Descubra o que faz um consultor de vendas

Está interessado em saber o que faz um consultor de vendas e quais são as responsabilidades desse profissional nos negócios de uma empresa? Neste texto, você vai conhecer um pouco sobre essa carreira, como ingressar no mercado de trabalho e algumas das melhores maneiras de se destacar nessa área.

Quais as funções de um consultor de vendas?

O consultor de vendas é o profissional que tem o papel de fazer a apresentação, negociação e venda dos produtos ou serviços da empresa em que trabalha.

Veja algumas das funções que esse profissional pode exercer na rotina da carreira:

  • Atendimento aos clientes;
  • Informação sobre os serviços, tirando dúvidas e mostrando o que é oferecido;
  • Negociação de preços e contratos;
  • Trabalhar em conjunto e dar suporte a outros profissionais do setor de vendas;
  • Buscar e cadastrar novos clientes;
  • Oferecer e receber propostas de negócios;
  • Procurar formas de divulgação dos produtos e serviços para ampliar alcance e vendas;
  • Enviar relatórios financeiros e notas fiscais.

Cabe ao consultor de vendas também estar por dentro do mercado realizando estudos que identifiquem tendências dos compradores para que empresas se organizem e se adaptem a essas necessidades. Dessa forma, o profissional costuma planejar estratégias e projetos para sempre ter o produto que vende atendendo aos interesses de mercado.

O consultor de vendas possui variadas áreas de atuação. A maior parte delas é na atuação na área comercial e de vendas de empresas dos mais diversos setores. Muitas áreas precisam desse profissional, o que torna o espaço no mercado de trabalho amplo.

Qual é o salário de um consultor de vendas?

Para uma jornada de trabalho de 44h, o salário médio de um consultor de vendas no Brasil é de R$ 1.364,47, de acordo com o site Salario.com.br.

O levantamento foi feito junto ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2020 e mostra toda a extensão de mercado para a profissão de consultor: foram consultados mais de 1 milhão de salários registrados no Caged (1.221.764, no total).

Ainda segundo o site, o teto salarial dessa profissão é de R$ 2.489,86, sempre com base nas remunerações registradas em regime CLT no Brasil.

O que é preciso para ser um consultor de vendas?

Para se tornar um consultor de vendas, é importante ter uma dinâmica de trabalho que envolva bem e de forma eficaz os setores comerciais de uma empresa com os seus clientes e potenciais clientes.

Dessa forma, algumas das principais características que esse profissional deve possuir para se destacar nos negócios e na carreira são foco no processo de vendas, conhecimento e perícia no produto ou serviço que dá consultoria, ter conhecimentos de empreendedorismo e sempre buscar melhorar os negócios e vender mais para um público cada vez maior.

O conhecimento dos principais pilares do Marketing podem ser fundamentais para que o consultor de vendas possa estar sempre se adequando ao mercado profissional e se atualizando de acordo com as demandas da carreira.

Por isso, apesar de não exigir um diploma de ensino superior, é importante que esse profissional tenha uma formação superior para estar por dentro de todas as tendências do mercado. Para a melhor formação técnica e teórica de um profissional da consultoria de vendas, o mais indicado é fazer um curso superior de Marketing.

A graduação pode ser um diferencial para a carreira no meio de um mercado tão extenso. Pessoas com diploma de nível superior têm a tendência de, ao longo de sua experiência profissional, adquirir conhecimentos que são valorizados por empresas na hora da contratação, receber maiores salários e prospectar por cargos superiores ao longo da jornada.

Então, o curso de Marketing pode formar profissionais que buscam se destacar e receber maiores remunerações. Outras opções são os cursos de Gestão Comercial, Comunicação Social e Publicidade e Propaganda.

Como é o curso de Marketing?

Quem busca por uma graduação de Marketing se depara com dois tipos de formação: uma de bacharelado, que tem duração média de quatro anos, e a outra tecnológica, que costuma levar dois anos para ser concluída.

Por ser um curso mais longo, o bacharelado em Marketing passa por disciplinas que não necessariamente estão voltadas para a área, como Sociologia, Filosofia e Psicologia.

Já o curso tecnológico em Marketing, por ser mais rápido, tem disciplinas direcionadas para a formação prática do tecnólogo e voltadas para a inserção no mercado de trabalho.

Veja algumas disciplinas que fazem parte da grade curricular do curso:

  • Código de Defesa do Consumidor;
  • Comportamento do consumidor;
  • Gestão de Marcas;
  • Marketing de Varejo;
  • Marketing Digital;
  • Marketing Social e Ambiental;
  • P’s do Marketing (Produto, Preço, Praça e Promoção).

As graduações de Marketing são encontradas tanto no modelo presencial, com a grande parte das disciplinas em salas de aula, como o semipresencial e a distância, que são oferecidos com poucos encontros presenciais ou totalmente online.

Onde encontrar o curso de Marketing?

Na hora de buscar um curso de Marketing, um estudante se depara com mais de 400 faculdades brasileiras que oferecem essa graduação. Por isso, depois de decidir pelo curso, escolher a instituição onde estudar é um outro desafio.

Por isso, fizemos uma lista com algumas universidades que oferecem o curso tecnológico de Marketing em diversos lugares no Brasil. Todas elas são credenciadas pelo Ministério da Educação, que certifica as instituições que podem emitir diploma. Caso o contrário, os diplomas não teriam validade no mercado de trabalho.

Veja abaixo algumas universidades certificadas:

Além de credenciadas frente ao MEC, as universidades acima oferecem descontos nas mensalidades e vagas para ingresso por programas do governo, como Prouni e Fies.

Leia também:
Marketing
Saiba tudo sobre o curso de Marketing

O que achou da carreira de consultor de vendas? Compartilhe sua opinião conosco nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin