dcsimg

Quanto ganha um Dentista?

Descubra o salário inicial do dentista e até quanto esse profissional pode ganhar

Close-up with perfect smile

A odontologia é a ciência dedicada à saúde oral. A palavra, de origem grega, significa o estudo dos dentes, mas o objetivo da odontologia moderna vai muito além: ela estuda, trata e previne distúrbios relacionados ao chamado aparelho estomatognático, formado pelas estruturas de toda a face, boca e pescoço.

O odontólogo ou dentista pode atuar como profissional liberal autônomo, empreender seu próprio consultório ou clínica dentária, trabalhar em clínicas e consultórios de terceiros ou empresas ligadas ao ramo odontológico (equipamentos, materiais de consultório, etc.), prestar concurso para órgãos públicos de saúde, ou seguir carreira universitária. A maioria dos dentistas brasileiros opta por ter consultório próprio, de acordo com o Conselho Federal de Odontologia.

O mercado para dentistas é favorável, a carreira é considerada a segunda melhor do país, logo atrás de medicina. A odontologia está entre os cursos mais concorridos do vestibular e a remuneração para esses profissionais costuma estar entre as mais altas do Brasil.

Salário Mínimo Profissional do dentista

O piso salarial dos dentistas que trabalham como empregados em estabelecimentos privados, estabelecido pela chamada “lei dos médicos, de 1961, é de três salários mínimos para até 20 horas semanais, mais 10% a 40% de adicional de insalubridade e outros benefícios e gratificações.

Para dentistas que têm o próprio consultório ou clínica e, portanto, não recebem salário fixo, existem tabelas de referência para a cobrança de honorários para procedimentos de:

  • Diagnóstico
  • Prevenção
  • Odontopediatria
  • Dentística
  • Endodontia
  • Periodontia
  • Prótese
  • Cirurgia
  • Ortodontia
  • Radiologia

Seguem alguns exemplos da tabela de Valores Referenciais para Procedimentos Odontológicos de abrangência nacional:

  • Consulta inicial: R$ 114,43
  • Radiografia panorâmica:R$ 87,56
  • Faceta em resina: R$ 197,57
  • Diagnóstico da Halitose: R$ 405,63
  • Restauração de porcelana: 821,87
  • Aparelho ortodôntico estético: R$ 1.081,52 por arcada

Média salarial do dentista

A renda dos dentistas varia bastante de acordo com a região do País. De acordo com o relatório “Perfil Atual e Tendências do Cirurgião-Dentista Brasileiro” desenvolvido pelo Ministério da Saúde, o Conselho Federal de Odontologia e outras organizações,  maiores remunerações  para dentistas, por hora, são para os profissionais  do Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Acre e São Paulo.

Segundo o levantamento salarial do site de empregos Catho, um dentista assalariado ganha entre R$ 1.300 e R$ 3.647 com média nacional de R$ 3.400.

O valor parece abaixo da média, mas é comum dentistas trabalharem em mais de uma clínica e a pesquisa não menciona a quantidade de horas trabalhadas por mês. Ou seja, na prática, o dentista pode ganhar muito mais!

A pesquisa salarial do Site Nacional de Empregos (Sine) aponta uma média salarial de R$ 8.718 para dentistas com mais de 8 anos de experiência, atuando em organização de grande porte.

Sobre a carreira de Odontologia

A profissão de dentista é regulamentada pela Lei nº 5.081, de 24 de agosto de 1966 e para exercê-la é necessário o diploma em curso superior de odontologia, com aproximadamente cinco anos de duração, e obter o registro profissional no Conselho Regional de Odontologia do estado onde trabalha.

O dentista pode optar por se especializar em uma das 23 áreas reconhecidas pelo Conselho Federal de Odontologia:

  • Odontopediatria
  • Radiologia Odontológica e Imaginologia
  • Dentística Restauradora
  • Dentística
  • Endodontia
  • Prótese Dentária
  • Ortodontia e Ortopedia Facial
  • Ortodontia
  • Implantodontia
  • Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial
  • Prótese Buco-Maxilo-Facial
  • Odontologia Legal
  • Odontologia em Saúde Coletiva
  • Saúde Coletiva
  • Estomatologia
  • Patologia Bucal
  • Disfunção Têmporo Mandibular e Dor Orofacial
  • Odontogeriatria
  • Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais
  • Odontologia do trabalho

Ao se tornar especialista em uma (ou mais) dessas áreas, o dentista pode continuar usando o mesmo registro profissional, pois o registro de especialista não é obrigatório para o exercício das especialidades odontológicas.

Segundo dados atualizados do Conselho Federal de Odontologia, existem quase 270 mil cirurgiões dentistas inscritos nos conselhos regionais em atividade no Brasil. É um dos países do mundo que mais tem dentistas e todo ano chegam mais 15 mil profissionais ao mercado, de acordo com estimativa da Associação Brasileira de Odontologia (ABO).
Apesar de concorrido, o mercado para dentistas é favorável e promissor. O relatório do Ipea “Radar: Perspectivas profissionais – nível técnico e superior”  mostra um ranking com as melhores profissões do Brasil, levando em consideração quatro critérios: salários, jornada de trabalho, taxa de ocupação e cobertura de previdência. A odontologia foi apontada com a segunda melhor profissão, logo depois de Medicina, com salário médio de R$ 5.367, jornada de 38,24 horas semanais, 96,22% de taxa de ocupação e 83,23% de taxa de cobertura previdenciária.

Entre as áreas mais promissoras da odontologia, especialistas citam:

  • Odontologia em saúde coletiva: as vagas para esses especialistas na saúde pública vêm crescendo nos últimos anos.
  • Estética: especialidades como ortodontia, implantologia, dentística restauradora (clareamentos, aumentos, diminuições, correções) e prótese dentária avançaram muito e o mercado está aquecido.
  • Odontologia legal: o odontolegista ou dentista forense ajuda a desvendar crimes, a fazer identificações de corpos e tem papel importante em perícias cíveis e criminais. O mercado tende a crescer, os profissionais geralmente são concursados e os salários são atrativos.

Onde estudar Odontologia?

Selecionamos para você algumas faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Odontologia. Todas elas participam de programas do governo federal de ampliação do acesso ao ensino superior (ProUni e FIES) e têm suas próprias iniciativas que facilitam a vida financeira do estudante, como financiamentos sem burocracia, descontos, convênios e bolsas de estudos.
Confira:

Veja também:

Curso de Odontologia

O que achou do salário do dentista? Vai seguir essa carreira? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin