dcsimg

Saiba mais sobre a carreira militar no Brasil

Você já pensou em ser Militar ? Salário, ensino de qualidade, oportunidade profissional... a Carreira Militar oferece muitas vantagens que a maioria das pessoas não conhece!

Definição da Carreira Militar

Carreira Militar: Vantagens que muitos desconhecem...

Antes de mais nada, uma pequena definição do que vem a ser um Militar.

Militar, basicamente, é o um integrante de uma organização autorizada a usar a força.

Essa organizações, as Forças Armadas, estão organizadas como Exército, Marinha e Aeronáutica. Elas são fundamentais para a manutenção da segurança e soberania do país.

Agindo em situações de Guerra ou então em missões especiais, as Forças Armadas estão presentes em maior ou menor escala em praticamente todos os países.

Carreira Militar é todo tipo de carreira dentro das Forças Armadas.

Forças Militares pelo Mundo

É interessante lembrar, no entanto, que em alguns países existem forças Militares exclusivas.

Nos Estados Unidos, por exemplo, além do Exército, Marinha e Aeronáutica, existe uma quarta carreira militar: os Marines ou Marine Corps.

Os Marine Corps, considerados por alguns como a principal Carreira Militar Americana, são forças terrestres que originalmente foram criadas para proteger os Navios de Guerra da Marinha.

Esta carreira militar foi gradativamente evoluindo e após a segunda Guerra Mundial tornou-se uma força militar independente.

Ao contrário das outras três carreiras militares Americanas, que tem um forte suporte tecnológico, no caso dos Marines a ênfase é na formação de homens e mulheres que são treinados para serem verdadeiros guerreiros modernos.

Especializados em táticas de invasão, especialmente invasões mar-terra (invasão na qual os soldados desembarcam de barcos), os Marine Corps são uma carreira militar que traz muito orgulho para os Americanos.

Atualmente, a carreira militar dos Marines conta com 172.000 homens e mulheres na ativa e outros 40.000 na reserva, que podem ser convocados a qualquer momento em caso de crise ou guerra.

Forças Armadas em sua Configuração Moderna: Exército, Marinha e Aeronáutica

A Carreira Militar e a Educação

Assim como acontece em muitos países, principalmente no Ocidente, no Brasil o Governo e o comando das Forças Armadas investem muito em Educação.

Aqui no Brasil, dentro da carreira militar, as forças Armadas investem em vários tipos diferentes de formação, indo desde o Ensino Médio até o Nível Superior (faculdades), proporcionando assim uma formação completa pra quem quer seguir a carreira militar.

Confira abaixo, os 3 níveis da carreira militar no Brasil.

Nível 1 da Carreira Militar: As Escolas Preparatórias

O Ensino Médio, dentro do contexto da carreira militar, é representado pelas chamadas Escolas Preparatórias.

Além de concluir o Ensino Médio, quem se forma em uma Escola Preparatória ainda recebe um título de Cadete.

Cada força militar no Brasil,tem as suas próprias Escolas Preparatórias, que estão organizadas da seguinte maneira:

  • Colégios Navais: São as escolas preparatórias da carreira militar da Marinha.
  • Escolas Preparatórias de Cadetes do Exército – ESPCex: São as escolas preparatórias da carreira militar do Exército.
  • Escolas Preparatórias de Cadetes do Ar – Epcar: São as escolas preparatórias da carreira militar da Aeronáutica.

As vagas nestas escolas, consideradas algumas das melhores de todo o Ensino Médio Brasileiro, são muito disputadas.

Além do ensino de qualidade, quem entra na carreira militar através das Escolas Preparatórias recebe  um treinamento militar básico e muito treinamento físico baseado em esportes (natação, futebol, vôlei, etc.).

A carreira militar segue o preceito de que um corpo saudável é tão importante para a educação quanto o ensino em si.

Os cursos nas Escolas Preparatórias são equivalente ao Ensino Médio Civil, e portanto, têm a mesma duração: três anos.

Assim que concluir a Escola Preparatória, o aluno que quiser continuar na carreira militar tem a opção de ser admitido em uma Academia Militar.

Nível 2 da Carreira Militar: As Academias Militares

As Academias Militares, o nível 2 da carreira militar no Brasil, são igualmente disputadas, pois oferecem uma formação técnica para os alunos, possibilitando assim que eles tenham uma profissão.

Além de se formar como profissional e técnico, quem conclui uma Academia Militar ainda recebe um título de Oficial Militar.

As Academias Militares no Brasil, administradas pelas Forças Armadas, estão organizadas da seguinte maneira:

  • Escolas Navais: São as Academias Militares da carreira militar da Marinha.
  • Academia da Força Aérea – AFA: Academia Militar da carreira militar da Aeronáutica.
  • Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN: Academia Militar da carreira militar do Exército.
  • Academias Estaduais da Polícia Militar: São as Academias Militares da carreira militar da Polícia Militar.

Nas Academias Militares, o alunos, além do ensino técnico de altíssima qualidade, recebem também um soldo (a remuneração dos militares), alimentação, moradia, vestuário e assistência de saúde gratuita.

Os cursos nas Academias militares duram em média quatro anos e são realizados em regime de internato (o aluno dorme na escola, mas vai pra casa nos finais de semana e feriados .

Para quem quer uma formação superior na área de Engenharia, a carreira militar ainda oferece uma formação de nível 3, as Escolas de Engenharia Militares, no caso IME e ITA.

Nível 3 da Carreira Militar: IME ( Instituto Militar de Engenharia )

 IME ( Instituto Militar de Engenharia )

O IME (Instituto Militar de Engenharia) é a escola Superior de Engenharia do Exército Brasileiro.

O IME, criado em 1959, foi o resultado da fusão de 2 institutos de Engenharia do Exército que já existiam na época, a Escola Técnica do Exército e também o Instituto Militar de Tecnologia.

Embora oficialmente o IME seja uma parte da carreira militar, ele aceita Civis (pessoas que fizeram o Ensino Médio normal).

O IME oferece gratuitamente vários cursos de Graduação, Pós-Graduação e Especializações. Ele é considerado uma verdadeira referência no Brasil e no mundo, sendo inclusive a terceira escola de Engenharia mais antiga da Era Moderna.

Além de oferecer uma fortíssima formação em Engenharia, o IME também preserva o seu caráter dentro da carreira militar oferecendo muitas atividades esportivas e militares para a formação dos seus Engenheiros.

Além de oferecer cursos de Engenharia, dentro da carreira militar o IME permite que o aluno chegue até o posto de General de Divisão de Engenharia.

Com a duração de cinco anos cada, o IME oferece os seguintes cursos:

Nível 3 da Carreira Militar: ITA ( Instituto de Tecnologia de Aeronáutica )

ITA ( Instituto Tecnológico da Aeronáutica )

O ITA (Instituto de Tecnologia de Aeronáutica) é a escola Superior de Engenharia da Aeronáutica Brasileira.

Assim como aconteceu com o IME, o ITA surgiu a partir da união de várias escolas de Engenharia diferentes da Aeronáutica.

Criado em 1950 pelo alto comando da Aeronáutica para organizar melhor a carreira militar, unificando as escolas, o ITA desde então vem sendo uma grande referência de formação de profissionais da área de Engenharia Aeronáutica (construção de aviões), formando gerações e gerações de projetistas.

Os cursos de Engenharia do ITA estão divididos em 2 fases. Durante o 1° e 2° anos, na primeira fase do curso, os alunos estudam um conteúdo básico e geral de Engenharia, recebendo um salário mínimo, treinamento militar e esportivo básicos.

A partir do 2° ano, o aluno pode optar: seguir o curso do ITA como Civil ou então seguir o curso do ITA dentro da carreira militar.

Os curso de Engenharia para quem faz qualquer uma das duas opções são iguais. A diferença é que quem opta pela carreira militar vai receber instruções e conteúdos extras, tais como aulas de tiro, luta e atividades atléticas mais pesadas. Quem escolher estudar como Civil continua o curso normalmente, só com os estudos, sem a parte física e militar.

Seguindo dentro da carreira militar, ao se formar o aluno recebe, além do diploma de Engenharia, o título de Primeiro-Tenente Engenheiro. Caso opte por continuar ainda mais na carreira militar poderá chegar até o posto de Major-Brigadeiro.

Quem seguir a carreira militar do ITA também poderá optar por trabalhar como engenheiro dentro da própria Aeronáutica, sendo enviado para bases onde irá trabalhar com manutenção de aviões, caças e bombardeiros, teste de armas e também sistemas de defesa, tais como antimísseis ou baterias antiaéreas.

Com a duração de cinco anos cada, o ITA oferece os seguintes cursos:

Você tem vontade de seguir a carreira militar? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin