dcsimg

Descubra como você pode ser um perito criminal

Saiba como se tornar um perito criminal e entrar nessa carreira repleta de desafios!

Peritos criminais buscam evidências que levem à solução de um crime, um roubo, uma fraude.

Nos filmes ou na vida real, são os profissionais que têm o olho treinado para vasculhar os mínimos detalhes em uma cena de delito.

É uma carreira pra lá de dinâmica, que requer muita inteligência e atenção aos mínimos detalhes.

Não é por acaso que tem sido tão procurada aqui no Brasil!

Mas você sabe como ser um desses profissionais?

A seguir, descubra como você pode ser um perito criminal e os cursos que vão ajudar a chegar lá!

O que faz o perito criminal

No Brasil, peritos criminais são funcionários públicos que trabalham nos institutos de criminalística de cada estado.

Eles têm como função buscar provas que ajudem a elucidar diversos tipos de crimes e delitos: assassinatos, incêndios, falsificação, tráfico de drogas e de armas, roubo, rapto, etc.

Peritos trabalham muito próximos a policiais, investigadores e delegados. Para desvendar mistérios, utilizam diversas ferramentas tecnológicas e científicas.

Entre suas atividades, destacam-se:

  • Análise de material genético encontrado em cenas de crime
  • Investigação de documentação em caso de fraudes
  • Extração de dados em computadores e celulares apreendidos em operações policiais
  • Análise de balística
  • Verificação de impressões digitais de suspeitos
  • Emissão de laudos periciais
  • Análise de narcóticos apreendidos

É um trabalho que exige estudo e atualização constantes das técnicas e procedimentos adotados no mundo todo.

Como ser um perito criminal

Para se tornar perito criminal é preciso encarar um concurso público.

Esses concursos são lançados pelos estados e, às vezes, pelo governo federal.

Não há uma periodicidade determinada, por isso os interessados devem ficar de olho nos editais.

Os peritos trabalham em postos espalhados pelo estado – alguns na capital e outros em cidades do interior.

O concurso é bastante concorrido, até pelos bons salários aliados à estabilidade profissional do serviço público.

Para passar, o candidato precisa demonstrar que domina temas como criminalística, direito civil, direito criminal e conhecimentos gerais.

Cursos superiores para quem quer ser perito criminal

Os concursos para perito criminal exigem que os candidatos tenham diploma de nível superior.

A maioria pede formação em determinadas áreas, geralmente dentro do campo da tecnologia e das biociências.

Portanto, pode participar quem é formado em graduações como:

  • Biomedicina
  • Ciências Biológicas
  • Direito
  • Enfermagem
  • Engenharia (todas)
  • Farmácia
  • Física
  • Geografia
  • Geologia
  • Matemática
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Odontologia
  • Psicologia
  • Química

Essa lista, no entanto, não é regra. Há concursos permitem a participação de formados em qualquer área.

Curso específico de Perícia Criminal

Há algum tempo, as faculdades brasileiras lançaram um curso superior voltado para quem quer trabalhar como investigador ou perito criminal.

Trata-se do curso de tecnólogo em Investigação Forense e Perícia Criminal, uma formação de nível superior com três anos de duração.

O curso ainda é novo e, por enquanto, é oferecido em poucas faculdades – somente quatro, na verdade. Mas, por ser online, está disponível em polos por todo o país.

Os formados em Investigação Forense e Perícia Criminal têm uma vantagem sobre os demais concorrentes porque o curso trata especificamente das atribuições do perito, o que não acontece nas outras graduações.

Ou seja: são três anos de conhecimento a mais que os outros participantes.

Essa graduação é reconhecida pelo MEC e rende um diploma de nível superior na área.

Quanto você vai ganhar como perito criminal

Os salários iniciais para quem entra no concurso de perito criminal são bem interessantes.

Os valores variam de estado para estado.

Em edições recentes, o salário oferecido oscilou entre R$ 7,7 mil no Mato Grosso do Sul e R$ 16 mil no Amazonas.

Na média nacional, flutua em torno de R$ 9 mil.

Quanto mais tempo de atividade o perito vai acumulando, mais alto é o salário.

E tudo isso com estabilidade profissional garantida por lei!

Onde estudar para ser perito criminal

Passar num concurso para perito não é tarefa fácil. Por esse motivo é imprescindível investir em formação de qualidade.

Uma boa base de estudos ajuda a desenvolver os raciocínios lógico, técnico e relacional necessários para se dar bem nas provas.

Por isso é recomendável escolher uma boa faculdade.

Primeiro de tudo, a instituição deve ser reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), porque só assim o diploma é aceito formalmente no mercado de trabalho. Caso contrário, o perito ficará impedido de assumir o cargo (já pensou que pesadelo?).

Na sequência, observe se o curso escolhido foi bem avaliado pelo MEC. O ideal é escolher graduações com notas que variam entre 3 (bom) e 5 (excelente) em todos os quesitos.

A gente aproveitou para trazer algumas faculdades de qualidade onde você pode fazer seu curso presencialmente ou a distância com toda a tranquilidade e depois arrasar no concurso para perito criminal.

Dê uma olhada:

Veja também:

Saiba mais sobre a carreira de promotor público

E aí, o que achou do trabalho do perito criminal? É o que você procurava? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin