Conheça o que se faz em Arquitetura e as áreas de atuação

A arquitetura é um ramo essencial desde os primórdios da humanidade. Ela é definida como o processo técnico e artísticos de projetar casas, edifícios e ambientes. O profissional da Arquitetura é chamado de arquiteto. 

O que faz um arquiteto?

Os arquitetos são os responsáveis por desenhar e elaborar projetos de espaços urbanos, paisagísticos ou interiores, seja para moradia, trabalho, transporte ou lazer. Além de planejar, eles também acompanham a edificação de seus projetos e reformas.

O arquiteto se preocupa com a estética e funcionalidade dos espaços por ele desenhados. No projeto, ele também deve levar em consideração os aspectos históricos, culturais, pessoais e ambientais.

Ao criar a planta de seus projetos, esse profissional é quem define o tamanho de cada ambiente, a disposição de portas e janelas, a posição da iluminação, da ventilação e de objetos. 

Eles também podem atuar na restauração de monumentos e construções históricas, realizar estudos de impactos ambientais e projetar planos pilotos de cidades e bairros. 

De acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), um arquiteto urbanista, paisagista, de edificações, de interiores ou de patrimônio pode desempenhar as seguintes funções:

  • Elaborar planos e projetos associados à arquitetura em todas as suas etapas;
  • Definir materiais, acabamentos, técnicas, metodologias, analisando dados e informações;
  • Fiscalizar e executar obras e serviços;
  • Desenvolver estudos de viabilidade financeira, econômica, ambiental;
  • Prestar serviços de consultoria e assessoramento;
  • Estabelecer políticas de gestão.

Quais as áreas de atuação da Arquitetura?

Os arquitetos têm um ampla área de atuação. Seja trabalhando como autônomo ou em equipes, eles podem atuar nas seguintes áreas:

  • Edificação e construção: área que atua em projetos de edifícios e casa;
  • Paisagismo: área que elabora projetos para ambientes naturais e espaços abertos;
  • Arquitetura de interiores: área que desenha e elabora projetos para ambientes internos;
  • Restauração de edifícios: área que restaura patrimônios históricos e culturais;
  • Urbanismo: área que realiza o planejamento urbano de cidades e bairros;
  • Comunicação visual: área que elabora projetos para vitrines de lojas e ambientes comerciais;
  • Arquitetura verde: área que se preocupa em preservar ao máximo o meio ambiente;
  • Luminotécnica: área que cria projetos de iluminação;
  • Arquitetura industrial: área que realiza projetos para fábricas e indústrias.

Onde o arquiteto pode trabalhar?

O lugar mais comum de se encontrar arquitetos é no setor privado. Eles podem trabalhar em escritórios de arquitetura, atuar em construtoras, instituições ligadas ao patrimônio histórico ou da área ambiental e em consultorias.

No setor público, eles podem acompanhar e fiscalizar projetos de arquitetura, criar normas e atuar no planejamento urbano em prefeituras, secretarias, companhias de saneamento, departamento do engenharia, entre outros.

Na área acadêmica, o arquiteto com mestrado e/ou doutorado pode ministrar aulas e realizar pesquisas em universidades e institutos de pesquisa. 

Quanto ganha um arquiteto?

Segundo os últimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), consultados pelo site Salario.com.br, a média salarial de um arquiteto urbanista no Brasil é de R$ 6.317,82.

A faixa salarial dos arquitetos urbanistas em regime CLT fica entre R$ 5.766,21 (média do piso salarial), R$ 5.988,00 (salário mediana da pesquisa) e o teto salarial de R$ 14.355,13.

Como é o curso de Arquitetura e Urbanismo?

O curso de Arquitetura e de Arquitetura e Urbanismo é uma graduação de nível bacharelado da área de Humanas e tem duração média de 5 anos. Esse bacharelado habilita profissionais a desenhar e planejar espaços urbanos, paisagísticos ou interiores com foco na estética, funcional, ambiental, histórica e cultural.

Durante o curso, o estudante aprende a entender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação à concepção, organização e construção do espaço interior e exterior, englobando o urbanismo, a edificação, o paisagismo, a conservação e a valorização do patrimônio construído, a proteção do equilíbrio do ambiente natural e a utilização racional dos recursos disponíveis.

As disciplinas do curso de Arquitetura têm foco maior em Artes e Humanidades e algumas matérias de Exatas. Confira:

  • Arquitetura de Interiores e Ergonomia;
  • Conforto Ambiental;
  • Cálculo Integral e Diferencial;
  • Estética e História da Arte;
  • Física;
  • História e Teoria da Arquitetura e Urbanismo;
  • Instalações Prediais;
  • Materiais de Construção e Tecnologias;
  • Paisagismo;
  • Patrimônio Histórico e Técnicas Retrospectivas;
  • Planejamento e Gestão de Obras, Qualidade e Segurança na Construção Civil; 
  • Planejamento Urbano;
  • Saneamento e Meio Ambiente; 
  • Sistemas Estruturais;
  • Topografia Aplicada à Arquitetura.

Ao final do curso, os alunos precisam apresentar Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e cumprir a carga de estágio supervisionado obrigatório recomendado pela faculdade, em geral de 120 a 180 horas. Para atuar profissionalmente, ainda é necessário se credenciar no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU).

Onde cursar Arquitetura?

Gostou de conhecer mais sobre a profissão de arquiteto e o curso de Arquitetura? Saiba que, além de escolher o curso, é importante também pesquisar mais sobre a instituição de ensino que você pretende ingressar e ver suas avaliações no Ministério da Educação (MEC).

Existem faculdades privadas que oferecem bolsas de estudos, descontos nas mensalidades e ingresso sem burocracia, com ou sem a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Se interessou? Então, confira estas faculdades bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, no ensino presencial ou a distância:

Leia mais: Quanto ganha um arquiteto? 

E você, já decidiu em qual em instituição cursar Arquitetura? Compartilha com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin