Descubra quanto ganha um policial federal

A Polícia Federal oferece alguns dos melhores salários do serviço público! Conheça os valores a seguir!

A Polícia Federal é um dos órgãos públicos mais respeitados do país – e também abriga algumas das carreiras mais desejadas entre os “concurseiros”.

Isso acontece devido a seriedade do trabalho e os bons salários oferecidos aos servidores, com plano de carreira que permite que o servidor vá se aperfeiçoando e seja valorizado pela prestação de seus serviços.

A PF é a polícia judiciária da União, ou seja, do Estado Brasileiro. Além de zelar por nossa segurança, atua como polícia aeroportuária, marítima, de fronteira, de repressão ao tráfico de drogas, desvio de dinheiro público, combate ao contrabando, etc.

É ela a responsável por emitir passaporte, certidão de antecedentes criminais, registro ou porte de arma de fogo, carteira de identidade estrangeiro (CIE), carteira nacional de vigilante (CNV), entre outros.

Com certeza você já ouviu no noticiário alguma operação policial com um nome criativo. A Polícia Federal tem o papel de tocar grandes operações de combate ao crime, como a Lava Jato, por exemplo.

Desempenhar essas funções rende um salário de encher os olhos e os bolsos. Quer saber quanto ganha um policial federal e como entrar na área? Descubra a seguir!

Quanto ganha um policial federal?

Um cargo na PF paga entre R$5 mil até R$22 mil. A diferença entre os valores é ampla pois aqui estamos falando de cargos em geral. Você precisa saber qual entre as funções de serviço existentes você pretende ingressar. Vamos explicá-las a seguir.

Cargos da Polícia Federal

A Polícia Federal permite o ingresso em seu quadro de servidores somente por meio de concurso público. A instituição abre vagas para diversos cargos conforme a demanda de substituições (por demissões e aposentadorias, por exemplo) e orçamento para expansão – e cada cargo um tem uma remuneração e função diferente.

Existe ainda um sistema de remuneração que leva em conta três “classes” profissionais: especial, classe 1, classe 2 e classe 3.

Quem passa no concurso para a PF entra como classe 3 e vai progredindo ao longo dos anos, até chegar à classe especial – onde estão os melhores salários.

Os cargos mais buscados por quem quer trabalhar na Polícia Federal são os seguintes:

Agente de Polícia Federal 

É o mais procurado em concursos, por receber pessoas com formações de nível superior diversas. O profissional tem a responsabilidade de executar investigações e operações policiais, dirigir veículos policiais, cumprir medidas de segurança e desempenhar outras tantas atividades de natureza policial e administrativa. Os salários aqui começam em R$12 mil e podem chegar a R$18,6 mil na classe especial.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

policia-federal-guia-da-carreira

Escrivão da Polícia Federal 

É outro cargo bastante procurado por também aceitar pessoas com qualquer curso superior. O escrivão tem a responsabilidade de cumprir formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, acompanhar policiais e atuar como apoio em investigações. Salários: R$12 mil para quem está começando e R$18 mil para os especiais.

Perito da Polícia Federal 

É um cargo que exige altíssima especialização. Os profissionais são responsáveis por captar, analisar e desenvolver investigações profundas em diferentes áreas: medicina, tecnologia, engenharia, etc. É um dos cargos mais bem remunerados, com salários iniciais na casa dos R$23 mil, podendo ultrapassar os R$30 mil.

Tabela de Salários da Polícia Federal

Mas esses não são os únicos. Há diversos outros cargos na PF que você pode ocupar, com remuneração igualmente interessante.

Dê uma olhada em outros salários da PF:

  • Delegado de Polícia – R$19,3 mil a R$22,8 mil
  • Agente Especial – R$18,5 mil
  • Superintendente da Polícia Federal – R$17,5 mil
  • Gerente – R$17 mil
  • Agente Criminal – R$15,1 mil
  • Papiloscopista – R$9,2 mil a R$14 mil
  • Analista – R$13,3 mil
  • Policial Federal – R$11,6 mil
  • Chefe de Delegacia – R$10,9 mil
  • Investigador de Polícia – R$8 mil
  • Agente Administrativo – R$5.300 a R$7.800

As tabelas de valores são atualizadas a cada concurso, então vale a pena conferir no edital que você se inscrever qual é o valor pago no momento. 

Está curioso sobre como fazer para trabalhar na Polícia Federal? Veja a seguir!

Como trabalhar na Polícia Federal?

Para trabalhar na Polícia Federal é preciso encarar um concurso público muito, muito concorrido.

Na verdade, estamos falando de um dos concursos mais esperados por brasileiros de todo o país. Em cargos como o de Agente, às vezes a concorrência supera os 2 mil candidatos por vaga!

Não há uma periodicidade definida para a abertura de concursos. Os candidatos precisam ir se preparando ao longo dos anos até a tão esperada divulgação do edital. Existem cursos preparatórios que ajudam os candidatos a se prepararem para as provas.

Mas, atenção! Estes cursos preparatórios não possuem caráter de formação no Ensino Superior. Ou seja, é um curso livre, voltado apenas para estudar as provas e que não é requisito para a profissão. Você pode estudar para o concurso sozinho em casa, caso queira.

No vídeo a seguir, você pode conhecer melhor como é uma prova para a Polícia Federal e algumas dicas para se preparar para o concurso:

Posso entrar na Polícia Federal só com Ensino Médio?

A maioria das carreiras na PF exige que o candidato tenha curso de graduação feito em instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. Alguns poucos cargos administrativos (como digitador, por exemplo) pedem apenas nível médio. 

Os salários nestes cargos são mais baixos e são tão disputados quanto os que exigem superior, então vale a pena fazer uma faculdade.

Qual faculdade fazer para entrar na Polícia Federal?

Cargos como o de agente não requisitam uma formação superior específica. Mas alguns cargos administrativos da Polícia Federal contratam pessoal conforme sua área de formação.

Temos, por exemplo, os seguintes profissionais nos quadros profissionais da Polícia Federal: 

  • Administrador
  • Arquivista
  • Assistente Social
  • Bibliotecário
  • Contador
  • Economista
  • Enfermeiro
  • Engenheiro
  • Estatístico
  • Farmacêutico
  • Médico
  • Nutricionista
  • Psicólogo
  • Técnico em Assuntos Educacionais
  • Técnico em Comunicação Social

Nos últimos concursos feitos pela Polícia Federal, quem disputou cargos como o de perito criminal, obrigatoriamente deveria ter formação em um dos seguintes cursos de nível superior:

  • Química
  • Química Industrial
  • Física
  • Geologia
  • Farmácia
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Biológicas
  • Engenharia Civil
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Eletrônica
  • Engenharia de Redes de Comunicação
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Mecatrônica
  • Engenharia Química
  • Engenharia Agronômica
  • Engenharia Florestal
  • Engenharia Cartográfica
  • Engenharia de Minas
  • Medicina Veterinária
  • Ciências da Computação
  • Processamento de Dados
  • Análise de Sistemas
  • Informática
  • Sistemas de Informação
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Telecomunicações
  • Biomedicina
  • Medicina
  • Odontologia
  • Ciências Econômicas

Como ser delegado da Polícia Federal?

O cargo de delegado de Polícia Federal pode ser disputado por homens e mulheres em igual condição. A ordem de chamada do concurso público é feita pela classificação geral nas provas. Este cargo é exclusivo para bacharéis em Direito e que exige três anos de atividade jurídica ou policial.

Onde estudar para entrar na Polícia Federal?

Se a melhor maneira de entrar na Polícia Federal é com um diploma de nível superior, então é hora de correr atrás de uma formação de qualidade e já começar a se preparar para o próximo concurso.

Reflita sobre qual função chama mais sua atenção e escolha o curso relacionado a este serviço. Assim, seus estudos serão mais agradáveis, pois você vai passar anos estudando aquilo que tem interesse e poderá trabalhar enquanto não é convocado pela PF.

Para quem está interessado apenas no diploma, talvez seja interessante procurar cursos de menor duração, como os tecnólogos. A titulação como tecnólogo também é válida como ensino superior.

Conheça algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem cursos de nível superior presenciais e a distância:

Veja também:
Faculdade de 2 anos serve para concurso público? Descubra

Está se preparando para o concurso da PF? Conte para a gente qual cargo você vai tentar!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!