dcsimg

Saiba tudo sobre fazer uma faculdade semipresencial

Entenda por que essa forma de estudar é tão interessante!

Uma das grandes vantagens do ensino a distância é poder escolher entre diferentes formatos de curso.

Tem quem prefira estudar totalmente a distância, na comodidade de casa, e tem que prefira um formato mais híbrido, que permite maior convivência com professores e outros alunos.

É aqui que está o pulo do gato: as faculdades semipresenciais agregam os dois modelos de estudos e conseguem agradar a todo mundo.

A seguir, saiba tudo sobre fazer uma faculdade semipresencial, os cursos disponíveis e as faculdades que oferecem essa incrível forma de estudar!

Como são as faculdades semipresenciais

As faculdades semipresenciais oferecem aos alunos a possibilidade de estudar mesclando dois formatos.

Eles fazem parte do curso com a ajuda da internet, no seu próprio ritmo, acompanhando as aulas por meio de vídeos, lendo livros digitais, testando o conhecimento em testes virtuais, visualizando gráficos e animações e contando sempre com apoio de professores online.

A outra parte é distribuída em encontros presenciais.

Esses encontros acontecem nos polos de apoio ou nas unidades da faculdade.

A frequência dos encontros depende de dois fatores:

  1. O tipo de curso: Algumas graduações naturalmente exigem maior volume de aulas práticas. É o caso, por exemplo, de Arquitetura e Urbanismo, Farmácia ou qualquer graduação em Engenharia.
  2. A procura pelo curso: Cursos com alta demanda, como Pedagogia ou Ciências Contábeis, mesmo que sejam mais teóricos, normalmente têm várias opções semipresenciais disponíveis.

As aulas podem ocorrer duas vezes por semana, uma vez por semana, uma vez a cada quinze dias ou uma vez ao mês.

São muitas as atividades que os alunos podem fazer nesses encontros. Entre as principais, citamos:

  • Aulas em laboratório
  • Prática clínica
  • Realização de provas
  • Apresentação de trabalhos
  • Conferências com professores e especialistas
  • Dinâmicas em grupo
  • Aulas tradicionais

Lembrando que, além desses momentos, os alunos precisam fazer os estágios curriculares de forma presencial.

Como escolher a faculdade semipresencial ideal

Se você vai fazer um curso semipresencial, saiba que isso exige se deslocar até um polo de apoio ou unidade da faculdade de vez em quando.

Por isso é fundamental encontrar uma instituição que esteja perto de você. Como o ritmo de encontros será frequente, é bom evitar deslocamentos muito longos (a menos que não tenha outro jeito!).

Se a frequência presencial for pesada para sua rotina, talvez seja o caso de optar por um curso totalmente a distância.

Nesse caso, o aluno tem a opção de fazer o curso quase sem ter de pisar na faculdade. É tudo feito remotamente, de casa, por meio do ambiente virtual de aprendizagem.

Os encontros presenciais são raros, uma ou duas vezes por semestre.

O detalhe é que apenas as graduações mais teóricas, que não exigem prática em laboratório, podem ser feitas nesse formato.

Algumas faculdades estão utilizando a tecnologia para ampliar as opções aos seus alunos. Muitos deles estão, inclusive, fazendo atividades práticas remotamente com a ajuda de webconferências – uma tendência que cresce bastante por aqui.

Os dois formatos (a distância e semipresencial) são reconhecidos pelo MEC – o que significa que o diploma obtido em um curso EAD permite ao profissional buscar vagas na área escolhida, fazer concursos públicos ou ingressar em pós-graduações.

Cursos oferecidos pelas faculdades semipresenciais

No formato semipresencial tem cursos em grau de licenciatura, bacharelado e tecnólogo.

A gente separou alguns para você conhecer:

Bacharelados semipresenciais

  • Administração
  • Agronomia
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Biomedicina
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Enfermagem
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Civil
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Mecânica
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Nutrição
  • Publicidade e Propaganda
  • Serviço Social

Licenciaturas semipresenciais

  • Ciências Biológicas
  • Educação Física
  • Geografia
  • Letras
  • Pedagogia
  • Química

Tecnólogos semipresenciais

  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Comércio Exterior
  • Estética e Cosmética
  • Eventos
  • Gastronomia
  • Gestão Ambiental
  • Gestão Comercial
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão Hospitalar
  • Logística
  • Marketing
  • Podologia
  • Processos Gerenciais
  • Radiologia
  • Redes de Computadores
  • Serviços Jurídicos, Cartorários e Notariais

Quanto custa fazer uma faculdade semipresencial

As faculdades semipresenciais são um misto do curso a distância e do presencial, mas as mensalidades ficam mais próximas do EAD – ainda bem!

Para você ter uma ideia do que estamos falando, vamos tomar como exemplo o curso de Ciências Contábeis oferecido pela Cruzeiro do Sul Virtual.

No semipresencial, a graduação custa R$ 336. No a distância, R$ 290 – uma diferença bem pequena!

Cursos que obrigatoriamente precisam ser oferecidos no semipresencial e exigem infraestrutura especializada, como Engenharia Civil, saem por cerca de R$ 490 – no fim das contas, bem mais em conta que o presencial.

As faculdades semipresenciais também oferecem bolsas de estudos. O benefício está disponível nas próprias instituições ou em sites especializados.

Quem tiver feito o Enem mais recente e se encaixar no perfil socioeconômico exigido pelo MEC também poderá tentar bolsa pelo ProUni – o que permite ao estudante fazer um curso inteiro sem pagar nada ou pagando apenas metade da mensalidade!

Faculdades que oferecem cursos semipresenciais

No Brasil temos muitas faculdades que oferecem cursos semipresenciais.

Escolher a instituição certa não tem mistério. Busque sempre aquelas que sejam reconhecidas e, de preferência, bem avaliadas pelo MEC.

Quer algumas sugestões para começar? Clique e conheça:

Veja também:

Presencial ou EAD: os diplomas são diferentes? Descubra!

Na sua opinião, fazer uma faculdade semipresencial é uma boa? Conte para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin