dcsimg

Saiba até que dia vai a inscrição do Enem 2020

Saiba até que dia vai a inscrição do Enem 2020, confira o cronograma geral do exame e veja onde estudar com a sua nota!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a principal porta de entrada dos alunos brasileiros ao ensino superior. Isso porque a pontuação do exame é utilizada como critério de seleção nos principais processos seletivos do país.

Realizado desde 1988, o Enem 2020 terá uma novidade: o Ministério da Educação começa a implementar o Enem Digital, sistema de provas digitais que serão aplicadas para um grupo restrito de alunos em 15 capitais do Brasil.

Veja no artigo abaixo até que dia vai a inscrição do Enem 2020 e entenda como fazer a sua!

Inscrição do Enem 2020: até quando realizar?

Embora ainda não tenha sido divulgado até que dia vai a inscrição do Enem 2020, é possível ter uma estimativa a partir da edição passada.

Por exemplo: as inscrições do Enem 2019 aconteceram entre os dias 6 e 17 de maio. O pagamento da taxa de inscrição pôde ser feito até o dia 23 de maio.

Como o exame costuma seguir o mesmo cronograma, é esperado que a inscrição para o Enem 2020 aconteça no início do mês de maio e tenha duração média de dez dias.

Cronograma do Enem 2020

Confira o cronograma previsto para o Enem 2020, com as datas que já foram divulgadas:

  • Publicação do edital: março.
  • Pedido de isenção da taxa e resultado: abril. 
  • Abertura e encerramento das inscrições: maio.
  • Divulgação do local de prova: outubro. 
  • Provas digitais: 11 e 18 de outubro de 2020.
  • Provas tradicionais: 1 e 8 de novembro de 2020.
  • Resultado: janeiro de 2021.

Como e onde fazer a inscrição do Enem 2020?

A inscrição do Enem 2020 é feita pela internet, no portal do exame. Veja como fazer a sua:

  • Acesse o site do Inep e vá ao portal do Enem.
  • Entre na Página do Participante e clique em Inscreva-se.
  • Informe o seu CPF e sua data de nascimento.
  • Preencha o formulário com seus dados pessoais.
  • Crie uma senha e guarde. Ela será usada para consultar o resultado e participar dos processos seletivos que exigem a nota do Enem.
  • Informe se você precisa de atendimento especial.
  • Selecione a opção de língua estrangeira desejada: Enem inglês ou Enem espanhol.
  • Informe a cidade onde deseja fazer a prova.
  • Informe seus dados escolares.
  • Preencha o formulário socioeconômico.
  • Finalize a inscrição: após confirmar seus dados, imprima o boleto e faça o pagamento até a data de vencimento.

Em 2020, 50 mil alunos em 15 capitais brasileiras poderão escolher se querem fazer a prova tradicional ou o Enem digital no momento da inscrição.

Quanto custa a taxa de inscrição do Enem 2020?

O valor da taxa de inscrição para o Enem 2020 ainda não foi divulgado. É esperado que seja a mesma quantia aplicada em 2019: R$ 85,00.

Quem pode pedir isenção da taxa de inscrição do Enem 2020?

Veja quem tem direito a solicitar a gratuidade da inscrição do Enem 2020:

  • Alunos que estejam cursando o terceiro ano do ensino médio em escolas públicas.
  • Alunos de escolas públicas ou bolsistas integrais de escolas particulares que comprovem renda mensal de até 1,5 salários mínimos por pessoa.
  • Pessoas que estejam inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.
  • Pessoas que tenham participado do Encceja e conseguido a certificação do ensino médio.

O pedido de isenção de taxa deve ser feito na data estipulada pelo edital, que acontece antes das inscrições para o Enem, normalmente durante o mês de abril. 

O que fazer com a nota do Enem 2020?

Você pode garantir uma vaga em cursos superiores presenciais e EAD em ótimas universidades brasileiras!

Veja quais são os principais processos seletivos que aceitam a nota do Enem 2020:

Sisu

Quem prestar o Enem 2020 e atingir nota acima de zero na redação pode tentar uma vaga em universidade pública por meio do Sisu.

ProUni

Alunos que desejam estudar em faculdades particulares, podem se inscrever no ProUni para concorrer a bolsas de estudos parciais ou integrais.

É necessário alcançar nota acima de zero na redação e 450 pontos nas provas objetivas. Além disso, só pode participar quem se encaixa nos critérios de renda e escolaridade exigidos.

FIES

Quem prefere financiar seus estudos, pode concorrer ao crédito estudantil com juros baixos concedido pelo governo federal por meio do FIES.

Para participar, o aluno não pode zerar a redação e deve atingir a nota mínima de 450 pontos. Também é necessário se enquadrar nos critérios de renda exigidos pelo programa.

Ingresso direto sem vestibular

Uma opção mais prática para ingressar em um curso superior sem precisar prestar vestibular é o sistema de ingresso direto oferecido por faculdades particulares.

Para isso, basta informar a sua pontuação do Enem 2020 durante a inscrição. Caso a sua nota seja suficiente, você pode se matricular na graduação que preferir, exceto Medicina.

O ingresso direto é válido para cursos presenciais e a distância e não tem burocracia: não é necessário atender a nenhum critério de renda para desfrutar do benefício!

Além disso, diversas instituições que trabalham com o ingresso direto também possuem descontos e bolsas a partir da nota do Enem.

Onde estudar com a nota do Enem 2020?

Conheça algumas boas faculdades, reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC, que utilizam o sistema de ingresso direto e ainda disponibilizam descontos:

As faculdades selecionadas também participam de programas governamentais e trabalham com programas próprios de convênios, bolsas e financiamentos sem burocracia!

Veja também:

Fique por dentro das notas de corte do Enem 2020

Saiba quando sai o edital do Enem 2020

Vai se inscrever no Enem 2020? Conte para a gente nos comentários que curso você pretende fazer!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin