Descubra o que faz um zootecnista

Está procurando sobre o curso de Zootecnia e quer saber o que faz um zootecnista? Para quem gosta de trabalhar com animais, essa é uma profissão que pode ser interessante para seguir.

Mas ela vai além do gosto pelos bichos, e você vai ficar por dentro dessa carreira agora!

O que faz um zootecnista?

O zootecnista é responsável pelo cuidado com a saúde do animal e ajuda na prevenção de doenças que possam afetar as espécies. O profissional é preparado para trabalhar com qualquer tipo de animal. No campo pode trabalhar com técnicas para aumento de produtividade do animal e prevenção de doenças de rebanhos agrupados pelos produtores.

É função do zootecnista dar as melhores condições de vida para um animal, zelando pela sua saúde e bem-estar. É responsável pela alimentação e nutrição dos bichos para que se desenvolvam com saúde e equilíbrio de peso. Outro papel fundamental na carreira do zootecnista é o trabalho com a genética, sempre buscando o melhoramento para que a produtividade seja melhor e mais eficiente.

Até com produção de animais para corte, a função do zootecnista é trabalhar para que o abate seja um processo com o mínimo de sofrimento possível para o animal e não afete a qualidade da carne que será comercializada, agregando valor ao produto.

Áreas de atuação e mercado de trabalho do zootecnista

No Brasil, as três principais regiões do mercado de trabalho da Zootecnia são Centro-Oeste, Sul e Sudeste. Enquanto no Centro-Oeste os profissionais trabalhando em sua grande parte no campo, devido à grande concentração de fazendas que se destacam na produção pecuária.

Já no Sul e Sudeste brasileiros, as principais oportunidades profissionais são em laboratórios, empresas de exportação de produtos agropecuários e frigoríficos.

As áreas de atuação são diversas. Veja alguns exemplos de como o zootecnista pode atuar e tem mais espaço no mercado de trabalho:

  • Nutrição e desenvolvimento de alimentos para animais de produção, domésticos e silvestres;
  • Genética animal;
  • Cadeia produtiva do agronegócio;
  • Vacinação;
  • Controle e gestão de propriedades rurais;
  • Administração agropecuária;
  • Pesquisas laboratoriais;
  • Ensino da produção animal.

Quanto ganha um zootecnista?

Os salários dos zootecnistas costumam ser altos. Segundo o Salario.com.br, o zootecnista ganha, em média, R$ 4.579,77 por mês. A pesquisa realizada pelo site usou como base a remuneração de 323 profissionais registrados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) em 2020.

O levantamento ainda mostrou que o piso é de R$ 4.179,90 e o teto salarial é de R$ 13.780,70 por mês para profissionais no Brasil com carteira assinada em regime CLT.

O que é preciso para ser um zootecnista?

A profissão de zootecnista foi regulamentada há mais de 50 anos pela lei 5.500 de 1968, que dá as diretrizes para o exercício profissional.

Além de ter afinidade e gostar de trabalhar com os animais, o zootecnista precisa ter um diploma de nível superior em Zootecnia para poder exercer a profissão. O curso vai dar a base de conhecimento técnico e prático para o profissional poder se qualificar para se encaixar no mercado de trabalho e se destacar na carreira.

A lei também autoriza profissionais da Agronomia e da Medicina Veterinária a atuar como zootecnistas.

Como é o curso de Zootecnia?

Há mais de 50 anos, o curso de Zootecnia foi criado e deixou de ser apenas uma parte das disciplinas dos cursos de Agronomia e Medicina Veterinária.

O curso tem a duração média de cinco anos e tem disciplinas gerais e específicas da área. Entre as matérias, estão essas:

  • Administração e Desenvolvimento Rural;
  • Anatomia;
  • Biologia;
  • Fertilidade e Conservação do Solo;
  • Genética;
  • Melhoramento Genético;
  • Produção Animal;
  • Química;
  • Zoologia.

As faculdades de Zootecnia precisam ser reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) para que possam emitir os diplomas que tenham validade no mercado de trabalho. O Guia da Faculdade, avaliação que classificou mais de 12 mil cursos de diversas áreas no Brasil, deu a nota máxima (5 estrelas) para três universidades públicas. São elas:

  • Universidade de São Paulo (USP) – Pública
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV) – Pública
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) – Pública

As principais diferenças de Zootecnia e Medicina Veterinária

Um médico veterinário pode atuar legalmente como um zootecnista, mas as duas profissões são diferentes, principalmente pela formação de ambas.

As principais diferenças da carreira de um zootecnista para um médico veterinário são que, na Medicina Veterinária, o profissional está focado diretamente na saúde do animal, com atendimentos clínicos, cirurgias e medicações. Já a Zootecnia está empenhada na produtividade para que os produtores tenham maior rentabilidade com os animais.

Onde estudar Medicina Veterinária?

É muito comum que estudantes optem por realizar o curso de Medicina Veterinária por ter uma grade mais ampla, que tem a disciplina de Zootecnia como parte de sua formação. Isso torna essa graduação mais popular que o curso que forma especificamente o zootecnista.

Entre as universidades que oferecem o curso de Medicina Veterinária, é possível destacar algumas privadas que também possuem autorização do MEC e estão localizadas em diversas regiões do Brasil.

O curso de Medicina Veterinária também tem duração média de cinco anos e disciplinas voltadas para o cuidado animal.

Leia também:

Qual a diferença entre Zootecnia e Veterinária?
Curso de Zootecnia

O que achou da profissão de zootecnista? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin