Descubra o que faz um psicopedagogo

Você está pensando se tornar um psicopedagogo? Neste artigo, você entende o que faz esse profissional, como é a sua formação e quais são as possibilidades no mercado de trabalho. 

O que é a Psicopedagogia?

A psicopedagogia é um campo do conhecimento que mescla as ciências da psicologia e pedagogia. De forma bem resumida e simplista, podemos dizer que a Psicopedagogia estuda e se aprofunda no processo de aprendizagem humana. É uma área de conhecimento bastante presente no desenvolvimento intelectual de crianças, adolescentes e adultos, auxiliando e propondo melhorias no processo de aprendizagem. 

Para identificar dificuldades e falhas no processo de ensino, o campo da Psicopedagogia reúne os conhecimentos e diretrizes de outras áreas, como a Pedagogia, a Psicologia, a Antropologia, a Psicanálise, a Neurologia, a Fonoaudiologia e a Psicolinguística.

O que faz um psicopedagogo?

Chamamos de psicopedagogo aquele profissional que atua na área de Psicopedagogia. O psicopedagogo busca compreender o processo de absorção de informações e a construção de conhecimentos dos indivíduos em todas as fases da vida humana. 

A partir dos seus conhecimentos e da sua formação, esse profissional propõe melhorias nos métodos e nas estratégias de ensino. Ou seja, podemos dizer que o psicopedagogo é responsável por prevenir, diagnosticar e tratar problemas e barreiras de aprendizagem.

Muito presentes em instituições de ensino, os psicopedagogos visam analisar a relação entre os professores e o processo de aprendizagem. Essa análise é importante para identificar brechas de melhoria que possam ser aproveitadas para aprimorar o trabalho da instituição e o aproveitamento dos alunos. 

Embora atuem bastante em ambientes escolares, os psicopedagogos também podem atuar de forma clínica. Nesses casos, durante os atendimentos individuais, o psicopedagogo é capaz de identificar dificuldades, problemas e distúrbios no processo de aprendizagem. Essas fraquezas podem ser tanto de natureza emocional quanto de natureza social, física ou mental. A partir dessa análise, esse profissional pode aplicar métodos para a solução ou a prevenção dos problemas.

Qual é a função de um psicopedagogo?

Segundo a legislação que regulamenta a profissão de psicopedagogo, as principais atividades e atribuições desses profissionais são:

  • Intervenção psicopedagógica, visando a solução dos problemas de aprendizagem, com enfoque o indivíduo ou a instituição de ensino;
  • Realização de diagnóstico e intervenção psicopedagógica, mediante utilização de instrumentos e técnicas da Psicopedagogia;
  • Consultoria e assessoria psicopedagógicas;
  • Apoio psicopedagógico aos trabalhos educacionais;
  • Orientação, coordenação e supervisão de cursos de Psicopedagogia;
  • Direção de serviços de Psicopedagogia em estabelecimentos públicos ou privados;
  • Produção e divulgação do conhecimento científico e tecnológico relacionado com a aprendizagem humana.

Onde um psicopedagogo pode trabalhar?

A principal área de atuação dos psicopedagogos é no setor de educação, seja em instituições de ensino públicas ou privadas. No entanto, os profissionais da Psicopedagogia também podem atuar em clínicas e consultórios particulares, assim como prestar assistência psicopedagógica para pacientes em hospitais. 

Essa profissão também está presente em outras áreas, como a de Recursos Humanos. Em setores de RH, por exemplo, os psicopedagogos dão assessoria a empresas, organizações não-governamentais (ONGs) e órgãos públicos. 

Guia da Carreira - professora ajuda aluna em sua carteira em sala de aula

O que é preciso para atuar com Psicopedagogia? 

A Psicopedagogia ainda é uma área nova no mercado de trabalho brasileiro. Hoje em dia já existem cursos de graduação voltados a essa profissão, mas ainda assim é mais comum se especializar nisso. Ou seja, o caminho mais fácil para ser um psicopedagogo é fazer uma pós-graduação direcionada. Dessa forma, nesse caso, o único pré-requisito é já possuir um diploma de nível superior em áreas correlacionadas, como Psicologia, Pedagogia e licenciaturas em geral.

Mercado de trabalho em Psicopedagogia

Como você já viu, o mercado de trabalho em Psicopedagogia tende a se concentrar em escolas e empresas. Contudo, ainda assim trata-se de uma profissão bastante ampla – já que atua principalmente com processos de aprendizagem. E cá entre nós: as pessoas aprendem coisas novas o tempo todo e em diferentes lugares.

Veja só, um psicopedagogo pode trabalhar com:

  • avaliações psicopedagógicas;
  • identificação de dificuldades de aprendizagem;
  • investigação de problemas de assimilação;
  • escolha das melhores intervenções de reversão;
  • uso de metodologias clínicas e pedagógicas;
  • orientação profissional.

Qual é o salário de um psicopedagogo?

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), levantados pelo site Salario.com.br, a média salarial dos psicopedagogos no Brasil é de R$2.493,27. Estima-se que quando o profissional se encontra em um nível inicial, a remuneração pode partir de R$ 1.800,00. No caso de profissionais mais experientes, a remuneração pode ultrapassar R$ 3.500,00.  

Como é o curso de Psicopedagogia?

O curso superior de Psicopedagogia é da área de Ciências Humanas. Ele dura, em média, quatro anos e tem estágio e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) obrigatórios. A grade curricular do curso contempla os campos da psicopedagogia clínica e psicopedagogia institucional.

De acordo com a Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC), o curso de Psicopedagogia deve abordar os seguintes temáticas: “Especificidade e a conceituação da Psicopedagogia”, “Psicopedagogia e as áreas de conhecimento” e “Avaliação e intervenção psicopedagógica”.

 Conheça a seguir algumas disciplinas do curso de graduação em Psicopedagogia:

  • Antropologia Cultural;
  • Bases Neurológicas da Aprendizagem;
  • Bioestatística;
  • Biologia;
  • Bioquímica;
  • Bioética;
  • Filosofia;
  • Orientação Vocacional e Profissional;
  • Políticas Sociais;
  • Psicanálise;
  • Psicolinguística;
  • Psicologia;
  • Psicomotricidade;
  • Saúde Pública;
  • Sociologia.

Onde estudar para ser um psicopedagogo?

Como comentamos anteriormente, o curso de Psicopedagogia ainda é muito novo. Por isso, essa formação não é oferecida em muitas instituições de ensino no Brasil. No entanto, como já dissemos, você pode investir nessa carreira por outros caminhos: como a realização de uma pós-graduação. 

O interessante é que a possibilidade de cursar uma pós-graduação te permite escolher, muitas vezes, se vai estudar presencialmente ou a distância. Além disso, sua área de formação inicial ou seja, sua graduação pode ser bem diversa. Basta estar relacionada à temática de alguma forma, como os cursos de: 

Como escolher a instituição certa?

Antes de escolher uma faculdade para cursar graduação ou pós-graduação, é preciso analisar as avaliações da instituição no Ministério da Educação (MEC). Além disso, é muito importante conhecer sua estrutura, comparar suas mensalidades e refletir sobre seu custo-benefício. 

Existem instituições privadas que oferecem ótimos descontos e ingresso sem burocracia por meio da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou do vestibular digital. Vale a pena conhecer e analisar as possibilidades! 

Confira a seguir algumas dessas instituições bem reconhecidas pelo MEC e descubra que é possível estudar pagando pouco, tanto no ensino presencial quanto no a distância:

Veja também: Conheça a profissão de Psicopedagogia

E você, já decidiu qual curso quer fazer? Comente sua escolha nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!