Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque o curso

    Busque, compare e escolha o curso que vai mudar sua vida.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Na direção do seu sucesso

    Faça o processo seletivo e depois se matrIcule na faculdade.


Carreira

Como uma pessoa fica desmotivada no trabalho?

14 de novembro de 2022
Imagem do autor
Escrito porLucas Loconte

Todo trabalho tem seus pontos fortes e fracos, e muitas vezes a rotina torna-se desafiadora. Contudo, alguns fatores podem fazer com que uma pessoa fique desmotivada no trabalho, o que influencia negativamente na eficiência da equipe e no cumprimento das metas.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Continue a leitura e entenda quais os sinais e causas que faz com que uma pessoa fique desmotivada no trabalho e o que fazer para evitá-la ou vencê-la.

Sinais de uma pessoa desmotivada no trabalho

Quando os pontos negativos de um trabalho são tão relevantes e constantes para uma pessoa, eles começam a impactar negativamente em sua rotina na empresa e vida profissional, tornando a pessoa desmotivada no trabalho.

Ou seja, a situação na empresa torna-se tão ruim que o profissional não se sente mais estimulado a realizar com dedicação as suas tarefas. E essa desmotivação pode ser observada através de alguns sinais que o profissional passa a apresentar.

Alguns dos principais sinais de uma pessoa desmotivada no trabalho são:

  • Falta de foco no trabalho
  • Reclamações constantes
  • Atividades não realizadas ou feitas de formas desqualificada
  • Envolvimento em conflitos
  • Comentários inapropriados sobre colegas de trabalho
  • Aumento de absenteísmo
  • Faltas sem justificativa
  • Atrasos frequentes
  • Muito tempo longe da estação de trabalho
  • Mudanças de comportamento e humor
  • Distanciamento de colegas

Causas da desmotivação no trabalho

Para uma pessoa ficar desmotivada no trabalho, existe uma série de fatores que influenciam para esse acontecimento, como o clima do ambiente profissional até a falta de benefícios e reconhecimento por parte do líder e da empresa.

Conflitos nas equipes

O clima no ambiente de trabalho é composto pela interação entre funcionários, líder e empresa, por meio de uma equipe. Contudo, é bastante natural que a equipe seja composta por pessoas com experiências, opiniões e visões de mundo muito diferentes, o que na verdade é saudável para a diversidade do time.

Contudo, quando as diferenças tornam-se motivo de constantes conflitos e desarmonia na equipe, o clima organizacional tende a ser tenso, o que pode levar à desmotivação profissional, pois o funcionário não irá mais desejar estar naquela equipe e vivenciar conflitos destrutivos.

Ambiente de trabalho hostil

Além dos conflitos entre os colaboradores de uma equipe, a tensão no ambiente de trabalho também se dá por conflitos com a liderança e com a própria empresa, através da pressão causada pelos gestores e pelas políticas da instituição.

Nesse caso, o ambiente de trabalho torna-se hostil, quando a qualquer momento pode ocorrer um conflito que prejudique a equipe. Um ambiente hostil é caracterizado pela competitividade entre os funcionários, comunicação não assertiva, fofocas, baixo rendimento, alta rotatividade de pessoas e desmotivação profissional.

Feedbacks e comentários inadequados dos líderes

Os feedbacks são essenciais para o desenvolvimento tanto da equipe quanto do colaborador individualmente. Eles ajudam na construção de uma boa relação entre a empresa e seus funcionários, por meio da qual há transparência para identificar aquilo em que o colaborador está errando e acertando.

Contudo, alguns líderes não sabem como entregar um feedback de forma correta, e acabam adotando alguns comportamentos tóxicos que desmotivam sua equipe, como broncas, sobretudo na frente de outros funcionários, ameaças de demissão, uso de frases de desmotivação e palavras rudes, grosseria e querer demonstrar superioridade.

Metas intangíveis ou pouco desafiadoras

Ter metas impossíveis de serem alcançadas é um dos principais motivos de desmotivação profissional, pois os colaboradores se sentirão sempre incapazes de atingir o resultado esperado, acreditando que não são suficientemente bons naquilo que fazem.

Por outro lado, metas pouco desafiadoras também são desmotivantes, pois incentiva que a equipe entregue sempre o mínimo possível, pois não precisam se dedicar tanto para atingir os objetivos. Cria-se um sentimento de que a empresa não reconhece o potencial da equipe.

Comunicação ineficiente

Uma comunicação eficiente é essencial para que uma empresa funcione de forma correta. É por meio dela que as informações, objetivos e orientações são transmitidas para todos os colaboradores.

Quando há muitos ruídos na comunicação, falta de interatividade com funcionários, canais insuficientes ou a própria falta de comunicação, a empresa demonstra a seus colaboradores falta de organização e também de preocupação com seus funcionários, e podem levar ao erro e diminuição da produtividade.

Salários não Competitivos

Obviamente, dinheiro não é o único fator de motivação de um funcionário dentro da empresa, mas com certeza é algo muito importante. Afinal, uma pessoa trabalha justamente para receber seu salário e poder pagar suas contas.

Quando a remuneração não é compatível com o mercado e com a experiência e perfil do funcionário, ficando abaixo do esperado, há aí uma das principais causas de desmotivação profissional. E soma-se a isso a falta de benefícios e promoções.

Ausência de reconhecimento

Além do desejo de ser remunerado adequadamente, todo profissional trabalha com um propósito, a fim de ser reconhecido em sua carreira, crescer profissionalmente, se destacar na profissão e evoluir em conjunto com a empresa onde atua.

Quando sua dedicação ao cargo exercido, conhecimentos e habilidades conquistadas durante sua atuação não são valorizados, o colaborador certamente se sentirá desmotivado, pois não importa o que faça, a empresa não reconhece o seu valor.

O que fazer quando se está desmotivada no trabalho?

O primeiro passo para um profissional entender e vencer a desmotivação profissional é reconhecer quais as causas dessa frustração no trabalho.

A consulta com um psicólogo e conversas com departamento de Recursos Humanos são essenciais para identificar, compreender e expor o que está acontecendo, e entender se é um fator interno do funcionário, ou seja, de cunho pessoal, ou algo que não está bem na empresa.

Como a pessoa pode evitar ficar desmotivada no trabalho?

Muitas atitudes podem ajudar o profissional a evitar e vencer a desmotivação no trabalho, especialmente quando está mais relacionada a fatores internos e pessoais do indivíduo.

Confira algumas dicas para evitar a desmotivação profissional:

Engaje-se em novos desafios

A profissão precisa ser desafiadora, no sentido de despertar o interesse do profissional em crescer e se desenvolver, vencendo desafios que mostrem o quanto ele é capaz e competente. Após um desafio ser vencido, novos desafios precisam ser enfrentados. 

Estabelecer objetivos e valores

Estabelecer de forma clara quais as metas e objetivos a serem atingidos pelo profissional e quais valores ele não abre mão, ajudam a traçar uma rota de atuação e definir qual caminho o profissional precisa trilhar e de que forma deve fazer isso. Ele consegue, assim, enxergar onde e como ele quer chegar profissionalmente.

Invista no seu crescimento profissional

A motivação está diretamente relacionada com o crescimento profissional. Afinal, se um profissional não pode crescer e se desenvolver, não há muito sentido em exercer sua profissão. Investir no crescimento profissional, como na conclusão de um novo curso ou especialização, ajuda a manter a motivação profissional.

Se atente a vida pessoal

As pessoas trabalham para que elas possam ter uma melhor vida pessoal. Os dois mundos precisam estar alinhados e em harmonia. Portanto, a vida pessoal e suas realizações precisam ser levadas em conta pelo profissional que deseja manter sua motivação.

Cuide de sua Saúde Mental

Manter a saúde mental é essencial para qualquer profissional. Em muitas ocasiões que ocorrem no ambiente de trabalho podem levar a um desgaste emocional, o que pode afetar a saúde de todo o corpo.

Por mais que muitas vezes os problemas são externos ao profissional, relacionados por exemplo à pressão ou problemas na empresa onde atua, isso pode afetar seu equilíbrio. Portanto, procurar realizar atividades que melhorem a saúde mental, como meditação, prática de atividades físicas ou realização de um hobby, procurar o acompanhamento de um psicólogo é bastante importante.

Como manter o time motivado?

Um líder tem papel fundamental para manter a motivação de sua equipe de trabalho. Veja algumas atitudes importantes para uma boa liderança: 

Feedback mais empático

Aprenda a oferecer feedbacks com mais empatia, reconhecendo e valorizando os pontos fortes e apontando as fraquezas e o que precisa melhorar de forma leve e sem parecer uma bronca, colocando-se à disposição para ajudar o funcionário a vencer esse desafio.

Conceda voz e autonomia a equipe

Ouça o que sua equipe tem a dizer. Um bom líder é aquele que sabe ouvir o seu time. Deixe que os colaboradores se expressem, apresente suas ideias e sugestões, e conceda também autonomia para que possam criar novas soluções.

Comunicação clara e objetiva 

A comunicação entre líder e liderados precisa ser efetiva e, para isso, deve ser clara e objetiva, com os menores ruídos possíveis. Prefira uma comunicação direta, olho a olho, sem depender muito de recados. Pergunte se a informação foi clara, e se o colaborador entendeu aquilo que foi comunicado, e se prontifique a esclarecer quaisquer dúvidas ou questionamentos.

Reconheça os feitos dos colaboradores

Valorize o empenho, dedicação e realização dos colaboradores. Mostre que você está atento a eles e que reconhece aquilo que eles têm feito e sua importância para a empresa. Defenda seus liderados e mostre para toda a empresa o quanto eles são essenciais para a corporação.

Invista em seus colaboradores

Investir no crescimento profissional de seus colaboradores é um excelente fator motivacional, que aumentará o desejo do profissional em permanecer na empresa e se dedicar a ela. Conceda cursos, por exemplo, e oportunidades para que eles possam se desenvolver.

Como investir em sua carreira?

Investir na carreira é algo que aumenta a motivação profissional e as chances de sucesso no mercado de trabalho e na carreira, e você pode fazer isso ao frequentar um novo curso, por exemplo, como uma faculdade, pós-graduação ou especialização.

A seguir, separamos uma lista de instituições de ensino aprovadas e reconhecidas pelo Ministério da Educação, e que oferecem uma diversidade de cursos, nas mais diversas áreas:

Além disso, todas essas instituições citadas acima contam com bolsas de estudo e muitas facilidades para novos alunos.

Leia mais:

E você, já se sentiu desmotivada no trabalho? Conte pra gente como foi sua experiência e o que fez ou tem feito para se manter a motivação.

Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Encontre o curso que te ajudará a ir além!
Os mais lidos
Teste de personalidade MBTI: Saiba o que é e como fazer

Teste de personalidade MBTI: Saiba o que é e como fazer

Por Patricia Carvalho em 05/01/2024
Saiba como trabalhar pela internet e onde encontrar vagas

Saiba como trabalhar pela internet e onde encontrar vagas

Por Redacao em 15/09/2022
Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Faculdade em 2 anos: diploma em menos tempo

Por Guia da Carreira em 19/01/2022
Currículo profissional: competências, habilidades e modelos

Currículo profissional: competências, habilidades e modelos

Por Guia da Carreira em 20/07/2021
Policial Civil: saiba como se tornar um

Policial Civil: saiba como se tornar um

Por Guia da Carreira em 20/07/2021

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.