dcsimg

Descubra o que faz um técnico de Enfermagem

Não é todo mundo que conhece o que faz um técnico de Enfermagem e o papel que desempenha nos hospitais e instituições onde atua. É preciso saber que esse profissional tem função fundamental na área da saúde e colabora com os demais envolvidos.

Além disso, a demanda por profissionais da saúde tem aumentado devido ao crescimento de redes hospitalares e ao desenvolvimento de políticas públicas na área. Por isso, neste artigo, você vai entender como atua o técnico de Enfermagem.

O que faz o técnico de Enfermagem?

Primeiramente, é preciso entender que a área da Enfermagem conta com três tipos de profissionais: o técnico de Enfermagem, o auxiliar de Enfermagem e o enfermeiro, cada um com sua formação distinta.

Esses exercícios profissionais são regulamentados pela Lei Nº 7.498/86 do Decreto Nº 94.406/87. A legislação define que a atuação de cada um dos três é complementar, sendo que todos integram a equipe de saúde e são responsáveis por promover a educação em saúde. Mas a lei também aponta as diferenças e especificidades de cada.

Segundo o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), a função do técnico de Enfermagem é estar presente e acompanhar o enfermeiro na organização e planejamento das atividades de atendimento e assistência. Esse profissional também tem importante papel na atuação do cuidado a pacientes que apresentarem um quadro de estado grave no hospital e no atendimento a pacientes no pós-operatório.

O enfermeiro coordena o processo, por isso o técnico deve estar presente para dar assistência necessária à enfermagem. O técnico também participa de atividades de prevenção, programas de segurança do trabalho e higiene e de assistência integral à saúde.

Os técnicos de Enfermagem podem atuar em hospitais, prontos-socorros, centros cirúrgicos e Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

O que o técnico de Enfermagem pode fazer?

Veja a lista de alguns dos procedimentos médicos que os técnicos de Enfermagem podem ficar encarregados durante os atendimentos:

  • Administrar remédios e medicamentos;
  • Assistência a médicos em plantão;
  • Assistência a pacientes em recuperação;
  • Auxiliar o enfermeiro com diversas funções de rotina, como o planejamento do setor;
  • Coleta de materiais para exame;
  • Cuidados de pré e pós-operatório;
  • Desinfetar e Esterilizar materiais e equipamentos hospitalares;
  • Manutenção da limpeza do ambiente;
  • Preparo de pacientes para exames;
  • Primeiros socorros;
  • Vacinação

Quanto ganha um técnico de Enfermagem?

De acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, o técnico em Enfermagem tem uma média salarial de R$ 1.782,87 no Brasil. O estado onde os profissionais recebem o maior salário é São Paulo: R$ 3.093, em média.

O que é preciso para ser um técnico de Enfermagem?

Para se tornar um profissional de nível técnico de Enfermagem, é preciso ter a formação no curso de nível técnico, ou seja, nível médio, e ter a idade mínima de 17 anos completos. O curso técnico é profissionalizante, então o estudante precisa já ter o Ensino Médio completo para ingressar na formação. Ela dura de 1 ano e 8 meses (20 meses) a 2 anos (4 semestres).

Além da curta duração, possui uma outra característica que atrai muitos alunos. Por ser profissionalizante, está focado em formar o profissional para poder atuar diretamente no mercado de trabalho após a sua conclusão. Por isso, os formados podem conseguir de forma rápida um emprego.

O curso técnico de Enfermagem

O curso técnico de Enfermagem vai preparar profissionais para, sob liderança e planejamento do enfermeiro, realizar ações e cuidados de enfermaria. As aulas serão voltadas a capacitar o estudante para, assim que concluir o curso, estar apto a trabalhar com casos e situações médicas de alta e média complexidade.

Os cursos devem ser ministrados por instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), caso contrário o diploma não terá validade para o exercício da profissão. Durante a formação técnica, é obrigatório que os estudantes cumpram uma carga horária de, em média, 600 horas de estágio.

Os cursos é oferecido na modalidade presencial, que é o mais tradicional e conhecido por quem pretende ingressar em carreiras nessa área. No entanto, há quem precise de horários mais flexíveis na rotina, que podem ser encaixados com os cursos de educação a distância (EaD), que também é ofertado.

São diversas as disciplinas que fazem parte da grade curricular, todas voltadas para a área da saúde. Veja alguns dos assuntos mais recorrentes nos cursos:

  • Anatomia e Fisiologia Humana
  • Bioética
  • Clínica Médica
  • Enfermagem Cirúrgica
  • Enfermagem em Emergências
  • Enfermagem em Pacientes Críticos
  • Farmacologia
  • Fundamentos de Enfermagem
  • Microbiologia e Parasitologia
  • Relações Humanas
  • Saúde Coletiva
  • Saúde da Criança e do Adolescente
  • Saúde da Mulher
  • Saúde do Idoso
  • Saúde Mental

Quanto custa um curso técnico de Enfermagem?

Um curso técnico de Enfermagem tem mensalidades que variam de universidade para universidade. Na modalidade EaD, em média, os alunos devem desembolsar cerca de R$ 380 por mês para fazer a formação. Para os cursos presenciais, os valores tendem a variar entre R$ 300 e R$ 600, a depender da instituição e da localidade onde são oferecidos.

Onde estudar?

Os cursos técnicos de Enfermagem geralmente são oferecidos em centros de formação técnica e profissional que possuem escolas na área da saúde. Em todo o Brasil, há hospitais que também oferecem a formação.

É sempre importante lembrar que os estudantes precisam estar atentos na hora da pesquisa por alguma instituição. Elas devem ser credenciadas junto ao Ministério da Educação para que o curso tenha valor profissional.

Vale ressaltar também que o curso é de nível técnico. Há quem procure pela graduação em Enfermagem para ter a formação superior de enfermeiro.

O investimento para fazer o curso não é muito maior e o grau de bacharelado pode abrir ainda mais portas para o estudante se inserir no mercado de trabalho. Veja algumas faculdades de Enfermagem que possuem certificado de qualidade do MEC:

Cursar uma dessas faculdades pode ser a oportunidade para ingressar no mercado de trabalho!

Saiba mais:
Enfermagem: saiba sobre a carreira e onde cursar
Quanto ganha um enfermeiro?

Está interessado no curso técnico de Enfermagem ou na graduação? Compartilhe com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin