dcsimg

Quanto ganha um Piloto de helicóptero?

Descubra o salário inicial do piloto de helicóptero e até quanto esse profissional pode ganhar

helicoptero

O piloto de helicóptero pode optar por seguir a carreira civil ou militar. Na aviação civil, o piloto de helicóptero pode atuar como piloto executivo, piloto de táxi aéreo, piloto offshore (que voa da costa para plataformas de petróleo) ou piloto repórter aéreo. Para seguir a carreira militar, é possível cursar a Escola Preparatória de Cadetes do Ar ou prestar exame para entrar na Academia da Força Aérea.

Não é necessário ter formação superior para seguir a carreira de piloto de helicóptero, mas há uma série de treinamentos teóricos e práticos exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para obtenção da licença para exercer a atividade.

A carreira de piloto de helicóptero está em alta, com bons salários e oportunidades de emprego.

Salário Mínimo Profissional do Piloto de Helicóptero

De acordo com o Sindicato Nacional dos Aeronautas, o piso salarial para a categoria é:

  • Copiloto: R$ 3.256,16
  • Comandante: R$ 3.850,18

Esse valor pode aumentar substancialmente devido a fatores como o tipo de helicóptero pilotado e de contrato de trabalho (piloto executivo, offshore, etc.), adicionais, diárias, periculosidade e gratificações.

Média Salarial do Piloto de Helicóptero

Alguns fatores influenciam o salário de um piloto de helicóptero:

  • Porte da aeronave
  • Experiência do piloto
  • Função desempenhada (comandante ou copiloto)
  • Área de atuação (taxi aéreo, executivo, offshore)

De acordo com sites de escolas de aviação e veículos especializados no setor, um piloto de helicóptero de pequeno porte pode ganhar entre R$ 3.000 e R$ 5.000. O salário do piloto de helicóptero de médio porte pode ser de R$ 5.000 a R$ 15.000 e na área de offshore (pilotos de helicóptero que fazem o transporte da costa para plataformas de petróleo), um comandante ganha cerca de R$ 18.000 e um copiloto, R$ 12.000.

Sobre a Carreira de Piloto de Helicóptero

A profissão de piloto de helicóptero não exige diploma de nível superior (faculdade), mas é necessário passar por uma série de treinamentos teóricos e práticos e prestar exames específicos para cada uma das categorias determinadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

São duas etapas obrigatórias para poder trabalhar como piloto de helicóptero com remuneração: primeiro é preciso conseguir a licença de piloto privado e depois a de piloto comercial.

A licença de piloto privado de helicóptero exige pelo menos 18 anos e ensino médio completo para fazer a formação necessária, composta de aulas teóricas e práticas. Em seguida, o candidato precisa passar no exame da ANAC e comprovar a quantidade necessária de horas de voo para a categoria desejada. Essa licença permite pilotar o próprio helicóptero ou o de outra pessoa, desde que o piloto não receba nenhum tipo de remuneração por isso. Somente pilotos com licença comercial podem ser pagos por seus serviços.

Com a licença de piloto privado em mãos, é preciso fazer um segundo curso de formação, também com aulas teóricas e práticas, passar nos exames da ANAC e comprovar a quantidade de horas de voo exigidas para a categoria. Só então o piloto de helicóptero está habilitado para voar comercialmente.

A formação de piloto de helicóptero, incluindo os cursos e as horas de voo para conseguir a licença de piloto comercial de helicóptero, custa aproximadamente R$ 100 mil.

Inúmeras reportagens de revistas e jornais indicam que a carreira de piloto de helicóptero está em alta, com oportunidades crescentes e salários altos, principalmente nos setores de piloto executivo e offshore. O aumento da frota de helicópteros no país e a exploração de petróleo na camada de pré-sal são alguns dos motivos para uma maior demanda por pilotos de helicóptero.

Veja também:

Quanto ganha um piloto de avião?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin