Conheça os melhores cursos na área de Psicologia presencial

Para se tornar um psicólogo, é preciso ter uma boa capacidade de comunicação e se interessar pelas relações sociais e pelo desenvolvimento humano. Esse profissional se responsabiliza pelo diagnóstico, prevenção e tratamento de distúrbios mentais, emocionais ou de personalidade, possibilitando a compreensão do comportamento humano individual e de grupo, em diversas instâncias do convívio social.

psicólogo sorridente atende criança com duas carinhas felizesEm um contexto de saúde mental preocupante desencadeado pela pandemia, a Psicologia tem sido cada vez mais buscada, tanto por quem procura atendimento quanto por quem deseja entender mais sobre a área. De acordo com um estudo da USP (Universidade de São Paulo) feito em 11 países, o Brasil é o país com mais casos de ansiedade (63%) e depressão (59%) durante a pandemia de Covid-19.

Como se trata de uma formação voltada à saúde, com muitas aulas práticas, atividades em laboratório e até simulações de atendimento, ainda não existe um curso de graduação em Psicologia EAD no Brasil autorizado pelo MEC (Ministério da Educação). Sendo assim, confira como é o curso de Psicologia presencial e tudo o que você precisa saber para começar os seus estudos!

Como é o curso de Psicologia presencial?

A graduação em Psicologia tem duração de cinco anos e contempla as modalidades de bacharelado e licenciatura. Para exercer oficialmente a profissão, é necessário que o estudante complete o curso superior e obtenha o registro junto ao Conselho Regional de Psicologia (CRP), emitido com apresentação obrigatória do diploma.

O curso oferece uma grade curricular diversa, abordando desde Estatística até Psicanálise. Com o objetivo de analisar o comportamento humano e entender como as pessoas lidam com os sentimentos e com os outros, durante a graduação, é estudado o desenvolvimento psicológico em várias etapas da vida humana (infância, adolescência, fase adulta e velhice). 

O que se estuda em Psicologia?

Ao longo do curso, os alunos estudam as diferentes correntes de pensamento da Psicologia e as possíveis categorias de atuação na área. Além disso, aprendem sobre as características dos transtornos psicológicos, dos distúrbios mentais, emocionais ou de personalidade, estudando formas de preveni-los e tratá-los. 

Nos primeiros anos, há uma carga teórica significativa, apresentando os conceitos, abordagens e técnicas da profissão. Conforme o desenvolvimento da graduação, os alunos passam a realizar cada vez mais atividades práticas, análises de casos, simulações de atendimento e estágios supervisionados obrigatórios, para ter contato com a prática profissional.

Confira abaixo algumas das principais disciplinas estudadas no curso de Psicologia:

  • Antropologia e sociedade
  • Filosofia e ética
  • História da Psicologia
  • Psicologia do desenvolvimento humano
  • Psicologia social
  • Teorias e sistemas psicológicos
  • Bioestatística
  • Metodologia científica
  • Psicopatologia
  • Psicologia e dependência química
  • Saúde, gênero e sexualidade
  • Neuropsicologia

No vídeo abaixo, você pode descobrir mais detalhes sobre o curso de Psicologia e algumas das demandas e possibilidades dessa carreira.

Leia também: As 30 melhores faculdades de psicologia (Ranking)

Quais as áreas de atuação da Psicologia?

A carreira em Psicologia permite muitas possibilidades de atuação, em instituições públicas, privadas, estabelecimentos de saúde, clínicas particulares, empresas, escolas, organizações sociais e até mesmo órgãos de trânsito.

Entre as especializações disponíveis, as principais são:

  • Psicologia educacional ou escolar: voltada ao rendimento dos alunos dentro das salas de aula e às relações desenvolvidas em ambiente escolar.
  • Psicologia organizacional e do trabalho: atuação nas empresas, no que se refere ao recrutamento de funcionários e desenvolvimento pessoal da equipe.
  • Psicologia de trânsito: destinada à aplicação de exames psicotécnicos para futuros motoristas e ao desenvolvimento de ações socioeducativas para condutores.
  • Psicologia social: área que cuida de pessoas em situação de vulnerabilidade social, como idosos, população em situação de rua, crianças e adolescentes em risco ou abandono, detentos, pessoas com deficiência, entre outros.
  • Psicologia hospitalar e da saúde: atuação nos hospitais e outras unidades de saúde, visando ao fortalecimento físico e mental dos pacientes e seus familiares.
  • Psicologia esportiva: trabalha a inteligência emocional dos atletas, diante da pressão e dos desafios que permeiam a rotina esportiva, harmonizando também as relações entre os membros da equipe.
  • Comportamento do consumidor: área que estuda e analisa o comportamento do cliente, atuando em parceria com os setores de marketing e publicidade para o desenvolvimento de campanhas assertivas.
  • Orientação profissional: busca auxiliar jovens e adultos na escolha da carreira profissional, por meio de testes de perfil e avaliações psicológicas.
  • Acompanhamento terapêutico: atendimento a crianças, jovens e adultos, para que possam desenvolver a inteligência socioemocional, melhorar as relações pessoais e a resolução de conflitos.
  • Neuropsicologia: estuda o funcionamento do cérebro e como o comportamento humano é influenciado pelas funções cerebrais.

Quanto ganha um psicólogo?

Segundo uma pesquisa do site Salário, junto a dados oficiais do Novo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), eSocial e Empregador Web, um psicólogo clínico ganha em média R$ 3.008,38 no mercado de trabalho brasileiro, para uma jornada de trabalho de 33 horas semanais. 

A média do piso salarial 2021 para esse profissional, resultante de acordos coletivos, é de R$ 2.745,72, e o teto salarial é de R$ 6.276,36. Porém, como a Psicologia é uma área com diversas formas de atuação, os salários variam conforme a especialização, a experiência profissional e o porte da empresa onde se trabalha.

Segundo a mesma pesquisa, a cidade com mais contratações para esse cargo, e por consequência, com mais vagas de emprego, é São Paulo (SP).

Foi analisado um total de 7.509 salários de profissionais admitidos e desligados entre os meses de setembro de 2020 e agosto de 2021, e durante esse período, foi constatado um aumento de 46.54% nas contratações formais para esse cargo com carteira assinada, em regime integral de trabalho. Ou seja, a área de Psicologia Clínica está com alta demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

Quais os melhores cursos na área de psicologia presencial?

Para escolher uma boa faculdade de Psicologia, você precisa primeiro se atentar a um importante detalhe: se ela é reconhecida pelo MEC. Como o Ministério da Educação desenvolve uma avaliação sistemática e rigorosa de todas as instituições de ensino superior do Brasil, esse é um ótimo indicativo para atestar a qualidade do curso escolhido em determinada faculdade.

Abaixo, listamos 15 faculdades de Psicologia bem avaliadas pelo MEC: 

  • Universidade de Brasília (UNB)
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)
  • Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Universidade Estadual do Ceará (UECE)
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)
  • Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ)
  • Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL)
  • Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
  • Universidade Federal do Acre (UFAC)
  • Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Se nenhuma dessas universidades for viável para você, pela localidade ou pela dificuldade de ingresso, não se preocupe! Para fechar com chave de ouro, indicamos uma excelente instituição de ensino, com preços acessíveis e diversas filiais pelo país: o Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA).

Veja também:

Saiba quais são os melhores cursos de Psicologia do Brasil

E aí, depois deste texto, você decidiu se vai prestar Psicologia mesmo? Conte para nós nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!