dcsimg

Descubra o que faz o técnico em Enfermagem

O técnico em Enfermagem é um profissional fundamental na área da saúde, pois ele atua em contato direto com a população em momentos de atendimento em hospitais e instituições do segmento.

Com o crescimento e melhoria das redes hospitalares, a área de Enfermagem como um todo vem ganhando bastante espaço nos últimos anos. Isso significa que cada vez mais a demanda por profissionais qualificados está aumentando.

O interessado em ingressar na área pode realizar seu objetivo por intermédio de três tipos de cursos diferentes: o técnico, o auxiliar e o superior.

No artigo de hoje, falaremos sobre a primeira opção, o técnico em Enfermagem.

O que faz um técnico de enfermagem?

De forma resumida, o técnico em Enfermagem é responsável pela atuação em funções básicas de manutenção e prevenção da saúde. Uma de suas principais tarefas é fornecer o devido suporte para os enfermeiros durante os cuidados com os pacientes, o que pode incluir:

  • Planejamento e execução de serviços relacionados à assistência de pacientes
  • Cuidados com pacientes em estado grave
  • Garantir a higiene e segurança do local de trabalho

Embora o técnico de enfermagem seja um profissional de nível médio, é importante comentar que essa modalidade de curso, o técnico, é um dos tipos mais populares entre os interessados na área da saúde.

Isso acontece pois a formação é relativamente rápida, durando cerca de dois anos, sua taxa de empregabilidade é alta e seu salário é bem interessante para quem está começando uma carreira profissional.

Na maior parte, os empregadores mais comuns são centros cirúrgicos e unidades de terapia intensiva.

Quais as modalidades do curso técnico de enfermagem?

Além do formato presencial, que é o mais tradicional e conhecido pelos interessados no curso, vem ganhando bastante força a modalidade a distância.

Veja alguns pontos sobre cada tipo e escolha aquela que melhor se encaixa na sua rotina:

A distância: por meio de uma plataforma digital, o aluno interage com seus colegas, professores e tutores e também consome todo o material didático do curso, que pode variar de videoaulas, fóruns de discussão até indicações de leitura. Embora a maior parte do curso seja feita pela internet, o aluno vai precisar comparecer até o polo físico em determinados momentos, para realizar provas, apresentar trabalhos e até mesmo ter alguma disciplina específica.

Presencial: um dos formatos mais tradicionais e mais conhecidos, no qual o estudante frequenta as salas de aula ao longo da semana no período da manhã, tarde ou noite.

O que se estuda no curso técnico em Enfermagem?

Antes de mais nada, é preciso saber que o curso técnico em Enfermagem precisa ser concluído em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. Além disso, é necessário a idade mínima de 17 anos e ensino médio completo.

Durante o curso, o aluno terá contato com diversas disciplinas relacionadas à saúde, entre elas estão:

  • Anatomia e Fisiologia Humana
  • Bioética
  • Clínica Médica
  • Enfermagem Cirúrgica
  • Enfermagem em Emergências
  • Enfermagem em Pacientes Críticos
  • Farmacologia
  • Fundamentos de Enfermagem
  • Microbiologia e Parasitologia
  • Relações Humanas
  • Saúde Coletiva
  • Saúde da Criança e do Adolescente
  • Saúde da Mulher
  • Saúde do Idoso
  • Saúde Mental

Vale lembrar que o estágio no curso técnico é obrigatório e dura, em média, 600 horas.

Qual a diferença entre enfermeiro, técnico e auxiliar?

Como dito no início do artigo, existem três opções para o interessado em ingressar na área da Enfermagem, portanto, é muito importante explicar cada uma das opções, para que não existam dúvidas.

  • Enfermeiro: é o profissional formado na faculdade de Enfermagem, que tem na maioria das vezes duração de cinco anos e é oferecido no grau de bacharelado.
  • Técnico: é o profissional formado em um curso técnico. A duração é de aproximadamente dois anos e requer o ensino médio completo.
  • Auxiliar: é o profissional que concluiu o curso de Auxiliar de Enfermagem, que também requer o ensino médio completo.

Os interessados em trabalhar com Enfermagem têm, portanto, a oportunidade de ir além de um curso técnico. É claro que isso vai depender da disponibilidade de tempo e de recursos, mas uma opção interessante é partir para uma graduação.

Onde estudar?

Os cursos de técnicos e auxiliares podem ser encontrados em centros de formação técnica e em alguns hospitais em todas as regiões do Brasil.

Lembre-se de pesquisar por instituições capacitadas e credenciadas pelo Ministério da Educação, caso contrário seu certificado não será válido e todo o tempo e esforço investidos será desperdiçado.

Porém, caso você já tenha o grau de técnico ou deseja seguir a carreira de enfermeiro, não existe opção melhor do que realizar um curso superior.

Nesse caso, podemos indicar algumas faculdades que são referência de ensino e contam com o certificado de qualidade do MEC.

Essa é sua chance de ingressar numa área na qual a demanda por profissionais qualificados vem crescendo a cada ano!

Veja também:

Enfermagem: saiba sobre a carreira e onde cursar

Quanto ganha um enfermeiro?

Você se interessou pelo curso técnico em Enfermagem? Compartilhe conosco nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin