garantir a segurança das informações inseridas no software. Para isso, pode contar com tecnologias existentes ou desenvolver seu próprio sistema de segurança.

Administração de Redes

Na área de administração de redes o analista de sistemas gerencia toda a rede de computadores de uma empresa. É o profissional responsável por toda a infraestrutura de TI, realizando a instalação, configuração e manutenção dos sistemas operacionais e software.

Também é de responsabilidade do analista de sistemas cuidar da segurança da rede. Ele deve instalar e parametrizar programas específicos de proteção de dados e também configurar a maneira e frequência com que serão realizados back-ups dos dados existentes.

Suporte

Aliado ao trabalho de desenvolvimento de sistemas está também o de suporte aos usuários.  É de responsabilidade do analista de sistemas fazer constantes atualizações dos softwares para que se ajustem às novas necessidades que podem surgir na empresa.

Ele também escreve manuais técnicos de funcionamento dos sistemas que desenvolver e oferece treinamentos para os futuros usuários

Onde estudar Análise de Sistemas?

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas:

Veja também:

Quanto ganha um analista de sistemas?

Ficou interessado na rotina de trabalho do analista de sistemas? Gostaria de seguir esta profissão? Deixe seu comentário aqui!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin