dcsimg

Descubra como entrar em faculdade federal

Ingressar em uma universidade é o sonho de muitos estudantes brasileiros, principalmente quando falamos sobre instituições renomadas como as universidades federais.

Mas infelizmente o processo seletivo dessas universidades costuma ser muito concorrido, transformando-se em uma verdadeira barreira de seleção.

O maior desafio encontra-se no número de vagas: enquanto há um aumento na demanda de candidatos, o número de vagas disponíveis não acompanha esse crescimento.

Isso significa que a disputa é acirrada: atualmente há apenas 823.843 vagas nas universidades públicas brasileiras, enquanto nas universidades particulares a oferta é bem maior, com 9.955.243 vagas, segundo dados do Censo da Educação Superior 2017.

Entrar em uma faculdade federal é uma empreitada exigente: demanda muito foco, horas e estudo e, em alguns casos, meses ou até anos de cursinho preparatório.

Mas você sabia que o vestibular convencional não é a única maneira de ingressar em uma faculdade federal?

Continue lendo este artigo e descubra tudo o que precisa saber para entrar em uma universidade federal!

Enem

A maneira mais conhecida de entrar em uma faculdade federal é realizando o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece anualmente. Grande parte das universidades federais utilizam a prova do Enem como forma de ingresso.

Mas fazer o exame não é suficiente para concorrer uma vaga. Para isso, é necessário que o candidato se inscreva também no Sisu (Sistema de Seleção Única) e aguarde a lista de aprovação.

Teste de Habilidade Específica (THE)

Além do Enem, algumas faculdades federais exigem que o candidato passe por um Teste de Habilidade Específica (THE) antes de iniciar os cursos relacionados às carreiras artísticas, como Canto, Música, Direção Teatral, entre outros.

Processo de Avaliação Seriada (PAS)

Em algumas faculdades federais, como a Universidade de Brasília (UnB), o ingresso se dá através do Processo de Avaliação Seriada (PAS).

Neste sistema, o candidato é avaliado em três etapas, enquanto ainda está no Ensino Médio. Nos dois primeiros anos, o aluno deve fazer uma redação e realizar provas de múltipla escolha. No último ano, é utilizada a pontuação obtida no Enem.

Vestibular próprio

Há universidades federais que empregam processos seletivos próprios. Na Unifesp, em São Paulo, a nota do Enem é utilizada como primeira fase do vestibular. Assim, o candidato deve obter uma pontuação mínima no Enem para realizar a segunda fase, que consiste em uma prova aplicada pela própria faculdade.

Nota de corte do Enem para entrar na faculdade federal

Como explicamos acima, para ingressar em uma faculdade pública com a nota do Enem, é necessário passar pelo concorrido Sisu, o Sistema de Seleção Unificada do governo federal.

As seleções acontecem duas vezes ao ano, no início de cada semestre, e as inscrições costumam começar logo após a divulgação dos resultados do Enem. Pode concorrer ao Sisu quem fez o Enem e tirou nota maior que zero na redação. Aqueles com melhor pontuação são selecionados para as vagas disponibilizadas no sistema.

Mostramos a seguir quais são as notas de corte do Enem 2019: as notas necessárias que o candidato deve alcançar no Enem para ingressar na faculdade federal por meio do Sisu.

Cursos mais difíceis (nota de corte: 700 a 850 pontos, em média)

  • Medicina
  • Odontologia
  • Engenharia Civil
  • Direito
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Farmácia

Cursos de dificuldade média (nota de corte: 650 a 750 pontos, em média)

  • Nutrição
  • Psicologia
  • Cinema
  • Jornalismo
  • Enfermagem
  • Biomedicina
  • Publicidade e Propaganda
  • Administração
  • Agronomia
  • Gastronomia
  • Ciências Contábeis
  • Comércio Exterior
  • Filosofia
  • Relações Internacionais
  • Fisioterapia
  • Sistemas de Informação
  • Medicina Veterinária

Cursos mais fáceis (nota de corte: 580 a 650 pontos, em média)

  • Pedagogia
  • História
  • Geografia
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Sistemas de Informação
  • Gestão Financeira
  • Marketing
  • Logística
  • Química
  • Física
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Outros lugares para estudar com a nota do Enem

Não são apenas as universidades públicas que aceitam a nota do Enem em seus processos seletivos. Dezenas de faculdades particulares também utilizam a pontuação obtida na prova como forma de ingresso em seus cursos de graduação, tanto na modalidade presencial quanto a distância.

A dica é verificar se a instituição escolhida é reconhecida e bem avaliada pelo MEC. Isso irá garantir a você um diploma válido e bem aceito no mercado de trabalho.

Para te ajudar nessa tarefa, selecionamos algumas boas faculdades particulares onde você pode ingressar com a nota do Enem, por meio do ProUni ou vestibular próprio. Confira:

Veja também:

O que é o Sisu?

Descubra como ganhar uma bolsa de estudos do governo

Agora que você já sabe como entrar em uma faculdade federal, deixe um comentário contando para a gente o curso que deseja fazer!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin