dcsimg

Ranking das faculdades: Veja as melhores e qual fazer!

Deseja iniciar o curso superior, mas está em dúvida por qual faculdade optar? Então confira nosso artigo, pois criamos um ranking de faculdades para você saber quais são as melhores opções do Brasil!

O Ministério da Educação (MEC) divulgou em dezembro de 2018 o IGC (Índice Geral de Cursos) das universidades brasileiras, o principal indicador de qualidade das faculdades do país.

A nota do IGC varia entre 1 e 5. As universidades que obtiveram notas 4 ou 5 são consideradas excelentes, já aquelas com notas abaixo de 3 são consideradas insatisfatórias.

De acordo com o relatório divulgado pelo MEC, mais da metade das faculdades conseguiu nota 3 em seus cursos, 36,3% dos cursos tiveram nota 4 e somente 2,3% conseguiram nota máxima.

Abaixo apresentamos o ranking das melhores faculdades do país, com base na avaliação do MEC. Confira!

Ranking das melhores faculdades do Brasil

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) conquistou o primeiro lugar, mantendo assim a mesma posição do ano passado. Além disso, no ranking da revista Times Higher Education (THE), a Universidade conquistou o posto de instituição de ensino superior mais prestigiada da América Latina.

Universidade Federal de Campinas

Estado – São Paulo

Quantidade de cursos avaliados – 68

IGC – 5

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Estado – Rio Grande do Sul

Quantidade de cursos avaliados – 64

IGC – 5

Universidade Federal de Minas Gerais

Estado – Minas Gerais

Quantidade de cursos avaliados – 69

IGC – 5

Universidade Federal de Santa Catarina

Estado – Santa Catarina

Quantidade de cursos avaliados – 80

IGC – 5

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Estado – Rio de Janeiro

Quantidade de cursos avaliados – 84

IGC – 5

Universidade Federal de Viçosa

Estado – Minas Gerais

Quantidade de cursos avaliados – 63

IGC – 5

Universidade Federal de São Carlos

Estado – São Paulo

Quantidade de cursos avaliados – 56

IGC – 5

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Estado – São Paulo

Quantidade de cursos avaliados – 151

IGC – 5

Universidade Federal de Lavras

Estado – Minas Gerais

Quantidade de cursos avaliados – 27

IGC – 5

Universidade Federal do ABC

Estado – São Paulo

Quantidade de cursos avaliados – 22

IGC – 5

Como é calculado o IGC

Como podemos perceber, o IGC é o índice que define a posição da faculdade no ranking. Para definir o conceito IGC de uma instituição, o MEC considera a média do CPC (Conceito Preliminar de Curso) dos últimos 3 anos, um indicador que avalia a qualidade de todos os cursos de graduação de uma faculdade.

Além disso, o MEC avalia o número de alunos matriculados em cada curso de graduação e leva em consideração a nota obtida na avaliação da CAPES, referente aos programas de pós-graduação stricto sensu, dos últimos três anos. A nota do IGC é determinada também em função da distribuição de alunos entre cursos de graduação e pós-graduação.

Ou seja, o IGC, índice que define a posição da faculdade no ranking de melhores universidades, trata-se da média das notas de todos os cursos oferecidos pela universidade (graduação, mestrado e doutorado).

A importância da nota do MEC

Escolher uma faculdade que tenha obtido uma nota boa no IGC é a garantia que você tem de que aquela instituição oferece qualidade de ensino. Além disso, apenas faculdades reconhecidas pelo órgão podem emitir diplomas válidos.

O MEC é o órgão federal responsável por garantir que as escolas e universidades brasileiras ofereçam um bom ensino. Quando a instituição não possui a autorização do MEC, os certificados e diplomas emitidos por ela não têm validade.

Como ingressar na faculdade

Agora que você já sabe quais são as melhores faculdades de acordo com o MEC e como essa avaliação é feita, chegou a hora de escolher em qual universidade estudar.

A maioria das instituições listadas acima são universidades públicas e para estudar nelas é necessário fazer o Enem ou realizar o vestibular da faculdade.

Entretanto, sabemos como é difícil ingressar em universidades públicas, já que é necessário reservar muitas horas de estudo para realizar a prova exigida, além de haver uma enorme concorrência.

Se você também se preocupa com isso e quer garantir seu ingresso em uma faculdade, saiba que existem boas opções de instituições particulares. Nelas, além de você ter a opção do ingresso direto, você ainda pode conseguir bolsas e auxílios financeiros!

Como funciona o ingresso direto em faculdades particulares

Para entrar na faculdade por meio do ingresso direto, é necessário, primeiro, fazer o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Após realizar o Enem, você precisa aguardar a publicação dos resultados e, assim que a sua nota for divulgada, ir até a instituição privada de seu interesse.

Caso a nota obtida seja igual ou maior que a nota mínima exigida pela faculdade, você poderá iniciar seu curso. Basta fazer a matrícula e começar a estudar!

Muitas pessoas têm receio de estudar em faculdades particulares devido às altas mensalidades, porém, se este é o seu caso, fique tranquilo(a), existem muitas instituições bem avaliadas pelo MEC e que oferecem cursos a preços acessíveis.

Opções de faculdades particulares que aceitam o ingresso direto

Abaixo, listamos algumas opções de faculdades que foram bem avaliadas pelo MEC e possuem mensalidades acessíveis. Além disso, estas instituições possuem programas próprios de bolsas e descontos em mensalidades. Confira!

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Vários estados

IGC – 3

Cruzeiro do Sul Educacional (presencial)

Estado – São Paulo

IGC – 4

Cruzeiro do Sul Virtual (a distância)

Estado – São Paulo

IGC – 4

Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS)

Estado – Minas Gerais

IGC – 3

Veja também:

Conheça as melhores faculdades do Brasil de acordo com o MEC

Melhores Faculdades de Engenharia Civil

Agora que você já conhece o ranking de faculdades do Brasil e já compreendeu que é possível estudar na faculdade particular pagando pouco, conte para nós onde pretende iniciar seu ensino superior. Deixe seu comentário aqui embaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin