Descubra como você pode ser um perito criminal

Saiba como se tornar um perito criminal e entrar nessa carreira repleta de desafios!

Não importa qual seja o local do Brasil onde você esteja, se um crime acontecer, os vestígios devem ser examinados pelo profissional da perícia criminal: o perito.

A necessidade do perito criminal para a elucidação de uma infração legal está respaldada nas leis do nosso país, mas também está muito presente no nosso imaginário. Nos filmes, séries ou na vida real, eles são os profissionais que têm o olho treinado para vasculhar os mínimos detalhes em uma cena de delito.

Os peritos criminais buscam evidências que levem à solução de um crime, um roubo, uma fraude. Para isso, utilizam dos artefatos e técnicas que a ciência e a tecnologia oferecem de melhor.

É uma carreira pra lá de dinâmica, que requer muita inteligência e atenção aos mínimos detalhes. E, em vários locais, conta com um bom salário. Não é por acaso que tem sido tão procurada aqui no Brasil!

Mas você sabe como ser um desses profissionais?

A seguir, descubra como você pode ser um perito criminal e os cursos que vão ajudar a chegar lá!

O que faz o perito criminal?

É trabalho de um perito criminal buscar provas que ajudem a elucidar diversos tipos de crimes e delitos: assassinatos, incêndios, falsificação, tráfico de drogas e de armas, roubo, rapto, etc.

Como os crimes ocorrem das mais variadas formas, existe um amplo leque de atividades específicas para que o perito possa coletar provas e identificar os participantes de um ato ilegal. Para desvendar mistérios, é necessário utilizar diversas ferramentas tecnológicas e científicas.  

Atividades de um perito criminal

Podemos destacar as seguintes atividades no trabalho de um perito criminal:

  • Análise de material genético encontrado em cenas de crime
  • Investigação de documentação em caso de fraudes
  • Extração de dados em computadores e celulares apreendidos em operações policiais
  • Análise de balística
  • Verificação de impressões digitais de suspeitos
  • Emissão de laudos periciais
  • Análise de narcóticos apreendidos

Ser perito criminal é um serviço que exige estudo e atualização constantes das técnicas e procedimentos adotados no mundo todo.

No vídeo a seguir, você confere uma reportagem bem completa contando como é a rotina de trabalho de um perito criminal. Está bem interessante!

Lembre-se: assim como um juiz, o perito criminal somente age quando provocado. Portanto, isso significa que não é seu trabalho buscar provas em qualquer local proativamente, onde não houve declaração de crime pelas autoridades policiais, Ministério Público ou Poder Judiciário.

Onde um perito criminal pode trabalhar?

No Brasil, peritos criminais são funcionários públicos que trabalham nos institutos de criminalística de cada estado e também no âmbito federal. Peritos trabalham muito próximos a policiais, investigadores e delegados. 

O Instituto Médico Legal (IML) utiliza profissionais da  área da perícia, fazendo uma possui uma subdivisão entre: 

  • perito criminal
  • perito médico-legista
  • perito odonto-legista

Lá, são utilizados os conhecimentos de cada um destes profissionais para a elaboração de laudos a partir de um exame em alguém (vivo ou morto) ou coleta e análise de vestígios como vísceras, secreções, DNA, entre outros.

Quanto ganha um perito criminal?

Os salários iniciais para quem entra no serviço público de perito criminal são bem interessantes e acima do que se costuma ver para cargos de nível superior no Brasil. Em média, um perito pode ganhar entre R$6 a R$20 mil mensais.

A remuneração é muito justa, considerando a importância da perícia criminal para que a justiça seja feita e a sociedade não seja tomada por um sentimento de impunidade pela falta de resolução de crimes.

perito-criminal-guia-da-carreira

Salário de perito criminal nos estados

Saiba que os valores variam de estado para estado e vão se atualizando ao longo dos anos. Portanto, os números a seguir podem ser diferentes de concurso para concurso.

Em edições recentes de concursos publicados pelos governos estaduais, o salário oferecido oscilou entre R$9,8 mil no Ceará, R$8,8 mil em Minas Gerais, R$10,1 no Rio de Janeiro e R$22 mil para perito federal.

Na média nacional, flutua em torno de R$9 mil. Podem ser adicionados a este valor gratificações e vales, conforme a política de remuneração conquistada.

Outra vantagem é que quanto mais tempo de atividade o perito vai acumulando, mais alto é o salário. E tudo isso com estabilidade profissional garantida por lei.

Como ser um perito criminal?

Para se tornar perito criminal é essencial encarar um concurso público. É a única forma de ingresso na profissão. Esses concursos são lançados pelos estados e, às vezes, pelo governo federal.

Não há uma periodicidade determinada, por isso os interessados devem ficar de olho nos editais.

Os peritos trabalham em postos espalhados pelo estado, alguns na capital e outros em cidades do interior e litoral.

O concurso é bastante concorrido, até pelos bons salários aliados à estabilidade profissional do serviço público.

Para passar, o candidato precisa demonstrar que domina temas como criminalística, direito civil, direito criminal e conhecimentos gerais.

Outros requisitos importantes são ter idade acima de 18 anos, não possuir antecedentes criminais e estar em dia com as obrigações militares, no caso dos homens, e com as obrigações eleitorais.

Qual é a faculdade para quem quer ser perito criminal?

Os concursos para perito criminal exigem que os candidatos tenham diploma de nível superior, sem especificação clara. Essa regra está disposta em lei federal.

Em alguns institutos de Polícia Civil há uma convocação de cargos por área do conhecimento. Nestes casos, a maioria deles pede formação em determinadas áreas, geralmente dentro do campo da tecnologia e das biociências. 

Desta forma, pode participar quem é formado em graduações como:

  • Biomedicina
  • Ciências Biológicas
  • Direito
  • Enfermagem
  • Engenharia (todas)
  • Farmácia
  • Física
  • Geografia
  • Geologia
  • Matemática
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Odontologia
  • Psicologia
  • Química

Lembre-se: Essa lista não é regra. Há concursos que permitem a participação de formados em qualquer área. 

Antes de escolher uma faculdade para ingresso, leia os editais de concursos já realizados nos últimos anos, compreenda quais são as tendências da profissão para os próximos anos e veja quais oportunidades chamam mais sua atenção.

Existe faculdade de Perícia Criminal?

Há alguns anos, as faculdades brasileiras lançaram um curso superior voltado para quem quer trabalhar como investigador ou perito criminal.

Trata-se do curso de tecnólogo em Investigação e Perícia Criminal, uma formação de nível superior com até três anos de duração em média. Essa graduação é reconhecida pelo MEC e rende um diploma de nível superior na área, que é o principal requisito dos concursos em geral.

Por ser um curso ainda novo, é oferecido em poucas faculdades, mas disponível para quem quer fazer uma graduação no formato EaD (educação a distância), ou seja, online e de qualquer lugar do país com acesso à internet.

A maior vantagem para integrantes desse curso é estudar especificamente as atribuições do perito, o que não acontece nas outras graduações mais generalistas. Entretanto, fazer um outro curso abre portas para mais profissões.

Onde estudar para ser perito criminal?

Passar num concurso para perito não é tarefa fácil. Por esse motivo é imprescindível investir em formação de qualidade.

Uma boa base de estudos ajuda a desenvolver os raciocínios lógico, técnico e relacional necessários para se dar bem nas provas.

Primeiro de tudo, a instituição deve ser reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), porque só assim o diploma é aceito formalmente no mercado de trabalho. Caso contrário, o perito ficará impedido de assumir o cargo (já pensou que pesadelo?).

A gente aproveitou para trazer algumas faculdades de qualidade onde você pode fazer seu curso presencialmente ou a distância com toda a tranquilidade e depois arrasar no concurso para perito criminal.

Dê uma olhada:

Veja também:
Saiba mais sobre a carreira de promotor público

E aí, o que achou do trabalho do perito criminal? É o que você procurava? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!