dcsimg

Quanto ganha um Eletricista?

Descubra o salário inicial do eletricista e até quanto esse profissional pode ganhar

Quanto ganha um eletricista?

O eletricista é um profissional habilitado a fazer instalações elétricas em ambientes residenciais, comerciais e industriais, seguindo normas técnicas e de segurança. Fazer manutenção elétrica e instalar equipamentos eletrônicos também estão entre suas funções.

Os eletricistas qualificados podem trabalhar na indústria, na construção civil, empresas petroquímicas, prestadoras de serviço, em órgãos públicos e como autônomos.

O mercado de trabalho para eletricistas está aquecido e faltam profissionais qualificados para atender a demanda. Com isso, o eletricista com cursos técnicos e de aperfeiçoamento encontra boas oportunidades de emprego.

Piso Salarial do Eletricista

Os eletricistas não possuem um piso salarial único com validade em todo o País. Os sindicatos relacionados à categoria dos eletricistas e àqueles setores onde esses profissionais trabalham têm acordos e convenções coletivas para definir o salário, benefícios, adicionais e pagamento de horas extras para diversas regiões e tipos de empresa.

Seguem exemplos de pisos salariais para eletricistas definidos por alguns sindicatos:

Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção e do Mobiliário de Santos (SP)

  • Trabalhadores qualificados: R$ 1.481,04
  • Trabalhadores não qualificados: R$ 1.074,48

Piso salarial para trabalhadores que prestam serviços na Parada, por hora:

  • Eletricista de Força e Controle: R$ 8,69
  • Eletricista de Manutenção R$ 8,69
  • Eletricista Montador: R$ 8,01
  • Eletricista Qualificado: R$ 11,02

Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Espírito Santo (ES)

  • Eletricista: R$ 1.731,40
  • Eletricista de Manutenção: R$ 1.834,80
  • Eletricista de Força e Controle: R$ 2.266,00
  • Eletricista Montador: R$ 2.131,80

Sindicato dos Oficiais Eletricistas e Trabalhadores na Indústria de Instalações Elétricas, Hidráulicas, Gás e Sanitárias de Maringá (PR)

  • Ajudante: R$ 871,20
  • Meio Oficial: R$ 959,20
  • Oficial A: R$ 1.025,60
  • Oficial B: R$ 1.328,80
  • Sub Encarregado: R$ R$ 1.460,80
  • Encarregado A: R$ 1.806,20
  • Encarregado B: R$ 1.911,80
  • Encarregado Geral: R$ 2.041

Sobre o piso salarial, os trabalhadores do setor elétrico recebem ainda um adicional de 30% de periculosidade.

Salário Médio do Eletricista

O levantamento salarial do site de empregos Catho indica que um eletricista ganha entre R$ 1.008,00 e R$ 2.800,77, com média salarial nacional de R$ 1.695,20. Seguem as médias salariais para algumas funções desempenhadas por eletricistas, segundo o site:

  • Eletricista Industrial: R$ 1.883,94
  • Eletricista de Veículos: R$ 1.692,74
  • Eletricista Eletrônico: R$ 2.524,78
  • Eletricista de Instalações: R$ 1.354,21
  • Eletricista de Força e Controle: R$ 1.994,93
  • Eletricista Montador: R$ 1.652,15
  • Eletricista Montador de Painel: R$ 1.666,97
  • Eletricista Predial: R$ 1.530,61
  • Eletricista de Manutenção Industrial: R$ 2.365,85
  • Eletricista de Ar Condicionado: R$ 1.460,38
  • Eletricista de Empilhadeira: R$ 2.173,50
  • Técnico Eletricista: R$ 2.270,71
  • Meio Oficial Eletricista: R$ 1.264,83
  • Oficial Eletricista: R$ 1.386,61
  • Auxiliar de Eletricista: R$ 1.048,45
  • Mecânico Eletricista: R$ 1.959,01

De acordo com uma tabela de salários publicada pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (SP), a média salarial no Estado de São Paulo é de R$ 1.827,64 para Eletricista I e R$ 2.058,03 para Eletricista II.

Concurso Público para Eletricista

O eletricista pode ocupar cargos públicos em prefeituras, órgãos estaduais e federais. Concursos recentes com vagas para eletricistas, eletricistas de manutenção e técnicos eletricistas oferecem salários iniciais entre R$ 1.000,00 e R$ 2.300,00, mais adicionais, gratificações e benefícios.

Sobre a Carreira do Eletricista

Quem deseja seguir a carreira de eletricista encontra uma grande oferta de cursos de qualificação profissional presenciais e a distância em diversas especializações, como por exemplo:

  • Eletricista Montador
  • Eletricista Instalador
  • Eletricidade Industrial
  • Eletricista
  • Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão
  • Eletricista de Instalações Industriais
  • Técnico Eletricista
  • Técnico em Eletrônica
  • Técnico em Eletroeletrônica
  • Técnico em Eletrotécnica
  • Técnico em Eletromecânica

Instituições como o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) oferecem curso gratuito de eletricista em todo o País e também é possível fazer cursos gratuitos de eletricista pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, o Pronatec.

Entre as atividades desenvolvidas pelo eletricista, podemos citar:

  • Analisar e interpretar desenhos técnicos de fiação e instalações elétricas.
  • Instalar e fazer a manutenção de fios condutores e equipamentos elétricos.
  • Consertar equipamentos elétricos.
  • Fazer a manutenção de maquinário elétrico industrial.
  • Verificar a segurança de equipamentos elétricos.
  • Elaborar orçamentos e projetos de instalações elétricas.

Além de dominar as ferramentas e conhecimentos técnicos necessários para exercer a profissão, um bom eletricista precisa ter características como: saber fazer cálculos e interpretar desenhos técnicos, ter boa comunicação, ter habilidade para solucionar problemas, ser responsável e organizado, trabalhar com segurança e, no caso de eletricistas autônomos, empreendedorismo, bom atendimento ao cliente e capacidade de negociação são fundamentais. Saber usar o computador também está se tornando cada vez mais importante para os eletricistas.

O mercado de trabalho para eletricistas é favorável e está aquecido. Reportagens de diversos jornais e revistas apontam que existe uma carência de profissionais qualificados para atender a demanda em várias regiões do País e diferentes setores da economia.

Dos setores que pagam salários mais altos para eletricistas, a indústria de petróleo e gás e o setor de infraestrutura são destaques. Investimentos nas áreas de telecomunicações, automação industrial e construção civil também contribuem para que eletricistas qualificados consigam uma boa posição no mercado e bons salários.

A empregabilidade é alta para quem faz curso técnico de eletricista, eletromecânica, eletroeletrônica, eletrotécnica, elétrica automotiva e afins. Um estudo do Senai indica que a maioria dos alunos de formação técnica, inclusive eletricistas, já saem do curso com a carteira assinada. Também segundo o Senai, um técnico em eletrônica com dez anos de experiência ganha em média R$ 5.300,00.

Veja também:

Quanto ganha um engenheiro elétrico?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin