Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque o curso

    Busque, compare e escolha o curso que vai mudar sua vida.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Na direção do seu sucesso

    Faça o processo seletivo e depois se matrIcule na faculdade.


Carreira

Cumim: o que é, o que faz e quanto ganha

9 de fevereiro de 2024
cumim
Imagem do autor
Escrito porCamilla Freitas

Você já se questionou sobre as figuras ágeis que circulam nos bastidores dos restaurantes, garantindo a fluidez do serviço? Estamos falando do cumim, uma peça essencial que mantém o setor de serviços alimentares em movimento. Mas o que, exatamente, caracteriza esse trabalho, e qual é sua importância nos restaurantes e serviços alimentares?

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Neste artigo, vamos explorar essa carreira, revelando não apenas a definição desta função essencial, mas também sua relevância inestimável no cenário gastronômico. Vamos abordar suas responsabilidades, as diferenças distintas entre este profissional e outras posições, e oferecer dicas valiosas para quem busca se destacar nesta área dinâmica.

O que faz o cumim?

O cumim desempenha um papel crucial na experiência gastronômica, atuando como elo vital entre a cozinha e os clientes. Mas o que exatamente envolve sua função? Suas responsabilidades abrangem desde a preparação das mesas antes da chegada dos clientes até o auxílio no serviço de alimentos e bebidas, além da manutenção da limpeza e organização do salão.

Diariamente, o profissional realiza a mise-en-place, preparando o ambiente de trabalho para os comensais. Isso inclui a verificação e polimento de talheres, copos e pratos, assegurando que os condimentos estejam completos e acessíveis.

Durante o serviço, colaboram com os garçons no transporte dos pratos da cozinha para as mesas e vice-versa, além de reabastecer pães, água e outros itens, sempre atentos às necessidades dos clientes.

Diferenças entre cumim e garçom

Embora cumins e garçons trabalhem juntos para proporcionar uma experiência excepcional, suas funções apresentam diferenças significativas. A principal distinção reside na interação com os clientes e nas responsabilidades atribuídas.

O garçom lida diretamente com o atendimento, tomando pedidos e interagindo frequentemente com os clientes, enquanto o cumim desempenha um papel de suporte, focando na preparação do salão e assistência ao garçom para otimizar seu desempenho.

Qualificações e habilidades essenciais para atuar na área

Para se destacar como cumim, algumas habilidades e qualificações são essenciais. Eficiência, atenção aos detalhes e a capacidade de trabalhar sob pressão são fundamentais. Boa comunicação e habilidades interpessoais são cruciais, dada a natureza colaborativa do trabalho com outros profissionais. Algumas posições podem exigir conhecimentos em enologia, preparação de bebidas e técnicas básicas de serviço.

Embora não seja sempre obrigatória, a formação em cursos de hospitalidade e experiência prévia podem ser diferenciais. Programas de treinamento em serviço ao cliente, juntamente com workshops sobre etiqueta de mesa e conhecimento do menu, são altamente recomendados para quem busca se destacar nesta profissão.

cumim
Imagem de Drazen Zigic no Freepik

Carreira e ascensão profissional

A carreira de cumim não é apenas um ponto de partida, mas sim uma plataforma para inúmeras oportunidades de avanço na indústria de hospitalidade. A progressão pode levá-los a posições de maior responsabilidade, como garçom, maître, gerente de restaurante e até mesmo cargos executivos em operações de maior porte.

A jornada desse profissional em direção a essas posições avançadas é marcada por aprendizado constante e aprimoramento de habilidades. A experiência adquirida no atendimento ao cliente, gestão de tempo e compreensão profunda do funcionamento interno de um restaurante são inestimáveis.

Essas habilidades não apenas enriquecem o trabalho, mas também são altamente valorizadas em outras áreas da hospitalidade, abrindo caminhos para carreiras em hotelaria, turismo e eventos.

Como tornar-se um cumim de sucesso

Para aspirantes a cumins, o caminho envolve uma combinação de educação formal, treinamento prático e desenvolvimento de habilidades interpessoais. Cursos em hospitalidade, turismo ou gestão de restaurantes podem fornecer uma base sólida, assim como programas de certificação específicos para o serviço de alimentos. Ganhar experiência prática em posições de entrada, desenvolver habilidades interpessoais e construir uma rede de contatos são passos cruciais.

Salário e perspectivas de mercado

O salário de um cumim pode variar significativamente, dependendo da localização, tipo de restaurante e experiência do profissional. Embora o salário inicial possa ser modesto, média de 1.198,00, segundo a plataforma Glassdoor, a oportunidade de ganhar mais aumenta com a experiência e a habilidade em proporcionar um serviço excepcional.

O mercado de trabalho na indústria de hospitalidade desempenha um papel crucial, com a demanda por profissionais qualificados influenciando diretamente os salários.

Comparativamente, garçons geralmente têm salários mais altos, devido à maior interação com os clientes e à responsabilidade direta pelo serviço de mesa. No entanto, as variações regionais, o sistema de gorjetas adotado e a estrutura de gestão do restaurante podem impactar essas diferenças salariais.

+ Para alcançar bons salários, é preciso investir em cursos. A boa notícia é que o Guia da Carreira possui parceria com diversas instituições de ensino que oferecem formações com até 80% de desconto. Confira algumas opções:

Cultura e diversidade na profissão de cumim

A indústria de hospitalidade, especialmente nas funções de serviço como a do cumim, destaca-se como um terreno fértil para a promoção da diversidade e inclusão. Este setor acolhe indivíduos de diversos backgrounds culturais, educacionais e sociais, enriquecendo o ambiente de trabalho com uma variedade de perspectivas.

Essa carreira, em particular, oferece uma oportunidade única para pessoas de diferentes origens unirem-se com o objetivo comum de proporcionar uma experiência memorável aos clientes. A diversidade na profissão não se limita a questões de gênero, abrangendo idade, nacionalidade, experiência prévia e formação educacional.

Promover um ambiente de trabalho diversificado e inclusivo beneficia tanto os funcionários quanto os clientes. Equipes mistas tendem a ser mais criativas, resilientes e eficazes na resolução de problemas. Além disso, a inclusão de pessoas com diferentes habilidades contribui para uma cultura mais justa e igualitária, destacando o compromisso com uma sociedade mais ampla e inclusiva.

Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Os mais lidos
Teste de personalidade MBTI: Saiba o que é e como fazer

Teste de personalidade MBTI: Saiba o que é e como fazer

Por Patricia Carvalho em 05/01/2024
Saiba como trabalhar pela internet e onde encontrar vagas

Saiba como trabalhar pela internet e onde encontrar vagas

Por Redacao em 15/09/2022
Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Por Guia da Carreira em 19/01/2022
Currículo profissional: competências, habilidades e modelos

Currículo profissional: competências, habilidades e modelos

Por Guia da Carreira em 20/07/2021
Policial Civil: saiba como se tornar um

Policial Civil: saiba como se tornar um

Por Guia da Carreira em 20/07/2021

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.