Descubra o que faz um Biomédico

Atualmente, existem mais de 50 mil profissionais de biomedicina registrados nos cinco conselhos profissionais do Brasil. Além disso, o número de matriculados no curso superior de Biomedicina ultrapassa 11 mil entre os mais de 220 cursos em todo o país. Os dados são do Conselho Federal de Biomedicina (CFBM).

Porém, mesmo com tantos profissionais e estudantes da área, é comum surgirem dúvidas a respeito das funções do biomédico e o campo de estudo da Biomedicina, até pelo elevado número de cursos e profissões da área da saúde. Por esse motivo, reunimos os detalhes sobre a formação e a carreira do biomédico.

O que faz um biomédico?

O biomédico é o profissional responsável por desenvolver pesquisas na área da saúde de seres vivos. Dentre suas principais funções, está a de investigar e identificar, por meio da coleta de diferentes tipos de exames, micro-organismos causadores de enfermidades.

Também é o biomédico que estuda formas de tratamento de doenças por meio de soros, vacinas ou até mesmo fórmulas medicamentosas.

Áreas de atuação

Segundo o Conselho Federal de Biomedicina (CFBM), existem nove áreas de atuação para o biomédico. São elas:

  • Análises clínicas: realização de exames, emissão de laudos e supervisão dessas atividades
  • Análises ambientais: elaboração de análises físico-químicas e biológicas para o saneamento do meio ambiente
  • Indústrias: desenvolvimento de soros, vacinas e reagentes
  • Análises bromatológicas: realização de análises físico-químicas e microbiológicas para averiguar a qualidade dos alimentos
  • Biologia molecular: coleta de materiais, análise, interpretação e emissão de laudos
  • Genética: desenvolvimento de pesquisas sobre genética, realização de exames de citogenética e Genética Humana Molecular (DNA), elaboração e emissão de laudos
  • Reprodução humana: atua em embriologia, com manipulação de gametas e pré-embriões, assim como identificação de espermograma e classificação oocitária
  • Citologia oncótica: coleta de material para exames como o Papanicolaou, realização de diagnósticos citológicos e emissão de laudos
  • Banco de sangue: realização de exames pré e pós transfusionais e processamento de sangue e sorologia
  • Imagenologia: operação de equipamentos de tomografia computadorizada, ressonância magnética e radioterapia.

Embora o CFBM não tenha colocado entre as possíveis áreas de atuação, a área de biomedicina estética tem ocupado cada vez mais espaço. Isso tem acontecido porque o esteticista não pode realizar alguns procedimentos estéticos que necessitam do uso de instrumentos cirúrgicos e anestésicos.

O biomédico pode trabalhar, ainda, com perícia criminal junto a médicos e bioquímicos. Também é possível atuar na área de pesquisa em universidades ou institutos de pesquisa.

Mercado de Trabalho

Como uma profissão da área da saúde, grande parte das vagas disponíveis no mercado de trabalho para o biomédico concentram-se em hospitais, clínicas, laboratórios e até mesmo na indústria farmacêutica. Mas também há espaço para esse profissional no setor público e até mesmo em clínicas de estética, já que o biomédico possui habilitação para realizar procedimentos estéticos mais invasivos.

Salário

De acordo com o site de avaliações de empresas e informações sobre salários oferecidas pelos usuários, Glassdoor, o salário médio de um biomédico no Brasil é R$ 3.117,00.

Como se tornar um biomédico?

Para se tornar um biomédico é necessário ter formação na área e, após a conclusão do curso, efetuar um registro no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM). Os conselhos profissionais são os órgãos que regulamentam o exercício das profissões e, por esse motivo, é obrigatório que estar registrado para trabalhar legalmente.

O curso

Com duração média de quatro anos, o curso de Biomedicina capacita profissionais para identificar doenças no organismo humano e pesquisar vacinas e medicamentos para tratá-las.

Para isso, ao longo da graduação os estudantes possuem conteúdos relacionados à área de ciências biológicas. Veja a seguir as principais disciplinas que compõem a grade curricular:

  • Anatomia humana
  • Bioestatística
  • Biofísica
  • Biologia molecular
  • Bioquímica
  • Biossegurança
  • Citologia
  • Coleta de material biológico
  • Embriologia e reprodução humana
  • Fisiologia
  • Farmacologia
  • Genética
  • Microbiologia

O estágio é obrigatório em uma das áreas da Biomedicina. O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) também deve ser entregue e aprovado para que o aluno consiga se formar.

Onde estudar Biomedicina?

O diploma de graduação em Biomedicina é obrigatório para exercer a profissão de biomédico.

Porém, para que ele seja válido em todo o território nacional, é preciso se certificar que o curso escolhido é autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) antes de efetuar a matrícula na instituição de ensino.

A seguir, é possível encontrar algumas opções de universidades e centro educacional que oferecem o curso de Biomedicina de acordo com as diretrizes do MEC. Confira:

Leia também:
Saiba mais sobre o curso de Biomedicina

Preparado para se tornar um biomédico? Responda nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin