dcsimg

O que falar em uma entrevista de emprego

Anote estas dicas e chegue preparado para ter sucesso em sua entrevista de emprego!

entrevista de emprego

Um belo dia surge aquela oportunidade que você estava esperando há tempos: uma vaga bacana, com salário legal, em uma empresa que tem tudo a ver com você. Tudo parece perfeito, até que vem o resultado da entrevista.

Seu currículo se encaixava nos requisitos da vaga, seu perfil seria o ideal para a posição, mas outra pessoa foi escolhida no seu lugar. O que pode ter acontecido? Muitas vezes, sem ao menos perceber, somos desclassificados por não saber o que falar em uma entrevista de emprego.

Preparamos uma série de dicas para ajudá-lo a encarar qualquer entrevista de frente, transmitindo confiança e credibilidade ao entrevistador!

Antes da entrevista: pesquise!

Para se sair bem na entrevista é preciso estar bem preparado. Antes de tudo, faça uma boa pesquisa sobre os detalhes da vaga e a empresa, sua missão, visão e valores.

Faça também uma pesquisa sobre si mesmo: repasse suas experiências, habilidades, expectativas. Tenha na ponta da língua a resposta às perguntas mais comuns feitas em uma entrevista de emprego:

  • Qual sua experiência profissional?
  • Por que quer trabalhar nesta empresa?
  • Por que você saiu do seu último emprego ?
  • Onde você se vê daqui a cinco anos?
  • O que a sua experiência pode agregar à empresa?

Durante a entrevista: o que falar

1.    Fale de si mesmo

Esse é um ponto importante da entrevista. Você precisa saber expressar quem você é, quais suas experiências passadas, seus objetivos e metas para o futuro, seus defeitos e qualidades – sem parecer pretensioso ou modesto demais. Autoconhecimento é a chave para uma entrevista de sucesso.

2.    Fale das suas competências

Fale honestamente sobre seus talentos, suas habilidades e competências e como elas podem se reverter positivamente para a empresa. Saiba que não existe candidato 100% completo. Se lhe falta algum conhecimento técnico, mostre disposição em se aperfeiçoar.

3.    Fale por que você quer esta vaga

É nessa pergunta que o avaliador observa se você tem um pensamento alinhado ao da empresa. Por isso é importante a preparação prévia. Pesquise tudo sobre a organização, saiba como você pode contribuir e de que forma a vaga atende suas expectativas.

4.    Fale dos seus objetivos e metas para o futuro

Ao falar dos seus objetivos e metas para o futuro, tente passar uma imagem de simplicidade e alguma ambição. Exemplo: “Meu objetivo nesta empresa é adquirir experiência suficiente para chegar, no futuro, a cargos mais altos de gestão”.

5.    Fale dos seus empregos anteriores

Ao citar seus empregos anteriores, jamais dê uma abordagem negativa ou fale mal dos seus superiores e colegas de trabalho. Tente transmitir ao entrevistador apenas a experiência positiva adquirida e como ela pode ser usada no futuro emprego.

6.    Fale honestamente sobre seus defeitos

Essa é uma pegadinha muito comum em entrevistas: qual seu maior defeito? Geralmente, para impressionar o entrevistador, as pessoas citam qualidades disfarçadas, como: “Sou muito perfeccionista”, “Às vezes trabalho demais” ou “Sou muito exigente”. Fuja disso: ninguém mais cai nesse papo furado.

Expor suas reais limitações pode contar a seu favor, contanto que você saiba expressá-las da forma correta e demonstre como está superando esses obstáculos. Exemplo: “Ainda preciso melhorar muito minhas habilidades em comunicação interpessoal. Comecei a fazer um curso para me ajudar com isso”.

Lembre-se de que o entrevistador é um profissional treinado a decifrar todos esses códigos, e não vai ser enganado facilmente. Seja, acima de tudo, sincero e verdadeiro!

7.    Pergunte!

Você não precisa se limitar a responder às perguntas do avaliador. Se tiver dúvidas, pergunte, questione, estabeleça um diálogo. Esse interesse pode resultar em uma impressão positiva. Só tome cuidado para não fazer perguntas óbvias demais, que demonstrem falta de pesquisa prévia.

8.    Não fale demais nem de menos.

Limitar-se a responder às perguntas do entrevistador com “sim” ou “não”, demonstrar excesso de timidez ou ter dificuldade de encadear ideias indicam dificuldades de se comunicar.

Por outro lado, falar sem parar, atrapalhando as perguntas do entrevistador, também pode gerar uma impressão negativa.

9.    O corpo fala!

O entrevistador está de olho no modo como você se comporta, o jeito como você senta, seu tom de voz, a posição dos seus braços, seu modo de vestir, etc. Tudo isso é comunicação não-verbal, e você precisa ter consciência disso para passar uma imagem de confiança aos seus futuros empregadores. Anote essas dicas:

  • Observe sua postura ao sentar. Não deixe o corpo relaxado demais nem tenso demais.
  • Jamais fique de braços cruzados.
  • Olhe nos olhos do entrevistador, não se mostre intimidado com as questões.
  • Procure uma posição confortável para as mãos, e evite gestos repetitivos.
  • Preste atenção à sua fisionomia, mantenha um semblante relaxado e aberto.

10.  Evite gafes

A menos que você seja solicitado a expor seu ponto de vista sobre determinados assuntos (e ainda assim é importante tomar muito cuidado!), evite:

  • Comentários políticos: você não sabe qual a posição do seu entrevistador e, na maioria dos casos, esse assunto não vem ao caso em entrevistas de emprego.
  • Gírias e expressões chulas.
  • Piadas. Pode ser que o entrevistador não veja graça no seu humor e você crie uma situação constrangedora desnecessária.
  • Expressar algum tipo de preconceito.
  • Forçar intimidade com o entrevistador.
  • Inventar experiências para ganhar crédito. Isso pode causar problemas mais tarde.
  • Falar da sua vida privada mais do que o necessário.

Veja também:

5 perguntas que você precisa saber responder na entrevista de emprego

Você já passou por alguma situação parecida em entrevistas de emprego? Compartilhe suas dicas aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin