Sisu 2020.2: conheça tudo sobre o programa e tente sua vaga

Conheça tudo sobre a segunda edição do Sisu que acontece em 2020!

Iniciar os estudos em uma faculdade pública é o sonho de milhares de estudantes pelo país, e uma das principais portas para transformar esse objetivo em realidade é o Sistema de Seleção Unificada, o Sisu.

Se por acaso você não conseguiu uma vaga ou não se inscreveu na primeira edição de 2020, fique tranquilo!

No início do segundo semestre são abertas novas oportunidades para os estudantes interessados em começar no nível superior.

Para ajudá-lo nesse momento, separamos tudo o que você precisa saber sobre a segunda edição do programa! 

Mas primeiro, iremos esclarecer uma coisa…

O que é o Sisu?

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é o sistema informatizado do Ministério da Educação que foi criado em 2009. Por meio dele as instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Enem.

O programa costuma acontecer em duas edições diferentes ao longo do ano.

Existe Sisu no segundo semestre?

Sim!  Como dissemos logo acima, o Sisu costuma ter duas edições ao ano:

  • Uma no primeiro semestre, com período de inscrições no mês de janeiro, após a divulgação do resultado do Enem
  • Outra no segundo semestre, cujo período de inscrições geralmente ocorre no mês de junho

É importante deixar claro que mesmo quem não participou da edição do início do ano pode se inscrever no Sisu do segundo semestre, já que são duas edições diferentes do processo seletivo.

Portanto, o Sisu do meio do ano tem um edital próprio, com todas as informações importantes sobre o programa. Esse documento deve ser lido com atenção pelos candidatos.

Como participar do Sisu do meio do ano

Para concorrer às vagas do Sisu no segundo semestre, é preciso ter feito a última edição do Enem. Por exemplo, para participar do Sisu 2020.2, é preciso ter feito o Enem 2019.

O único pré-requisito em relação à nota do Enem é não ter zerado a Redação. Logo, não existe pontuação mínima.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do Sisu, dentro do prazo estipulado em cada edição.

O Sisu do segundo semestre também permite que os candidatos optem por vagas de ampla concorrência, reservadas à Lei de Cotas ou de ações afirmativas das próprias instituições públicas.

Os estudantes que não conseguem passar na primeira e nem na segunda opção de vaga, igualmente podem se inscrever em uma lista de espera.

Embora as regras de participação sejam praticamente as mesmas para o Sisu do primeiro e segundo semestre, a edição do meio do ano costuma oferecer um número de vagas bem menor.

Para ter uma noção, em 2018 foram oferecidas mais de 239 mil vagas no primeiro semestre, enquanto no Sisu do meio do ano foram aproximadamente 57 mil.

Datas das inscrições

Se utilizarmos as edições anteriores do programa como referência, as inscrições para o segundo semestre do Sisu 2020 serão as seguintes:

  • Inscrições: 4 a 7 de junho
  • Resultado: 10 de junho
  • Matrícula: 12 a 17 de junho
  • Inscrições lista de espera: 11 a 17 de junho

Os estudantes poderão escolher até duas opções de cursos e deverão indicar a modalidade de concorrência (cotista ou não cotista).

O que é preciso para se candidatar às vagas?

Para se candidatar às vagas, você precisa acessar o site do Sisu, informar o seu número de inscrição no Enem e escolher até dois cursos em universidades públicas. Escolha por ordem de preferência.

Veja também quais são os documentos para efetuar a inscrição Sisu 2020:

  • CPF – Cadastro Pessoa física
  • Comprovante de Registro Acadêmico Online
  • Documento de identificação original com foto, CNH, RG e carteira de trabalho
  • Certificado de conclusão escolar do ensino médio
  • Histórico do ensino médio
  • Comprovante de quitação eleitoral
  • Declaração de não ocupante a uma vaga de nível superior
  • Foto 3×4 recente

Além de todos os documentos necessários para o Sisu 2020 mencionados acima, é preciso que o candidato comprove a ação econômica a qual foi aceita no site, documentos que comprovem toda a ação conforme edital.

Todas as informações sobre o Sisu 2020 podem ser encontradas no site do MEC.

O que fazer se não conseguir ser aprovado no Sisu?

Se por algum acaso você não atingir a nota de corte para o curso desejado, não perca as esperanças! Você ainda tem outras chances de utilizar a sua nota para conquistar uma vaga em uma excelente faculdade!

Pensando nisso, listamos algumas opções de instituições para você se inscrever e começar a estudar.

Essa lista contém algumas faculdades que, além de populares, contam com uma ótima avaliação por parte do Ministério da Educação e também com várias facilidades financeiras, como poder usar sua nota do Enem para conquistar uma bolsa de estudos integral ou até 70% de desconto no valor da mensalidade. Confira:

Chegou o momento de começar a sua trajetória profissional de sucesso!

Veja também:

10 cursos com a maior empregabilidade no mercado

Descubra quais são os tecnólogos mais valorizados

Animado para conquistar uma vaga na faculdade? Compartilhe conosco nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin