dcsimg

Descubra como você pode entrar na política

Existe uma formação específica para seguir carreira política? Veja aqui as possibilidades!

A política é uma área muito abrangente, que vai muito além da figura individual dos candidatos eleitos.

Por isso, dá para entrar de diversas maneiras nessa área. E não apenas como vereador, deputado, prefeito ou senador. A política exige uma equipe multidisciplinar que abrange muito mais atividades, como você vai poder constatar mais adiante.

Será que a profissão que você escolheu permite fazer parte dessa atividade que tem atraído cada vez mais a atenção da galera jovem?

A seguir, descubra como você pode entrar na política e como chegar à profissão com mais preparo!

Como entrar na política

Política no Brasil é uma carreira antiga, vem desde a época do descobrimento.

Mas somente agora, séculos depois, é que ela finalmente começou a se fazer presente em nossas discussões diárias, atrair mais pessoas e fomentar militância entre os mais jovens.

A atividade é ampla e permite atuação em diferentes frentes – não só como aquele que é eleito pelo povo, mas como, por exemplo, administradores, intelectuais, formuladores de políticas públicas, assessores, secretários… em suma, pessoas capazes de identificar problemas sociais e apontar soluções para questões como sustentabilidade, desenvolvimento econômico, saúde, educação, transporte, moradia, água, terra, agricultura, indústria, relações internacionais.

Na prática, não é necessário ter qualquer tipo de formação específica para ser político no Brasil, mas para os cargos eletivos é preciso seguir alguns requisitos básicos (que você vê mais adiante).

Como essa atividade está se expandido muito nos últimos anos e atraído um público ainda inexperiente, uma formação de alto nível tem se mostrado essencial.

O recomendável, nesse caso, é optar por cursos que tratam da realidade social brasileira, que explorem contextos históricos, econômicos e comportamentais do nosso universo político.

Quer saber quais são os cursos que a gente recomenda para entrar em política? Veja a seguir!

Cursos para entrar na política

A gente separou algumas formações interessantes para você entrar na política bem preparado:

Ciências Políticas – É um dos mais indicados para quem quer seguir essa carreira, já que trabalha as questões brasileiras e mundiais sob o viés político, econômico e social. O curso é um bacharelado com quatro anos de duração.

Direito – Conhecer as leis brasileiras e os direitos do cidadão é essencial para um bom político. O bacharelado em Direito, com cinco anos de duração, é recomendadíssimo para quem quer seguir essa carreira – sem falar que é a graduação mais popular do país, disponível em mais de mil faculdades.

Ciências Sociais – Outro curso muito interessante para quem quer seguir na carreira política, além de ser bastante popular entre as faculdades brasileiras. Pode ser feito em grau de bacharelado ou licenciatura e tem quatro anos de duração.

Serviço Social – Serviço Social estuda formas de lidar e combater nossas vulnerabilidades sociais: fome, pobreza, doenças, desigualdades. É um excelente curso para conhecer e buscar amenizar a dura realidade brasileira. O bacharelado tem quatro anos de duração.

Administração – Um bom político precisa também ser um bom administrador. O curso de Administração dá um bom fundamento de gestão no setor público e privado. É um bacharelado com quatro anos de duração e que está entre os mais procurados do Brasil: pode ser encontrado em mais de 1.600 faculdades.

Economia – O curso, também chamado de Ciências Econômicas, aborda a economia global e nacional, estudando as singularidades sociais e políticas que formam o que somos hoje. A duração é de quatro anos.

Gestão Pública – Esse é um curso de tecnólogo com apenas dois anos de duração e focado na gestão de empreendimentos públicos. Excelente pedida para quem busca uma formação rápida e completa.

Gestão Ambiental – Se você quer ser um político/gestor que luta pela causa ambiental, talvez esse seja o curso ideal – além de ser prático: dois anos de formação, apenas, e grau de tecnologia.

Gestão de Cooperativas – Muitos políticos trabalham em prol de causas coletivas, especialmente das que tratam da união de pessoas pensando no desenvolvimento local. É isso que o curso de Gestão de Cooperativas faz – em apenas dois anos de estudos.

Jornalismo – Ter uma base sólida em comunicação social é essencial para quem quer ser político ou trabalhar no meio. O curso de jornalismo, com quatro anos de duração, é uma boa pedida para quem gosta da ideia de atuar como assessor.

Requisitos para entrar na política

Se você pretende ser um político tradicional e atuar como um representante eleito do povo, terá de cumprir alguns requisitos básicos.

São bem simples:

  • Ter nacionalidade brasileira.
  • Ser alfabetizado.
  • Estar em dia com os direitos políticos: título de eleitor regularizado e obrigações militares em ordem (este último somente para candidatos do sexo masculino).
  • Se tiver algum problema na justiça, o caso já deve ter sido julgado e a pena, cumprida.
  • Alistamento junto à Justiça Eleitoral.
  • Residir na cidade ou estado onde concorre ao cargo.
  • Filiar-se a um partido: não dá para concorrer numa eleição sem isso.

As idades mínimas para concorrer são:

  • Vereador: a partir de 18 anos.
  • Prefeito ou vice-prefeito: a partir de 21 anos.
  • Deputado estadual, federal ou distrital: a partir de 21 anos.
  • Governador ou vice-governador: a partir de 30 anos.
  • Senador: a partir de 35 anos.
  • Presidente ou vice-presidente: a partir de 35 anos.

Onde estudar para entrar na política

Os cursos que listamos aqui estão presentes em uma infinidade de faculdades nas cinco regiões do Brasil.

Não importa onde você quer estudar, seja em instituição pública ou particular, o fundamental é observar a qualidade da instituição escolhida.

Tem que ser uma boa faculdade, que ofereça um ensino de excelência.

A gente tem algumas dicas interessantes para você, que quer entrar na política com o pé direito:

Veja também:

Entenda como entrar para polícia federal

Está pensando em seguir pelo caminho político? Qual cargo você gostaria de ocupar? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin