dcsimg

Descubra o que faz um corretor de imóveis

Você está pensando em ingressar na carreira de corretor de imóveis? Neste artigo, você descobre o que faz um corretor de imóveis e como se tornar um. Confira!

O que faz um corretor de imóveis?

O corretor de imóveis ou corretor imobiliário é o profissional responsável por acompanhar transações imobiliárias, desde a escolha do imóvel até o suporte dos processos burocráticos e jurídicos das operações imobiliárias de imóveis residenciais e comerciais.

A profissão de corretor de imóveis foi regulamentada no Brasil em 1962. De acordo com a lei, o corretor é o profissional que pode exercer a intermediação na compra, venda, permuta e locação de imóveis e opinar quanto à comercialização imobiliária.

Na prática, o corretor pode captar, avaliar, vender, comprar e alugar imóveis, cuidar de carteiras imobiliárias, administrar condomínios, providenciar a documentação necessária para as transações imobiliárias.

Entre as atribuições da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) que podem ser desempenhadas pelo corretor de imóveis, estão:

  • Intermediar a compra, venda, permuta, locação e administrar imóveis;
  • Solicitar a documentação para as transações imobiliárias;
  • Entrevistar clientes, pesquisar mercado e captar imóveis;
  • Elaborar estratégias de comercialização;
  • Assessorar os clientes após transação.

Quais são as áreas de atuação do corretor de imóveis?

O corretor imobiliário pode trabalhar em imobiliárias, construtoras, condomínios ou atuar como profissional autônomo. Ele também pode se especializar em um tipo de imóvel, por exemplo em área rural, loteamento, pensão, coworks, e no mercado internacional, auxiliando na transação imobiliária de estrangeiros no Brasil ou de brasileiros no Exterior.

Em resumo, existem cinco áreas de atuação no setor imobiliário:

  • Corretagem de imóveis: cuida da venda, compra e locação de imóveis residenciais, comerciais e de loteamentos;
  • Administração de imóveis: faz a gestão de locações e condomínios e auxilia na resolução de disputas judiciais envolvendo um imóvel;
  • Advocacia na área imobiliária (nesse caso, é necessário ser um advogado);
  • Gestão de fundos imobiliários: gerencia carteiras de investidores na área imobiliária;
  • Prospecção: busca imóveis para construtoras.

Qual o salário de um corretor de imóveis?

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), coletados pelo site Salario.com.br, a média salarial de um corretor de imóveis no Brasil é de R$ 2.147,42 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais. A faixa salarial dos corretores imobiliários vai de R$ 1.400,00 a R$ 6.083,21 mensais.

Os segmentos de empresas que mais contrataram corretores imobiliários nos últimos tempos foram de: corretagem na compra e venda e avaliação de imóveis, corretagem no aluguel de imóveis, gestão e administração da propriedade imobiliária, compra e venda de imóveis próprios, incorporação de empreendimentos imobiliários e construção de edifícios.

O que é preciso para ser um corretor de imóveis?

Para atuar como corretor de imóveis é obrigatório ter registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) – o órgão que fiscaliza o trabalho dos corretores e das imobiliárias – do estado onde atua. Para conseguir o registro, por sua vez, é preciso se formar em um curso de especialização da área imobiliária.

Existem três tipos de curso para quem deseja ingressar na área imobiliária:

  • Técnico em Transações Imobiliárias (TTI): duração de 6 meses a 2 anos;
  • Tecnólogo em Gestão Imobiliária ou Negócios Imobiliários: duração de 2 anos, em média;
  • Bacharelado em Ciências Imobiliárias ou Negócios Imobiliários.: duração de 4 anos.

O perfil profissional de um corretor imobiliário exige uma pessoa comunicativa, persuasiva, paciente, que tenha facilidade com relacionamentos interpessoais, e com habilidades em vendas e negociações.

Onde estudar para ser um corretor de imóveis?

O corretor de imóveis é um profissional que precisa entender um pouco de várias áreas, como da área financeira, jurídica e de marketing. Muitas pessoas se formam em cursos ligados a essas áreas e depois fazem o curso técnico para se especializar como corretor imobiliário.

De acordo com o site Vagas.com, a graduação mais comum dos corretores de imóveis é Administração, seguida por Direito. Além dos cursos mais específicos, como Gestão Imobiliária e Negócios Imobiliários, oferecidos por diversas faculdades, os cursos de Gestão Financeira, Marketing, Gestão de Pessoas e Ciências Contábeis.

Você se interessou por alguma desses cursos? Antes de escolher uma faculdade para estudar, é preciso analisar as avaliações da instituição no Ministério da Educação (MEC), conhecer sua estrutura e comparar suas mensalidades.

Existem faculdades privadas que oferecem ótimos descontos e ingresso sem burocracia, com ou sem a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Veja algumas instituições bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, no ensino presencial e a distância:

Leia também: Conheça a profissão de Negócios Imobiliários

E você, já decidiu qual faculdade vai fazer para se tornar corretor de imóveis?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin