dcsimg

Como saber se consegui a isenção do Enem 2020? Descubra!

Será que você vai fazer o próximo Enem de graça? Veja como tentar!

A isenção é um incentivo a mais para quem pensa em participar de um dos maiores exames do Brasil, o Enem.

Em 2020, milhares de participantes vão poder economizar o valor da taxa de inscrição – mas para isso é necessário fazer a solicitação com antecedência.

O processo de isenção dura apenas alguns dias e abre bem antes das inscrições gerais.

A seguir, veja como saber se você conseguiu a isenção do Enem 2020!

Como pedir isenção do Enem 2020

Para pedir a isenção do Enem 2020 o candidato deve acompanhar de perto a divulgação das datas pelo governo federal.

Normalmente o processo acontece cerca de 40 dias antes da abertura das inscrições gerais – em abril, mais ou menos.

As datas exatas saem junto com o edital do Enem 2020. Em março, saberemos com precisão.

No total, o processo de solicitação de isenção dura dez dias.

Nesse período o candidato apto a participar (veja mais adiante) acessa o site oficial do Enem, informa CPF e data de nascimento e preenche todos os campos solicitados (cuidado para não informar dados incorretos).

Depois é só aguardar a divulgação dos resultados.

Veja como saber se você conseguiu a isenção a seguir.

Como saber se consegui a isenção do Enem 2020

Poucos dias depois do fim do período de solicitação de isenção, a organização do Enem divulga os nomes dos selecionados.

Parar saber se você passou é preciso acessar o site do Enem e informar seus dados. A consulta é individualizada e de responsabilidade dos participantes.

Existem duas possibilidades:

Consegui a isenção – Parabéns! Agora só precisa esperar até a abertura das inscrições gerais do Enem 2020, em maio, e se inscrever normalmente para fazer as provas. Ao final, o sistema informa que você está dispensado de pagar a taxa.

Não consegui a isenção – Calma, você ainda tem uma segunda chance! O MEC permite que os alunos que não conseguiram isenção contestem a decisão. Nesse processo são dados alguns dias para que o participante envie documentos complementares necessários. A resposta a essa segunda tentativa sai alguns dias depois. Se receber isenção, basta aguardar as inscrições. Se o pedido for negado, só vai conseguir fazer o Enem 2020 se pagar a taxa.

Quem pode conseguir a isenção do Enem 2020

O benefício da isenção da taxa de inscrição do Enem 2020 não é aberto a todo mundo.

Somente participantes que se encaixam em certos perfis podem solicitar.

Veja se você se enquadra:

  • É aluno regularmente matriculado em escola da rede pública e está no último ano do ensino médio.
  • Cursou todo o ensino médio em escola da rede pública e tem renda familiar mensal bruta de até 1,5 salário mínimo por pessoa.
  • Fez todo o ensino médio em escola da rede privada como bolsista integral e tem renda familiar mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa.
  • Pertence a uma família de baixa renda e possui Número de Identificação Social (NIS) único e válido. A renda familiar mensal bruta deve ser de até 3 salários mínimos ou de até meio salário mínimo por pessoa.

Vantagens de fazer o Enem 2020

As provas do Enem 2020 devem ser aplicadas no mês de novembro. A partir daí começa a contagem regressiva para os processos seletivos que usam as notas do exame para distribuir vagas em faculdades públicas e particulares por todo o país.

Essa é a grande vantagem do Enem!

Conheça a seguir alguns programas que você pode participar:

Sisu – É o famoso processo seletivo que distribui vagas em universidades públicas. Para participar das duas edições que vão acontecer em 2021 é preciso ter feito o Enem 2020, com nota acima de zero na redação.

ProUni – Logo que acabar o Sisu, começa o programa que distribui bolsas de estudos em faculdades privadas por todo o Brasil. Para entrar na disputa é necessário ter feito o Enem 2020 e se encaixar em alguns requisitos de renda e formação escolar determinados pelo MEC. São duas edições por ano.

FIES – Na sequência, quem fez o Enem poderá entrar na busca por uma alternativa econômica de financiar os estudos. O FIES oferece juros baixos e prazo longo para pagamento da dívida em duas edições todos os anos. Aqui há a vantagem extra de poder usar as notas de qualquer edição do Enem a partir de 2010. O programa tem requisitos de renda familiar e desempenho geral no exame.

Ingresso direto – Quem investe no Enem também tem à disposição uma maneira fácil de entrar numa faculdade privada. Com o ingresso direto é possível conquistar vaga em diversos cursos sem fazer vestibular, só com a nota obtida no exame. Um número gigantesco de instituições já aderiu a esse formato.

Independentemente do caminho que você vai escolher para entrar na faculdade, é importante conhecer bem onde você quer estudar.

Procure vaga apenas em instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC. São elas que formam os profissionais mais qualificados para o mercado de trabalho!

Se você ainda não parou para pesquisar, a gente traz algumas boas sugestões de faculdades de qualidade que participam da maioria dos programas do Enem.

Conheça a seguir:

Veja também:

Veja o edital do Enem 2020 e conheça as matérias da prova

Vai tentar a isenção do Enem 2020? Conte para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin