Conheça ótimas faculdades para pessoas da terceira idade

Tem mais de 60? Então descubra alguns locais onde fazer seu curso superior com qualidade!

Tem mais de 60? Então descubra alguns locais onde fazer seu curso superior com qualidade!

A idade já não é mais desculpa para desistir do sonho de fazer uma faculdade. O cérebro é como um músculo: precisa de exercício constante para se manter ativo. E a melhor forma de exercitar, nesse caso, é estudando!

É o que muita gente já está fazendo. De acordo com os dados do Censo da Educação Superior de 2017, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o número de idosos matriculados em cursos de graduação aumentou 46,3%.

A tendência é que esse número aumente, pois o envelhecimento geral da população e o maior acesso às instituições de ensino superior têm criado novas possibilidades para essa faixa etária.

Quem faz parte da terceira idade?

Em geral, são considerados pertencentes à terceira idade as pessoas acima de 60 anos. Com o aumento da expectativa de vida no Brasil, em algumas situações, a idade referencial pode subir para 65 anos.

Por que fazer faculdade na terceira idade?

Pesquisadores garantem: fazer uma faculdade traz inúmeros benefícios a pessoas da terceira idade, principalmente no que diz respeito à atualização de conhecimentos e às chances de construir uma nova carreira.

Sim, o mercado de trabalho já está despertando para o potencial que a maturidade tem a oferecer: experiência, paciência e muita vontade de aprender. Para as próximas quatro décadas, é esperado que o número de brasileiros na terceira idade praticamente triplique, chegando a 25% da população – como acontece hoje em alguns países europeus. Com isso, muita coisa irá mudar no nosso mercado de trabalho, pode ter certeza.

Hoje, com uma oferta tão grande de opções e incentivos aos estudos, só não faz uma faculdade quem não quer. Pessoas da terceira idade podem, inclusive, estudar a distância, de casa, sem ter de se deslocar todos os dias até faculdade, e ainda terminar a graduação com um diploma reconhecido no mercado.

Quais as melhores faculdades para pessoas da terceira idade?

Escolher uma faculdade de qualidade para fazer um curso superior é simples. Tudo o que você tem de fazer é verificar se existe uma unidade ou polo de apoio perto de você e observar a avaliação da instituição junto ao MEC. Essa avaliação é fundamental porque atesta a qualidade de ensino. 

De tempos em tempos, o MEC faz uma análise rigorosa de cursos e faculdades em todo o país. Nela, são avaliados itens importantes, como o grau de formação dos professores envolvidos, os materiais didáticos utilizados, a qualidade das bibliotecas e laboratórios, o desempenho geral de alunos e vários outros. Esses itens são agrupados em indicadores e recebem notas que vão de 1 a 5. Faculdades com avaliações 1 ou 2 são consideradas insuficientes. As que têm notas entre 3 e 5 são as melhores.

Pensando nisso, a gente separou algumas boas faculdades privadas onde você pode fazer seu curso presencial ou a distância em praticamente todo o Brasil:

Quais os melhores cursos para pessoas da terceira idade?

Olha só a imensa diversidade de cursos para a terceira idade que as faculdades brasileiras oferecem:

  • Administração
  • Agronegócio
  • Agronomia
  • Artes Visuais
  • Belas Artes
  • Belas Artes
  • Biblioteconomia
  • Ciência Política
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Ciências Humanas
  • Comércio Exterior
  • Comunicação Institucional
  • Design de Interiores
  • Design Educacional
  • Direito
  • Educação Especial
  • Educação Física
  • Empreendedorismo
  • Energias Renováveis
  • Enfermagem
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia de Produção
  • Estatística
  • Estética e Cosmética
  • Eventos
  • Filosofia
  • Física
  • Fonoaudiologia
  • Fotografia
  • Gastronomia
  • Geografia
  • Geologia
  • Geologia
  • Gerontologia
  • Gestão Ambiental
  • Gestão Comercial
  • Gestão Comercial
  • Gestão da Qualidade
  • Gestão das Organizações do Terceiro Setor
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão de Saúde Pública
  • Gestão Desportiva e de Lazer
  • Gestão Estratégica Empresarial
  • Gestão Financeira
  • Gestão Hospitalar
  • História
  • Hotelaria
  • Letras
  • Logística
  • Matemática
  • Museologia
  • Música
  • Nutrição
  • Pedagogia
  • Processos Escolares
  • Processos Gerenciais
  • Produção Cervejeira
  • Psicologia
  • Psicopedagogia
  • Química
  • Secretariado
  • Segurança no Trabalho
  • Segurança no Trânsito
  • Serviço Social
  • Serviços Jurídicos e Notariais
  • Teatro
  • Teologia
  • Turismo

Dá para fazer bacharelados, licenciaturas (para dar aulas) ou tecnólogos. A duração dos cursos varia de dois a cinco anos, dependendo da escolha.

Lembrando que qualquer curso superior feito em uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) rende um diploma válido no mercado de trabalho. Com isso, o profissional da terceira idade pode tentar vaga na área escolhida e também investir em pós-graduações.

Como entrar na faculdade sendo da terceira idade?

Para muitas pessoas da terceira idade, voltar à faculdade é um desafio e tanto. Primeiro porque é recomendável estar em dia com os conteúdos do ensino médio, algo que muitos viram há bastante tempo.

Depois, porque muita gente tem medo dos vestibulares e do Enem. Quem fez o Enem tem chances de conseguir vaga numa universidade pública ou entrar automaticamente na faculdade particular, sem fazer vestibular.

Para estudar numa instituição pública com o Enem é preciso encarar o Sisu, um dos processos seletivos mais concorridos do país. Vale a nota da edição mais recente. Quanto mais alta, mais chances. São duas edições por ano.

Para entrar automaticamente na particular com a nota do exame, basta informar a nota obtida em qualquer edição a partir de 2010. Se tiver o mínimo exigido, já garante o direito à matrícula.

Só que, na realidade, quem tem 60 anos ou mais pode contar com caminhos mais fáceis de garantir vaga no ensino superior. Muitas faculdades têm reservado vagas para pessoas da terceira idade em alguns cursos. É possível entrar por meio de processos seletivos facilitados, bem mais simples e menos concorridos que os vestibulares tradicionais – às vezes, basta fazer uma redação.

Quem já tem curso superior e quer investir em uma outra formação nesta etapa da vida pode verificar a possibilidade de conseguir vaga por reingresso, sem precisar fazer vestibular. São muitas as faculdades particulares que dispensam o estudante diplomado de fazer vestibular.

Separamos para você algumas faculdades que facilitam o ingresso de quem está na terceira idade e tem sede de conhecimento:

Veja também: Como conseguir uma bolsa de estudos para um curso EAD

Está na terceira idade e pensa em fazer um curso superior? Qual sua opção? Conte para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin