Veja o passo a passo de como fazer a inscrição do Encceja

O Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos, Encceja, é uma excelente pedida para quem não terminou os estudos básicos no tempo regular.

Veja mais: Encontre bolsas de estudos de até 80%

O que é o Encceja?

O Encceja é uma prova que avalia as competências e habilidades de pessoas, que por diversos motivos, não terminaram os seus estudos no ensino fundamental ou médio, na idade adequada. 

O Encceja foi criado para que as pessoas que não completaram o ensino fundamental ou médio, tenham a chance de conquistarem o seu diploma. Com ele é possível obter certificação no ensino fundamental e médio por meio de uma prova que mede os conhecimentos gerais.

A prova do Encceja é dividida em dois tipos de certificações, uma certificação para ensino fundamental, que permite a continuidade dos estudos do ensino médio e outra certificação para o ensino médio, que permite a continuidade dos estudos no ensino superior. 

Saiba mais: Encceja 2022: veja o edital publicado pelo Inep

Quem pode fazer o Encceja?

Todos os jovens e adultos que não possuem o diploma do ensino fundamental ou médio. Para aqueles que não concluíram o ensino fundamental, é necessário ter 15 anos ou mais. Enquanto, para os adultos que não terminaram o ensino médio é necessário ter 18 anos ou mais. 

Caso se enquadre em algum desses requisitos, você pode se inscrever na prova do Encceja e conquistar um diploma para comprovar seu nível de escolaridade e avançar nos estudos ou na carreira.

É importante notar que o governo federal não exige o diploma de ensino fundamental para os candidatos que irão realizar a prova de ensino médio, portanto todos aqueles com 18 anos ou mais, podem fazer a prova e obter diretamente o certificado de conclusão do ensino médio e fundamental. 

As provas do Encceja são aplicadas uma vez por ano, e podem ser feitas em todo o Brasil.

A seguir, veja o passo a passo de como fazer a inscrição do Encceja!

Inscrição do Encceja passo a passo

As inscrições do Encceja são gratuitas e feitas totalmente pela internet, geralmente no mês de maio.

Só tem um detalhe: embora seja relativamente simples, ela demanda bastante tempo e atenção por parte dos interessados.

As inscrições são feitas em seis etapas.

Veja em detalhes a seguir:

Etapa 1: Início

Ao acessar o site de inscrição do Encceja, o candidato é solicitado a digitar o número de CPF e a data de nascimento.

A partir da leitura dos dados, é levado a uma outra página, onde começa a inscrição para valer.

Etapa 2: Dados pessoais

Quando você digita o CPF e a data de nascimento, o sistema automaticamente localiza seu nome completo na base do governo federal e o nome da sua mãe.

Você precisa preencher:

  • Sexo
  • Cor ou raça
  • Número de identidade
  • Órgão expedidor da identidade
  • Estado onde a identidade foi emitida
  • Estado Civil
  • Nacionalidade

Na sequência vêm os dados de endereço. O candidato digita o seu CEP e o endereço aparece automaticamente. Ele só precisa indicar o número do local e o complemento, se tiver (apartamento, bloco, lote, etc.).

Etapa 3: Solicitações especiais

Nesta etapa o candidato especifica se precisa se algum tipo de atendimento especializado. Este atendimento é direcionado a pessoas com deficiência, gestantes, lactantes ou com necessidades especiais (equipamentos médicos, etc.)

Se não precisar, basta indicar no sistema e pular para a próxima etapa.

Etapa 4: Provas

Nesta etapa o candidato escolhe o nível de certificação buscado: ensino fundamental ou ensino médio.

No nível médio, ele precisa indicar quais provas gostaria de fazer (é preciso marcar todas, se precisa do certificado geral, ou apenas algumas, se precisar da proficiência em uma área específica).

Na mesma página, ele indica a cidade onde vai fazer as provas e a instituição que deverá emitir o certificado (dentro das opções disponíveis no sistema).

Etapa 5: Questionário socioeconômico

Essa é a parte mais longa da inscrição. A organização do Encceja quer saber tudo sobre sua situação socioeconômica. 

Para isso é preciso preencher obrigatoriamente uma série de questões, que envolvem, por exemplo:

  • Quantas pessoas moram com você.
  • Se a casa onde você vive é alugada, cedida ou própria.
  • Nível de escolaridade do pai.
  • Nível de escolaridade da mãe.
  • Renda familiar.
  • Emprego etc.

Etapa 6: Contato

Aqui basta informar alguns dados básicos de contato, como número de telefone e e-mail.

Nesta mesma tela o candidato precisa cadastrar uma senha, com a qual poderá, mais adiante, acessar o cartão de confirmação da inscrição e os resultados.

Antes de finalizar a inscrição, o sistema pede que o candidato revise todos os dados informados no sistema.

Se precisar de correção, basta ir no campo correspondente e fazer a alteração.

Se estiver tudo certo, confirme e conclua a operação.

Veja mais: Quando e como se inscrever no Encceja 2022

Como é a prova do Encceja?

Para a certificação do Ensino Fundamental os candidatos vão precisar comprovar conhecimento em:

  • Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação
  • Matemática
  • História e Geografia
  • Ciências Naturais

Para o Ensino Médio, as questões são de:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Redação

As provas são compostas de 30 questões objetivas cada uma e são aplicadas em um único dia, em dois turnos: pela manhã e à tarde.

Dependendo do desempenho, os candidatos podem obter certificação total ou parcial. No caso da parcial é dado um certificado de proficiência nas áreas onde obteve boa pontuação.

Saiba mais: Certificado do Encceja: veja como e onde retirar seu certificado

Como usar o Encceja para entrar no ensino superior?

Os candidatos que obtiverem certificação total de ensino médio podem, no ano seguinte, se inscrever no Enem!

O Enem é o próximo passo para dar continuidade nos estudos, e mesmo que seja desafiador, possuir uma graduação oferece benefícios incríveis, e com a nota do Enem isso é possível!

Com uma boa nota no Enem, é possível, por exemplo, concorrer a vagas em instituições públicas pelo Sisu.

Também dá para entrar na disputa por bolsas de estudos integrais em faculdades particulares pelo ProUni, ou financiar os estudos a juros baixos pelo FIES e, mais simples ainda, obter vagas em faculdades privadas sem precisar fazer vestibular.

Caso você não tenha uma boa nota no Enem, ainda sim é possível conquistar uma vaga em um curso de uma faculdade privada. 

Mas como vou pagar o valor do curso? 

Pensando em realizar o sonho dos estudantes terem uma graduação, algumas faculdades privadas oferecem bolsas de estudo de até 80% para alunos que tenham o sonho de mudar de vida e ter uma nova profissão. Tudo isso em faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC.

Que tal começar a explorar algumas delas e já ir programando o seu futuro?

A gente tem algumas boas sugestões. Dê uma olhada:

Entendeu como funciona a inscrição do Encceja? Compartilhe suas dúvidas com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin